Morre maior sacerdote das religiões de matrizes africanas de Pernambuco

Pai Paulo Braz Ifátòógún estava com 75 anos e morreu em decorrência de um derrame

No Diário de Pernambuco

O povo de terreiro de Pernambuco está de luto. Na noite dessa terça-feira, o maior sacerdote das religiões de matrizes africanas do estado, o Pai Paulo Braz Ifátòógún, morreu. Mestre da língua Yorubá, era o único a falar com fluência a língua viva dentro dos terreiros. Pai Paulo, neto de Pai Adão, chegou a ser reconhecido como grande baluarte da tradição africana no Brasil em um encontro com o Rei de Oyó na Nigéria.

O corpo foi velado na quarta-feira no terreiro Ilé Iyemojá Ògunté, em Água Fria. O enterro foi nesta quinta, às 11h, no Cemitério de Santo Amaro. O babalorixá, que tinha 75 anos, sofreu um derrame e estava internado em um hospital de João Pessoa, na Paraíba, desde o último dia 19.

 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.