Ermínia Maricato conversa com Maria Rita Kehl sobre impactos da desigualdade no espaço urbano

No Café Filosófico CPFL

A vida urbana, principalmente nas grandes metrópoles, tem revelado um alto grau de desencanto e solidão. Ao invés das cidades serem espaços de convivência e socialização, as más condições de moradia, a dificuldade de mobilidade e a ausência de espaços de lazer parecem estar levando seus cidadãos a um estado de melancolia coletiva.

Neste Café Filosófico, a arquiteta e urbanista Ermínia Maricato alerta sobre a situação que vem se agravando sobretudo nas grandes cidades.

 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.