Cotas na Unicamp: Justificando entrevista Carolina Pinho

No Justificando

Após muita luta do movimento negro, a Universidade Estadual de Campinas, uma das mais elitistas do país, anunciou que irá começar a adotar o sistema de cotas para ingresso de alunos.

O tema desperta uma série de debates e você pode acompanhá-los no bate papo com a Doutora em Educação pela Universidade Carolina Pinho, e também fundadora do núcleo de consciência negra. “Se você teve a nota de corte maior do que o grupo de cotistas, você não usa as cotas (…) O negro continua disputando todas as vagas“, explica.

Para ela, o projeto de universidade que há no país hoje é definido pela meritocracia. “Quem fez a prova melhor? Quem fez a redação melhor vai entrar…“, comenta.

 

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.