MPF e MP/RJ recomendam consulta a comunidades tradicionais sobre retomada do turismo em Paraty (RJ)

Recomendação visa garantir autonomia das comunidades para evitar disseminação da covid-19

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

O Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP/RJ) recomendaram à Prefeitura de Paraty, ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) uma série de medidas para que a retomada de atividades turísticas no município não traga risco de disseminação de covid-19 entre as comunidades tradicionais.

(mais…)

Ler Mais

Presidência da CDHM pede medidas urgentes para conter avanço da pandemia entre indígenas de Santa Catarina

A presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara do Deputados (CDHM) pediu a autoridades de Santa Catarina, nesta quinta-feira (6/8), a adoção urgente de medidas para a realização de testagem em massa para detecção do vírus Covid-19 nos indígenas da região do Alto Vale, assim como o rápido isolamento dos assintomáticos, para evitar a proliferação do coronavírus nos territórios. O presidente da CDHM, Helder Salomão (PT/ES), foi informado, pelo parlamentar Marcon (PT/RS), do alto número de contágio de indígenas Laklãnõ Xokleng, Guarani e Kaingang. Dezoito índios já testaram positivo, mas estão assintomáticos.

Pedro Calvi / CDHM

O pedido foi feito ao governador, Carlos Moisés da Silva; ao secretário estadual da Saúde, André Ribeiro; à secretária municipal de Saúde de José Boiteux, Fabiana Fusinato; ao prefeito de José Boiteux, Jonas Pudewell; ao prefeito de Vítor Meireles, Bento Silvy; à prefeita de Doutor Pedrinho, Simoni Nones, e ao secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde Robson Santos da Silva.

(mais…)

Ler Mais

MPF quer proteção de indígenas e ribeirinhos por meio de atuação da Polícia Federal na região do rio Abacaxis (AM)

Área faz parte de projeto de assentamento agroextrativista do Incra e é reivindicada pelo povo indígena Maraguá; operação da Polícia Militar no local registra abusos e ilegalidades

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) acionou a Justiça Federal para que a Polícia Federal investigue as circunstâncias, motivações e potenciais abusos e ilegalidades em operação deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) no rio Abacaxis na última segunda-feira (3). A região faz parte dos Projetos de Assentamento Agroextrativistas (PAEs) Abacaxis I e II, nos municípios amazonenses de Borba e Nova Olinda do Norte, envolvendo indígenas e populações tradicionais.

(mais…)

Ler Mais

Depois de visita de Salles, Defesa suspende operação contra garimpo ilegal em Terra Indígena

ClimaInfo

Um dia depois da visita de Ricardo Salles à Terra Indígena (TI) Munduruku (Pará), onde conversou com garimpeiros que por lá atuam, o Ministério da Defesa anunciou ontem (6/8) a suspensão das operações de combate ao garimpo ilegal na região. De acordo com a pasta, as ações estão suspensas para “reavaliação” e um grupo de “representantes da região” está sendo levado a Brasília pela Força Aérea para uma reunião com autoridades federais, sem informar quem seriam essas pessoas e com quem elas iriam conversar.

(mais…)

Ler Mais

STF confirma liminar obrigando governo Bolsonaro a combater Covid-19 entre povos indígenas

Decisão é considerada nova vitória dos povos indígenas e derrota para o Planalto. Liminar de Roberto Barroso foi acatada de forma unânime

Por: Oswaldo Braga de Souza, em ISA

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou integralmente a liminar do ministro Luís Roberto Barroso, do início de julho, que obrigou o governo Bolsonaro a tomar medidas emergenciais para combater a pandemia entre os povos indígenas (saiba mais no quadro ao final da reportagem). Todos os ministros votaram a favor e nem mesmo a Advocacia-Geral da União (AGU), que representa a administração federal, contestou a decisão. A Procuradoria-Geral da República (PGR) fez o mesmo.

(mais…)

Ler Mais

Morte na floresta: a vida e as consequências da pandemia para os povos indígenas. Entrevista especial com Aparecida Vilaça

Professora do Museu Nacional traça um panorama das consequências da pandemia e das políticas públicas, praticamente inexistentes, de apoio aos povos nativos

Por: Ricardo Machado, em IHU On-Line

Há cem anos a população mundial não experimentava uma epidemia com o potencial do coronavírus. O que para a maior parte das gerações tem um ar de novidade e de exceção, para inúmeros povos indígenas trata-se de uma trágica repetição de uma história multissecular. “A minha geração, que é diferente da geração dos meus avós que pegaram e viveram a gripe espanhola, nunca tinha experimentado uma pandemia deste tipo, nesta intensidade de mortes, sem nenhum tipo de medicamento comprovado, sem vacinas, as pessoas trancadas. Isso é exatamente o que esses povos indígenas experimentaram por tantos séculos”, pontua a professora e pesquisadora Aparecida Vilaça, em entrevista por telefone à IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais

Sob a dupla ameaça de covid-19 e de Bolsonaro, indígenas debatem a resistência

“Estamos sendo mais atacados do que nunca. Nosso sangue rega a soja e a cana. Mas vamos resistir”, afirma líder indígena em encontro sobre covid-19 nas aldeias

Por Gabriel Valery, da RBA

São Paulo – A pandemia de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, segue seu rastro letal. O Brasil se aproxima de 100 mil mortos e 3 milhões de casos, sem contar com a ampla subnotificação. Enquanto isso, muitos integrantes do poder público assistem à tragédia sem agir. Esse cenário de adoecimento e morte pela covid-19 é especialmente trágico para os indígenas.

(mais…)

Ler Mais

Esplanada da Morte (VII) — Não é só Weintraub que odeia “o termo” povos indígenas

Ex-ministro deixou o MEC após atacar o STF e dizer que “só tem um povo neste país”; em seguida foi para os EUA trabalhar no Banco Mundial, instituição também hostil aos povos originários; em seu lugar entrou Milton Ribeiro, um defensor da educação pela dor

Por Alceu Luís Castilho e Leonardo Fuhrmann, em De Olho nos Ruralistas

No princípio era o verbo, conforme a formação do ministro da Educação, Milton Ribeiro. E o verbo no MEC se fez ódio. O próprio Ribeiro, em vídeo antigo, falou em educação de crianças pelo castigo, “pela dor“. Mas o principal personagem da pasta no governo Bolsonaro ainda atende pelo nome de Abraham Weintraub, que deixou o cargo no dia 18 de julho, quase dois meses após a reunião em que chamou os onze ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de “filhos da puta” e falar em “botá-los na cadeia”.

(mais…)

Ler Mais

Mulheres indígenas realizam mobilização com o tema “O sagrado da existência e a cura da terra”

Neste ano, a mobilização de mulheres indígenas de todo o Brasil acontece de maneira virtual e com programação que se extende pelos dias 7 e 8 de agosto. 

Via Apib

Há um ano, mulheres indígenas de todo o Brasil realizaram uma mobilização histórica! Com o tema “Território: nosso corpo, nosso espírito” Mais de 2 mil parentas de 113 povos ocuparam as ruas de Brasília para a 1ª Marcha das Mulheres Indígenas. Em 2020, com o agravamento das violências aos povos indígenas durante a pandemia da Covid-19 nós decidimos demarcar as telas e realizar a maior mobilização das mulheres indígenas nas redes. Nos dias 7 e 8 de agosto, acontece a nossa grande assembleia online com o tema “O sagrado da existência e a cura da terra”.

(mais…)

Ler Mais