Comer é um ato de fé!, por Roberto Malvezzi (Gogó)

Em seu Blog

Sartre dizia que a sociedade vive de uma “fé laica”, isto é, precisamos acreditar que a pasta de dente não tem veneno, que o avião tem combustível, que a ponte não vai cair, que o remédio tem a substância ativa na quantidade certa, assim por diante. A razão dessa fé é que não temos condição, como cidadãos, de averiguar caso a caso se o que nos dizem procede verdadeiramente ou se é uma farsa. (mais…)

Ler Mais

O Estado do mal-estar social, por Vladimir Safatle

Na Folha

Faz parte da retórica neoliberal dizer que, diante dos choques de austeridade, não há escolhas.

O mantra é sempre o mesmo, independente da latitude, a saber, os gastos públicos estão descontrolados, é necessário assumir o princípio de realidade e aceitar que o Estado não pode tudo. Por isso, todos devem fazer esforços para sairmos da tormenta “cortando na carne”. Foram medidas “populistas” que nos levaram a tal descalabro, agora é necessário ser responsável. (mais…)

Ler Mais

Liderança Kaiowá vai buscar apoio político na Europa

Por Tribunal Popular

O Cacique Ládio Veron está na Europa, denunciando as violações dos direitos dos Povos Indígenas pelo Estado brasileiro, em especial o aviltamento praticado contra os povos Guarani e Kaiowá do Mato Grosso Sul.

A viagem, que passará por 12 países europeus, foi organizada pelo Tribunal Popular: o Estado brasileiro no banco dos réus e tem como finalidade, além de denunciar internacionalmente o genocídio, etnocídio e negação de direitos por parte de governantes e o próprio Estado brasileiro, busca estabelecer alianças políticas com as organizações da classe trabalhadora europeia, no intuito de formar uma Frente Internacional de apoio a luta dos povos Kaiowá e Guarani do MS. (mais…)

Ler Mais

Comunidades tradicionais vão ao MPF contra concessão de seus territórios feita por Alckmin

Documento assinado por grupos quilombolas e indígenas questiona constitucionalidade da lei que permite exploração em unidades de conservação

Por Victória Damasceno, na Carta Capital

Uma representação protocolada no início do mês no Ministério Público Federal e na Procuradoria Geral da República questiona a constitucionalidade da Lei 16.260, iniciativa do governo Geraldo Alckmin (PSDB), que transfere à iniciativa privada a exploração madeireira, de subprodutos florestais e ecoturismo em 25 unidades de conservação no estado de São Paulo pelos próximos 30 anos. (mais…)

Ler Mais