Juristas Populares na Mineração se formam neste sábado, em Curral Novo (PI)

A Comissão Pastoral da Terra no Piauí (CPT-PI) acompanha doze comunidades e suas famílias na região de Curral Novo, Simões e Paulistana que sofrem com os impactos da ferrovia  Transnordestina e as ameaças da presença de uma mineradora de ferro na região

Por CPT Piauí

Desde 2014, a CPT-PI acompanha as famílias impactadas pela mineração nos municípios já citados realizando um trabalho de resgate e valorização do chão onde vivem e produzem através da união, organização dos grupos e na realização de atividades voltadas para o reavivamento da fé e esclarecimento dos direitos das comunidades e dessas famílias.

Foi visando formar e informar as famílias sobre os seus direitos com relação à mineração que a CPT-PI e o Coletivo de Advogados do Piauí “Antonia Flor” iniciaram, em dezembro de 2016, o curso: Juristas Populares da Mineração, com uma turma de 30 pessoas, dentre estes, jovens e adultos.

Realizado em cinco módulos e um total de 80 horas/aula, o curso incluiu na grade curricular desde a Teoria Geral do Estado passando por Direito Ambiental, além de formas de denuncias às violações desses direitos.

A formatura da turma acontece neste sábado, 12 de gosto de 2017, em Curral Novo (PI). A cada módulo os/as alunos e alunas observaram uma evolução individual e em grupo no que diz respeito às temáticas discutidas em classe.

“Através do curso Juristas Populares na Mineração pude conhecer quais os meus direitos e deveres diante de uma empresa mineradora, para que eu não tenha mais medo de perder minha terra, assim como quais são os procedimentos legais que essa empresa deve tomar para ter acesso as minhas terras”, destaca Fabiana,  aluna do curso.

Impactos da Mineração 

A atividade mineradora consiste na extração de minerais dos solos e das formações rochosas que compõem a estrutura terrestre.  No entanto, é preciso ressaltar que essa prática costuma gerar sérios danos ao meio ambiente. Os impactos ambientais da mineração afetam os ambientes hidrológicos, atmosféricos, além da biosfera, dos solos e das formas de relevo sem falar nos abalos psicológicos às famílias que vivem em áreas de minério, ocasionados pelas ameaças e imposições feitas pelas mineradoras.

Imagem: Mídia Ninja

Deixe uma resposta

O comentário deve ter seu nome e sobrenome. O e-mail é necessário, mas não será publicado.