Vice de Raquel Dodge discorda de marco temporal estabelecido por Temer

Mariz Maia afirmou que vai atuar para destravar a demarcação de terras indígenas

Por Vinicius Sassine, O Globo

O vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, entende que o marco temporal para demarcação de terras indígenas é o estabelecido desde a Constituição de 1934, e não uma linha de corte a partir de 1988, ano da Constituição Federal vigente. A posição dele contraria o entendimento expresso em parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) aprovado pelo presidente Michel Temer. Ao GLOBO, Mariz Maia afirmou que, como vice-procurador-geral de Raquel Dodge, vai atuar para destravar a demarcação de terras indígenas. (mais…)

Ler Mais

MPF requisita investigação sobre ameaça a lideranças indígenas da aldeia Sucury’i, em Maracaju (MS)

Ameaças teriam se intensificado após manifestações dos índios e bloqueio de rodovia

Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul

O Ministério Público Federal (MPF) em Dourados (MS) requisitou à Polícia Federal (PF), na última sexta-feira (15), abertura de inquérito para apurar supostas ameaças aos membros da família indígena Turiba, pertencentes à aldeia Sucury’i, no município de Maracaju (MS). (mais…)

Ler Mais

Termoelétrica em Peruíbe: “cidade pode sofrer processo de transformação social e econômica semelhante ao de Cubatão”

Raphael Sanz, no Correio da Cidadania

A população de Peruíbe, município do litoral sul paulista, tenta barrar um megaprojeto de usina termoelétrica que pretende entrar na cidade trazendo consigo incalculáveis impactos sociais e ambientais. Mas Peruíbe não é uma cidade qualquer. A população se orgulha das suas riquezas naturais e vive basicamente do turismo. Além disso, a população ainda leva no seu currículo vitórias contra projetos nucleares e portuários no passado. Sobre isto conversamos com André Ichikawa e Pedro Delázari, do Coletivo Ativista Litoral Sustentável, grupo que estuda os impactos e se organiza junto com a população peruibense a fim de barrar a construção da termoelétrica. (mais…)

Ler Mais

Cesteh/ENSP discute avaliação de impacto à saúde na construção de um complexo portuário nos municípios de Maricá e Saquarema

No Informe Ensp

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/ENSP) realizará, na quarta-feira, 20 de setembro, mais uma atividade do projeto ‘Encontros do Cesteh’. Reunido pela segunda vez em 2017, agora, o debate será sobre o Observatório Regional de Tecnologias em Saúde, Ambiente e Sustentabilidade: avaliação de impacto à saúde na construção de um complexo portuário no litoral do Estado do Rio de Janeiro – municípios de Maricá e Saquarema. (mais…)

Ler Mais

“Tudo sai da floresta”: vivência reforça autonomia e saberes tradicionais na Terra Indígena Maró

Terceira vivência de notório saber e Nheengatu na TI Maró, no baixo Tapajós, reuniu mais de 130 indígenas de diversos povos para trocar saberes e conectar educação com defesa do território

Por Barbara Dias e Gilberto Cesar Lopes Rodrigues*, no Cimi

Na semana em que muitos desfilavam para comemorar a independência do Brasil como colônia de Portugal, 137 pessoas – em sua grande maioria alunos e professores indígenas da Terra Indígena (TI) Maró, município de Santarém, oeste paraense, e de outros territórios da região – se reuniram para refletir criticamente sobre a semana da pátria e os desfiles de 7 de setembro, trocar experiências e fortalecer seus saberes tradicionais. Foi o que ocorreu entre os dias 2 a 10 de setembro, quando a TI Maró, habitada pelos povos indígenas Borari e Arapium, sediou o 3º Projeto de Vivência de Notório Saber e Nheengatu na Terra Indígena. (mais…)

Ler Mais

Aumenta a fome na América Latina e no Caribe: 42,5 milhões de pessoas estão subnutridas, segundo a FAO

Entre 2015 e 2016, 2,4 milhões de pessoas a mais sofreram com a subnutrição; índice se mantém baixo em comparação com outras regiões

Thays Ferrari Puzzi – FAO Brasil / IHU On-Line

O número de pessoas que sofrem com a fome na América Latina e no Caribe aumentou em 2,4 milhões de 2015 a 2016, alcançando um total de 42,5 milhões, segundo o relatório Estado da Segurança Alimentar e Nutricional no Mundo 2017. (mais…)

Ler Mais

‘Pacote do Veneno’ é denunciado por militantes da agroecologia

Agricultores, estudantes e profissionais do setor exigem rejeição de projetos de lei que favorecem os agrotóxicos e a implantação de comissão que avalie política nacional para reduzir seu uso

Por Cida Oliveira
Da Rede Brasil Atual / MST

Depois de quatro dias reunidos na capital federal para discutir estratégias para a transformação dos sistemas agroalimentares no Brasil, os cerca de cinco mil agricultores, militantes, estudantes e profissionais da Agroecologia repudiaram na tarde desta sexta-feira (15) o avanço do “Pacote do Veneno” e defenderam uma política de redução de agrotóxicos. (mais…)

Ler Mais

MST repudia ataque ao MTST

São trabalhadoras e trabalhadores em busca da moradia digna, na sua grande maioria desempregados, afetados pela grave crise econômica.

Da Página do MST 

A ocupação Povo Sem Medo, de São Bernardo do Campo, sofreu um ataque a tiros na tarde deste sábado (16). Os disparos vieram de um condomínio de alto padrão que fica ao lado do terreno. Audinei Serapião da Silva foi atingido com um tiro no braço e socorrido no pronto socorro central da cidade. Ele foi operado para que houvesse a retirada do projétil e passa bem, permanecendo em observação até este domingo. Em nota, o MST solidariza-se com os trabalhadores e exige que o prefeito Orlando Morando (PSDB) mantenha um canal de diálogo e negociação com o MTST, para atendimento da pauta. (mais…)

Ler Mais