Camponeses Sem Terra chegam a capital paranaense para reunião com Incra

A pauta é de negociação com o Superintendente Edson Wagner de Sousa Barroso

Por Comunicação MST/PR
Da Página do MST

Na manhã desta segunda-feira (10), cerca de 100 pessoas de acampamentos e assentamentos do Movimento Sem Terra do Paraná, chegaram ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na capital paranaense, para uma pauta de negociação com o Superintendente Edson Wagner de Sousa Barroso.

A pauta diz respeito às áreas de acampamentos, que foram despejados ou tiveram indícios de reintegração nos últimos meses, o assentamento imediato para as famílias acampadas no estado e as políticas públicas para o desenvolvimento dos assentamentos.

“Estamos aqui para reivindicar o cumprimento de antigos compromissos assumidos pelo Incra que não estão sendo cumpridos, tanto em relação a criação de assentamentos em áreas onde existem famílias acampadas a mais de uma década, quanto em relação as demandas de infra estrutura e assistência técnica em assentamentos”, disse Rodrigo Athayde, da coordenação do MST.

Até o momento o superintende do Incra não havia recebido as famílias para conversar sobre a pauta. “Vimos prontos para ficar quantos dias forem necessários. Trouxemos comida, colchões e cozinha completa e deixamos bem claro de que é uma negociação pacífica da nossa parte”, completou Athayde.

*Editado por Rafael Soriano

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.