RJ – Seminário: Diálogos Lusófonos Transatlânticos

O IFCS/UFRJ, reunirá Guiné-Bissau, Cabo Verde e Brasil​: Terça, 14 de Março de 2017 das 14:30hs às 18:30hs

Produção de Conhecimento em Ciências Sociais e Formação de Massa Crítica nas Sociedades em (Re)Construção é o tema central deste Seminário que ocorrerá na próxima terça-feira, dia 14 de Março de 2017, no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da UFRJ, no Largo de São Francisco, 1, Centro, Rio de Janeiro, das 14h30m às 18h30m, com  Miguel de Barros, do ​Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas da Guiné-Bissau, Revy Lima, ​do  Instituto de Ciências Sociais e Jurídicas​ da Universidade de Cabo Verde, Michel Misse, coordenador do Núcleo de Estudos de Cidadania, Conflito e Violência Urbana-NECVU do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais/UFRJ​, e Evandro Vieira Ouriques, coordenador do ​Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência-NETCCON da ​Escola de Comunicação/UFRJ e do Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e das Técnicas Epistemologia /NCE/CCMN/UFRJ.

Os pesquisadores, três deles pesquisadores associados do NETCCON/ECO/UFRJ, tratarão das transformações estruturais e emancipação social em territórios frágeis; das lógicas de desafiar a mudança nas ‘periferias’ do espaço urbano em (i)mobilização;​ dos desafios e perspectivas frente à crise de paradigmas nas ciências sociais;​ e da emancipação psicopolítica em contextos de fragilidade institucional e paralisia social. Cada pesquisador apresentará durante 45 minutos seu argumento e haverá uma hora de ​roda​ de conversa entre eles e o público. A entrada é gratuita e serão expedidos certificados digitais.​

O Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia/IFCS/UFRJ, o Programa de Pós-Graduação em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia/NCE/CCMN/UFRJ, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas da Guiné-Bissau, o Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais de ​Cabo Verde, a Universidad de La Frontera e o Centro Internacional de Estudios de Epistemologías de Frontera y Economía Psicopolítica de la Cultura/Núcleo Científico y Tecnológico en Ciencias Sociales/UFRO, Chile são os parceiros desta realização do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência-NETCCON/Escola de Comunicação/UFRJ e do Núcleo de Estudos de Cidadania, Conflito e Violência Urbana NECVU/IFCS/UFRJ

Os participantes

Miguel de Barros é Sociólogo, Investigador Sénior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa – INEP (Guiné-Bissau), do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência – NETCCON​/UFRJ (Brasil) e ainda membro do Conselho para o Desenvolvimento de Pesquisa em Ciências Sociais em África – CODESRIA. Os seus últimos livros são: “Juventude e Transformações Sociais na Guiné-Bissau (INEP-CORUBAL, 2016); Estado e Sociedade Civil na Guiné-Bissau: dinâmicas, desafios e perspetivas (Edições Corubal);”A Sociedade Civil e o Estado na Guiné-Bissau: dinâmicas, desafios e perspetivas” (UE-PAANE, 2014); “A Participação das Mulheres na Política e na Tomada de Decisão na Guiné-Bissau: da consciência, perceção à prática política (UNIOGBIS, 2013).

Redy Wilson Lima é Formado em Sociologia (ULHT e FCSH-UNL, Portugal) e doutorando em Estudos Urbanos (FCSH-UNL e ISCTE-IUL, Portugal) integrado no CICS.NOVA-UNL (Portugal). É investigador associado do NAVBA/UFBA (Brasil), investigador colaborador do NEAB (Brasil) e do CEsA/CSG/ISEG-ULisboa (Portugal) e professor assistente convidado no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais (Cabo Verde). Coordena o Instituto de Estudos Urbanos e Culturais (Cabo Verde) e desenvolve pesquisas etnográficas no contexto cabo-verdiano abordando as questões urbanas, culturas infanto-juvenis, gangues de rua, cultura hip-hop, deportações, participação sociopolítica, sexualidade e criminalidade organizada. Atualmente desenvolve o projeto de pesquisa de doutoramento sobre os processos de afirmação juvenil e apropriação do espaço urbano em Cabo Verde.

Michel Misse é ​Professor Titular de Sociologia do Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Pesquisador 1-B do CNPq e Cientista do Nosso Estado da FAPERJ, i​ntegra o corpo docente do Programa de P​ós-graduação em Sociologia e Antropologia da UFRJ. Fundou e dirige o NECVU – Núcleo de Estudos em Cidadania, Conflito e Violência Urbana da UFRJ. Vice-coordenador e membro do comitê gestor do INCT “Violência e Segurança Pública, tem vários livros publicados ​e e​dita a revista “Dilemas – Estudos de Conflito e Controle Social”. É membro do Comitê Científico do GERN – Groupe Européen de Recherche sur les Normativités -, com sede em Paris, França, ​ do ICVR – International Center for Violence Research, com sede na Universidade de Bielefeld, Alemanha,​ e do comitê acadêmico de RISC – The Consortium for Comparative Research on Regional Integration and Social Cohesion, com sede na Universidade de Luxemburgo. É membro do comitê consultivo do Programa de Antropologia Social y Politica de C​lacso/Buenos Aires. É professor convidado do Doutorado em Humanidades da Universidade EAFIT, Medellin, Colombia e Professor Visitante da Universidad de la Frontera, Chile.  É Diretor da Editora da UFRJ.  É pesquisador associado do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência -NETCCON.

Evandro Vieira Ouriques, Professor da UFRJ desde 1979, dedica-se, em rede, à Teoria Psicopolítica, que propôs em 2009. É coordenador do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência-NETCCON/Escola de Comunicação/Centro de Filosofia e Ciências Humanas/UFRJ, desde 1984, Diretor de Pesquisa do Laboratório de Percepção, Psiquismo e Instituições-LabMind/Laboratórios Associados em Métodos Avançados e Epistemologia-LAMAE/NCE/CCMN/UFRJ, e Professor Permanente do Programa de Pós-graduação em História das Ciências e das Técnicas e Epistemologia/Instituto Tércio Pacciti de Aplicações e Pesquisas Computacionais-NCE/Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza-CCMN/UFRJ, e também ​Professor Permanente do ​Magíster en ​Ciencias de la ​Comunicación​ da Universidad de La Frontera, Chile. Membro do Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales-CLACSO; e Coordenador da Linha de Pesquisa Políticas Culturales, Biopolítica y Psicopolítica, do Centro Internacional de Estudios de Epistemologías de Frontera y Economía Psicopolítica de la Cultura, da Universidad de La Frontera, tem publicações em vários continentes.

Programa

14h30m

Transformações estruturais e emancipação social em territórios frágeis

Miguel de Barros, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas, Guiné Bissau

15h15m

Lógicas de desafiar a mudança nas ‘periferias’ do espaço urbano em (i)mobilização

Redy Lima, Instituto de Ciências Sociais e Jurídicas, Cabo Verde

16h

Crise de paradigmas nas ciências sociais: desafios e perspectivas

Michel Misse, Núcleo de Estudos de Cidadania, Conflito e Violência Urbana, Universidade Federal do Rio de Janeiro

16h45m

Emancipação psicopolítica em contextos de fragilidade institucional e paralisia social

Evandro Vieira Ouriques, Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Psicopolítica e Consciência, Universidade Federal do Rio de Janeiro

17h30m-18h30m

Roda de Conversa

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.