O trabalhador rural preso na miséria do campo

Por Vanessa Patriota, no Justificando

Em 1988, a Estação Primeira de Mangueira desfilou com “Cem anos de liberdade, realidade ou ilusão”. O puxador entoava: “será, que a lei Áurea tão sonhada, há tanto tempo assinada, não foi o fim da escravidão?”. Passados quase 30 anos de tão belo quanto triste samba-enredo, eis que ele continua ecoando com o que consta do Projeto de Lei (PL) 6.442 de 2016, que trata do trabalho rural. (mais…)

Ler Mais

MPs de Temer contra florestas beneficiarão garimpo, grilagem e madeira ilegal

Medidas alteram os limites de cinco Unidades de Conservação (UCs) no sudoeste do Pará, na região da rodovia BR-163, onde estão os maiores índices de desmatamento na Amazônia

No ISA

Uma nota técnica do Instituto Socioambiental (ISA) mostra que as Medidas Provisórias (MPs) 756/2016 e 758/2016, se aprovadas, vão beneficiar latifundiários, garimpeiros, madeireiros ilegais e, provavelmente, grileiros de terras, ao contrário do que alegam o governo e parlamentares ruralistas. (mais…)

Ler Mais

Ameaça de desnacionalização

Por Cleber César Buzatto*, no O Globo

Planta-se aqui para se colher lá fora. A despeito do discurso nacionalista, é de conhecimento notório que o modelo de produção do agronegócio brasileiro é amplamente benéfico aos interesses econômicos de grandes corporações multinacionais. Essas empresas revertem anualmente bilhões de reais às suas matrizes na forma de lucros e dividendos colhidos de suas atividades no Brasil. Assim fazem a Monsanto, a Cargill e a John Deere para os EUA; a Syngenta para a Suíça; a Bunge para a Holanda; a New Holland para a Itália; a Bayer e a Basf para a Alemanha; a Louis Dreyfus Company (LDC) para a França, entre outras. (mais…)

Ler Mais

Comandada por ruralistas, CPI da Funai criminaliza indígenas

CPI sugere a extinção da Funai e indicia mais de 100 pessoas, entre antropólogos, indígenas, religiosos e procuradores da República.

Por PT na Câmara, no Nossa Política

O relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Funai e Incra 2, que sugere a extinção da Funai e indicia mais de 100 pessoas, entre antropólogos, indígenas, religiosos e procuradores da República, deve ser votado nesta terça-feira (16).  Comandada por ruralistas, a comissão não indiciou um único fazendeiro. (mais…)

Ler Mais

Nota das Pastorais do Campo em solidariedade ao Cimi

Ai daqueles que fazem decretos iníquos e escrevem apressadamente sentenças de opressão, para negar a justiça ao fraco e fraudar o direito dos povos” (Is 10,1-3ª)

O Serviço Pastoral dos Migrantes (SPM), a Comissão Pastoral da Terra (CPT), o Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), Pastoral da Juventude Rural e a Caritas Brasileira, vêm a público manifestar seu repúdio às difamações que vêm sofrendo os Missionários e Missionárias comprometidos com a defesa dos direitos fundamentais dos Povos Indígenas por parte de determinados setores econômicos, de políticos e de parte da grande mídia nacional. Estes vêm insinuando de maneira covarde ou afirmando categoricamente que membros do Conselho Indigenista Missionário (CIMI) cometem delitos ao se posicionarem favoravelmente aos direitos constitucionais que possuem os Povos Indígenas. (mais…)

Ler Mais

Baixada Nunca Se Rende: Coletivo Cultural Patrocinado pela ONU é Destaque em Novo Documentário

Stephanie Reist – RioOnWatch

No dia 9 de maio, jornalistas foram convidados para o pré-lançamento do documentário “A Baixada Nunca Se Rende”. O filme, dirigido pelo italiano Christian Tragni e a brasileira Juliana Spinola, apresenta ao mundo o Baixada Nunca Se Rende (ou BXD), que vem a ser o primeiro coletivo de artistas e músicos da Baixada Fluminense, patrocinado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Composta por produtores culturais de toda a Baixada Fluminense, o coletivo é baseado em Belford Roxo e reúne-se no Centro Cultural Donana, um importante local de expressão artística na Baixada desde os anos 80. (mais…)

Ler Mais

O sucateamento do SUS é consequência da lógica das empreiteiras e dos esquemas político-partidários. Entrevista especial com Lígia Bahia

Patricia Fachin – IHU On-Line

À esquerda e à direita, o desenvolvimento de um projeto para o Sistema Único de Saúde – SUS ficou “no meio do caminho” e ele é incluído “obrigatoriamente” nas plataformas eleitorais como um programa “de ações assistenciais para os pobres”, que são definidos como aqueles que “não podem pagar”, avalia Lígia Bahia, médica sanitarista, na entrevista a seguir, concedida por e-mail para a IHU On-Line. (mais…)

Ler Mais