Audiência pública em Osório (RS) debate o impacto dos agrotóxicos na saúde e no meio ambiente

Evento realizado pelo FGCIA ocorrerá no dia 12 de maio, no IFRS

MPF/RS

O Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos (FGCIA) convoca a sociedade para uma audiência pública sobre os impactos do uso de agrotóxicos na saúde, meio ambiente e consumidor. O encontro ocorrerá no auditório do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), em Osório, na Rua Santos Dumont, n° 2127, Albatroz, no dia 12 de maio, a partir das 13h.

O objetivo é abrir espaço para a troca de informações, debates e encaminhamentos entre a população e os representantes de órgãos públicos, associações civis, estabelecimentos de saúde, conselhos, universidades e movimentos sociais organizados.

Serão contemplados nas discussões representantes dos municípios de Arroio do Sal, Balneário Pinhal, Capão da Canoa, Capivari do Sul, Caraá, Cidreira, Dom Pedro de Alcântara, Imbé, Itati, Mampituba, Maquiné, Morrinho do Sul, Mostardas, Osório, Palmares do Sul, Riozinho, Rolante, Santo Antônio da Patrulha, Tavares, Terra de Areia, Torres, Tramandaí, Três Cachoeiras, Três Forquilhas e Xangri-Lá.

Fórum – Formado por mais de 50 instituições, o FGCIA é coordenado pela procuradora da República Suzete Bragagnolo do Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul (MPF/RS), tendo como adjuntos o procurador do Trabalho Noedi Rodrigues da Silva do Ministério Público do Trabalho (MPT), o promotor de Justiça Daniel Martini do Ministério Público do Estado (MP/RS) e o presidente da AGAPAN Leonardo Melgarejo.

Essa será a sexta audiência pública do FGCIA e a primeira do ano de 2017. A primeira audiência foi realizada em 9 de abril de 2015, em Ijuí, na região Noroeste do Rio Grande do Sul. As demais ocorreram em Pelotas (16 de setembro de 2015), Caxias do Sul (4 de novembro de 2015), Porto Alegre (8 de junho de 2016) e em Encantado (21 de setembro de 2016). A qualidade das palestras e dos debates foram os pontos altos dos encontros, na avaliação dos coordenadores do FGCIA.

Confira a programação da audiência pública em Osório:
13h – Registro de presença e identificação
13h30 – Abertura do evento
13h45 – Palestra com Leonardo Melgarejo
14h – Apresentação de Dilton de Castro e equipe da Anama sobre a contaminação da água na Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí por agrotóxicos. Pesquisa do Ceclimar-UFRGS
14h15 – Atuação do Fórum Gaúcho de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos
14h45 – Será dada a palavra a representantes de órgãos públicos, associações civis, estabelecimentos de saúde, conselhos, universidades e movimentos sociais organizados inscritos até o dia 5 de maio de 2017 pelo e-mail romuloalegretti@mpf.mp.br, observando o limite de 12 inscrições e cinco minutos para cada intervenção
15h45 – Será assegurada a palavra aos presentes à audiência que se inscreveram no decorrer do evento, observando o limite de 15 inscrições e três minutos por intervenção
16h30 – Avaliação geral do evento, com informes acerca de encaminhamentos; encerramento.

Serviço
O que: Audiência Pública sobre impactos do uso de agrotóxicos na saúde, meio ambiente e consumidor
Quando: 12 de maio de 2017, às 13h
Onde: Auditório do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, em Osório
Inscrições para direito de fala: até 5 de maio de 2017, pelo e-mail romuloalegretti@mpf.mp.br.

Leia aqui a íntegra do Edital

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.