MPF só tem interesse em delação premiada que se encaixe na teoria que desenvolveu

Por Eugênio José Guilherme de Aragão, no Conjur

O Brasil está com febre, uma febre provocada por delações inflamatórias no âmbito da famigerada operação “lava jato”. Não se especula sobre outra coisa senão as possíveis informações extraídas de Marcelo Odebrecht a respeito da vida financeira de candidatos e de políticos de ponta. A nação se crê apodrecida. Nunca a nudez das “acoxambranças” (ou, em novilíngua, “surubanças”) de nossas figuras públicas teria sido exposta em toda a sua extensão. (mais…)

Ler Mais

“Os Índios ainda vagueiam por nós e sobre nós… ainda bem!!!”

Por Pablo Camargo, do Cedefes

Osmar Serraglio, do PMDB, é o novo Ministro da Justiça e será o responsável pela titulação das terras indígenas. Ele, um dos principais articuladores e o relator da PEC 215, que almeja a mudança para o congresso, nossos nobres deputados e senadores, golpistas, da bancada BBB entre outras identidades não muito bem quistas ao olhar da sociedade, das demarcações dos territórios indígenas. A Funai continua responsável pelo trabalho, e ao final, o Congresso é que decide, através de uma minuciosa análise de interesses próprios dos donos do Poder. (mais…)

Ler Mais

Marcelo Rosenbaum encontra a beleza e natureza da cultura quilombola

Está no ar o primeiro episódio da websérie Ribeira Essencial, que acompanha a imersão do designer Marcelo Rosenbaum e seus alunos no quilombo Ivaporunduva, no Vale do Ribeira. Faça parte desta descoberta e apoie os quilombos na luta pela terra! 

Pravda

Foi uma viagem mágica, cheia de mistérios e de troca de saberes, que encantou e emocionou o designer Marcelo Rosenbaum e seus alunos, um grupo formado por  arquitetos, designers, jornalistas e publicitários, entre outros. O grupo teve a oportunidade de vivenciar a natureza, a cultura e os saberes ancestrais da comunidade quilombola de Ivaporunduva e, como se fosse pouco, a beleza de uma região considerada patrimônio natural da humanidade pela Unesco.   (mais…)

Ler Mais

Sobre ser mulher nesse mundo

Elaine Tavares – Palavras Insurgentes

Assisti dia desses um filme indiano chamado Sairat. Dolorosa representação parcial de um país que ainda trata a mulher como uma coisa, unicamente para ser usada pelos homens, seja como mercadoria de troca ou como objeto sexual. O filme é novo, mas aponta para a quase impenetrável lógica das castas ainda em vigor. Quem nasce pobre só pode conviver com os pobres e quem nasce rico, com os ricos. Podem até usar alguns espaços em comum, como é o caso da universidade, espaço no qual começa o drama de um jovem casal. Mas, isso não significa que possam se misturar.  (mais…)

Ler Mais

Portela emociona com alegoria que retrata tragédia de Mariana

Carnavalesco

O que era doce virou lama. A tragédia de Mariana, cidade mineira, foi muito bem retratada pela Portela na quarta alegoria “Um Rio que era Doce” da Portela. O carro era totalmente em barro e trazia esculturas de pescadores em pranto, sendo um maior em destaque no meio. O ator Alexandre Maguolo foi veio no centro deste destaque interpretando a dor dos pescadores, que não podem mais viver do rio que morreu. (mais…)

Ler Mais

Afinal, a floresta amazônica foi “plantada” por povos indígenas há milhares de anos

A floresta amazônica é formada por árvores que foram cultivadas por povos indígenas há milhares de anos, sendo as florestas “intocadas” e remotas o resultado das plantações pré-colombianas, segundo um estudo hoje divulgado

Sapo24

“Algumas das espécies de árvores que são hoje abundantes na floresta amazônica, como o cacau, o açaí ou a castanha do brasil, provavelmente são comuns porque foram plantadas por pessoas que viviam na região antes da chegada dos colonizadores europeus”, afirmou Nigel Pitman, do museu de Chicago, Estados Unidos, e coautor do estudo. (mais…)

Ler Mais

Degradação da natureza e agravamento da pobreza são frutos do sistema de produção, de consumo e de especulação que impera. Entrevista especial com Ivo Poletto

João Vitor Santos – IHU On-Line

Biomas brasileiros e a defesa da vida é o tema da Campanha da Fraternidade (CF) deste ano. Não é a primeira vez que a dimensão socioambiental da vida é abordada, lembra o filósofo e cientista social Ivo Poletto. Em 2007, a temática foi Fraternidade e Amazônia; em 2011, a temática enfrentou as mudanças climáticas provocadas pelo aquecimento global. (mais…)

Ler Mais

A un año del asesinato de Berta Cáceres: una impunidad campante

El 2 de marzo se cumple un año del asesinato impune de la lideresa del pueblo Lenca Berta Cáceres. En esta fecha se han convocado a marchas y protestas frente a las legaciones diplomáticas de Honduras en las capitales de Centroamérica, así como en Canadá y en varias capitales europeas

Por Nicolás Boeglin* – Pressenza / Servindi

A un año de conmemorarse la muerte de la líder indígena hondureña Berta Cáceres, las ONG hondureñas e internacionales reclaman que se haga justicia y que se ponga fin a la impunidad rampante que rodea este asesinato (véase nota de prensa).

(mais…)

Ler Mais