Cerca de 12 mil mulheres são vítimas de violência por dia no Brasil

Pesquisa revelou que 2,2 milhões de mulheres foram agarradas ou beijadas sem consentimento

Por Dayana Vítor, Radioagência Nacional

Ofensas morais, violência física, mão boba no transporte público. A cada hora, 503 mulheres são vítimas de algum desses tipos de violência no Brasil. A maioria das vítimas é negra e parda. Dois a cada três brasileiros já presenciaram essas agressões. Os dados são da pesquisa Visível e Invisível: a vitimização de mulheres no Brasil. (mais…)

Ler Mais

CPI da Funai suspende votação de parecer para analisar decisão do STF

Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil

A reunião convocada para que os deputados que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Fundação Nacional do Índio (Funai) discutissem e votassem o parecer do relator, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), foi suspensa hoje (10) após o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), atender aos pedidos da CPI e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e autorizar a quebra do sigilo bancário e fiscal de uma entidade indigenista, o Centro de Trabalho Indigenista (CTI), e de seus administradores. (mais…)

Ler Mais

O Porteiro da Lei e a Resistência Indígena Feminista

Por Célia Regina Ody Bernardes, no Justificando

“Para nós, território é todo o conjunto. É o universo, onde estão todas as coisas que garantem a nossa sobrevivência, o exercício do nosso modo de vida no sentido cultural, político e a relação íntima com a natureza e meio ambiente. Não é terra, lote ou bem que se quer para vender. É espaço onde se tem relação muito íntima com a água, o sol, a lua, as estações, as árvores. (…) índio sem território deixa de existir. Sem território não temos como manter viva a nossa identidade (…) nos reafirmar e nos manter como povos indígenas. Para as mulheres, isso é ainda mais forte. Para nós, terra é como mãe. A terra é a nossa mãe, a nossa protetora. É uma relação sagrada e onde temos tudo. A gente acredita que a terra é que dá toda a força para as mulheres atuarem e exercerem o seu próprio jeito. (…) A principal luta continua sendo a garantia do território, porque a partir daí a gente consegue garantir as outras políticas sociais, culturais e políticas para as mulheres”. (Sônia Guajajara, do povo Tenetehara (Maranhão), secretária-executiva da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) e liderança do projeto Voz das Mulheres Indígenas (ONU), 2015). 

(…) vamos parar com essa discussão sobre terras. Terra enche a barriga de alguém?” (Ministro da Justiça (sic) Osmar Serraglio, 2017). 

(mais…)

Ler Mais

Ex-consulesa da França conta seus embates com preconceito no Brasil

Por Alexandra Loras, na Folha

Sempre ouvi falar que Salvador era a cidade com a população mais negra do Brasil, com 80% de negros. Porém, São Paulo, com seus 40% de negros em uma população de 12 milhões, se torna a cidade mais negra do mundo. São 4,8 milhões de negros em São Paulo contra 2,14 milhões em Salvador. (Segundo o IBGE 54% da população brasileira é negra) (mais…)

Ler Mais

SALSA divulga carta em apoio à ABA e em repúdio ao Relatório da CPI da Funai-Incra

Carta enviada à Ministra Carmen Lúcia, presidenta do Supremo Tribunal Federal, com cópia para Ricardo Lewandowski

***

Excelentíssima Sra. Presidente,

O Comitê Executivo da Society for the Anthropology of Lowland South America (SALSA) – Sociedade Antropológica das Terras Baixas da América do Sul – em conjunto com suas organizações profissionais irmãs, repudia a decisão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI Funai/Incra) da Câmara dos Deputados do Congresso Nacional brasileiro, relativa às atividades e procedimentos da Associação Brasileira de Antropologia (ABA). (mais…)

Ler Mais

Na Câmara, continua esta tarde a votação da CPI Funai-Incra. Relatório Paralelo tem 1.369 páginas (acesse)

Tania Pacheco

Na Comissão da Câmara dos Deputados, a votação do abjeto Relatório final da CPI Funai-Incra II, iniciada esta manhã, terá continuidade a partir das 14 horas. Ontem, o Relatório Paralelo dos Deputados Apoiadores da Pauta Indígena, Quilombola e dos (as) Trabalhadores (as) Rurais, com 1.369 páginas, foi divulgado e regimentalmente incluído na documentação da Comissão.  (mais…)

Ler Mais

Plantando Futuro: Projeto Horta Inteligente traz educação ambiental para crianças da Providência

Lisa Hollenbach – RioOnWatch

Não é uma tarefa simples manter a atenção de vinte crianças entre dois e três anos de idade. Mas, em uma tarde de segunda-feira, um público infantil senta-se em linha reta em um pequeno quintal de concreto da creche pública Tia Dora na Providência. Um balde cheio de terra, trazido por Elisângela Almeida Oliveira, é a atração dos olhares das crianças. (mais…)

Ler Mais

“Nossa missão é conservar essas bacias sagradas”, diz Domingos Peas, do povo Achuar do Equador

Depoimento a Fábio Zuker, na 

Tarapoto (Peru) –   “Daí nossa missão em conservar essas bacias sagradas, com nossas culturas, nossos ritos, nossos idiomas. Com nossas formas de administração da selva”. A declaração é de Domingos Peas, liderança indígena Achuar da Amazônia equatoriana, em depoimento exclusivo ao antropólogo e jornalista Fábio Zuker, que viajou a Tarapoto para cobrir VIII Fórum Social Panamazônico (Fospa), que aconteceu entre os dias 28 de abril e 1º de maio. (mais…)

Ler Mais

“Somos nós que conhecemos nossos rios”, diz Ketty Marcelo Lopez, do povo Ashaninka

Depoimento a Fábio Zuker, na 

Tarapoto (Peru) – Do que estamos falando? Os papéis dizem que não há contaminação da água, mas somos nós que conhecemos os nossos rios, e sim, vemos. Quem faz o questionamento é Ketty Marcelo Lopez, indígena Ashaninka de Pucharini, localizada na Selva Central, e presidenta da Organização Nacional de Mulheres Indígenas Andinas e Amazônicas do Peru (Onamiap). (mais…)

Ler Mais

Curitiba tensa, com bloqueios e desvios de ônibus, recebe atos a favor e contra Lula

Integrantes do MST acampam em terreno à espera de mais apoiadores do ex-presidente. Movimentos de direita que respaldam a Lava Jato convocam vigília na cidade e pelo país

Por F. B., no El País

“A cidade em suspense”. A manchete do jornal Gazeta do Povo resumia nesta terça-feira a expectativa em Curitiba com a chegada de Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta quarta-feira, o ex-presidente vai depor ao juiz Sergio Moro em uma das três ações que ele responde na Operação Lava Jato e o encontro é percebido como um face a face quase esportivo, potencialmente pugilístico, para o qual a cidade se prepara há semanas, incluindo a organização de um esquema que envolve agentes de várias forças de segurança, bloqueios de vias e até desvios de linha de ônibus. (mais…)

Ler Mais