CPI da Funai e do Incra adia votação do relatório final para a próxima semana

Iolando Lourenço e Luciano Nascimento – Repórteres da Agência Brasil

A votação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), prevista para hoje (10), foi adiada para o próximo dia 16 por causa do início das votações no plenário da Câmara dos Deputados, que determina o encerramento dos trabalhos das comissões. (mais…)

Ler Mais

Volta dos leilões da ANP é marcada por desrespeito à sociedade civil

Após impedir a entrada de ativistas e representantes dos movimentos sociais, indígenas e comunidades tradicionais, que protestavam contra combustíveis fósseis, leilão rendeu bem abaixo do esperado

Em 350.org Brasil

Mesmo diante do rastro de destruição deixado pela indústria de combustíveis fósseis em todo o mundo, sendo ela a principal causadora da crise climática global e envolvida em escandalosos casos de corrupção, o governo brasileiro não se constrangeu ao organizar uma nova rodada de leilões para licitação de blocos para exploração de petróleo e gás. Sob protestos e gritos de “Petróleo, gás, carvão: aqui tem corrupção”, ativistas da 350.org Brasil e COESUS- Coalizão Não Fracking Brasil pelo Clima, Água e Vida, indígenas, pescadores e representantes dos movimentos sociais tiveram sua presença restringida na 4ª Rodada de Acumulações Marginais, que foi realizada nesta quinta-feira (11), na sede da ANP (Agência Nacional de Petróleo e Gás), no Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Os libertários da direita atacam em Honduras

Um grupo da direita libertária norte-americana busca implantar sua utopia no golfo da Fonseca: a concessão de um território livre, onde não valem a lei, a polícia e os impostos de Honduras. Um futuro de desenvolvimento para Honduras ou a volta aos enclaves de banana?

Por Carlos Dada, do El Faro – Traduzido pela Agência Pública

A polícia hondurenha tem dois cárceres em Amapala. Um é usado como armazém. O outro quase sempre está vazio. Nessa ilha vulcânica no Golfo de Fonseca, a vida se move devagar. Em paz. Uma verdadeira ilha – também no sentido metafórico em um dos países mais violentos do mundo. Mas ali nada acontece. “A maioria dos casos que atendemos é de bêbados ou de violência doméstica”, diz a comandante da polícia. “Há pouco trabalho.” Nem mesmo roubo? Ela olha para dois de seus colegas agentes designados para a ilha há três meses. Todo mundo ri: “Não, nada. Isso aqui é um pouco chato”. (mais…)

Ler Mais

MPF/AM recomenda que DNPM atue para não permitir mineração em áreas de conservação

DNPM deve negar pedidos de exploração em áreas de proteção integral ou onde não há plano de manejo que autorize a atividade; pedidos devem ser indeferidos ou arquivados

Por Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal no Amazonas recomendou ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) que não autorize qualquer atividade de exploração minerária em áreas de unidade de conservação de proteção integral ou em áreas de unidade conservação de uso sustentável que não possuam plano de manejo ou cujos planos de manejo não admitam a atividade de mineração. (mais…)

Ler Mais

Expansão da mineração ameaça os territórios quilombolas

Quilombo.org

A mais premente ameaça aos quilombolas em Oriximiná são os interesses minerários incidentes em seus territórios. A Mineração Rio do Norte implantou-se região nos anos 1970 e, agora, a expansão da sua área de extração ameaça territórios quilombolas. A empresa, que tem a Vale como principal acionista, é a maior produtora de bauxita do Brasil e a terceira maior operação do mundo. (mais…)

Ler Mais

Padre Josimo Tavares, outro Cristo no nosso meio: 31 anos de martírio na luta pela terra, por Frei Gilvander Moreira

Frei Gilvander Moreira[1]

“Feliz de um povo que não esquece seus mártires” (Dom Pedro Casaldáliga)

Dia 10 de maio de 2017, dia que o ex-presidente Lula está depondo diante do juiz Moro, em Curitiba, PR, celebramos 31 anos do martírio do padre Josimo Tavares. Por isso o recordamos. Após tentativa de assassinato contra padre Josimo Moraes Tavares, no dia 15 de abril de 1986, quando cinco tiros foram disparados contra a Toyota em que ele viajava na defesa dos camponeses, profundamente ameaçado de morte – e de ressurreição! -, incompreendido por colegas padres e agentes de pastoral, inclusive, padre Josimo foi convocado a elaborar um relatório de suas atividades e a esclarecer as circunstâncias que levaram a tantas ameaças de morte contra ele. (mais…)

Ler Mais

Audiência Comunitária pela Vida em Acari debate violações policiais

Luisa Fenizola – RioOnWatch

No último sábado, dia 7 de maio, o Coletivo Fala Akari e a Associação de Moradores de Acari organizaram uma Audiência Pública na Favela de Acari, a fim de ouvir moradores e denunciar crimes promovidos na comunidade pelo Estado. O local escolhido para o evento, a quadra da Escola de Samba Favo de Acari, é simbólico, pois foi onde ocorreu o evento que marcou os 20 anos da Chacina de Acari, cometida em 1990 por policiais que até hoje não foram punidos. O evento começou com uma lembrança às vítimas de violência policial na favela, chamadas pelo nome e aclamadas com gritos de “presente”. (mais…)

Ler Mais