Bancada ruralista já propôs 25 Projetos de Lei que ameaçam demarcação de terras indígenas e quilombolas

PEC 215 e Marco Temporal são propostas mais conhecidas e viraram guarda-chuvas de outros projetos; outros PL autorizam mineração e atividades poluidoras em territórios tradicionais

Por Izabela Sanchez – De Olho nos Ruralistas

Um levantamento do De Olho nos Ruralistas – com base em informações de organizações como o Instituto Socioambiental (ISA) – mostra que há pelo menos 25 Projetos de Lei tramitando no Congresso que configuram ameaças aos direitos dos povos indígenas e quilombolas. A maioria dos projetos foi sintetizada em projetos guarda-chuva, como a PEC 215, que pretende transferir para o Congresso a demarcação de terras tradicionais. A Proposta de Emenda Constitucional recebeu o texto de 10 desses 25 Projetos de Lei e é uma bomba prestes a explodir em Brasília. (mais…)

Ler Mais

Caravana Matopiba: danos humanos e ambientais são alarmantes

Durante as primeiras visitas, a delegação observou altos níveis de poluição agroquímica, diminuição dos recursos naturais, bem como impacto significativo sobre a saúde das comunidades tradicionais, resultado do monocultivo da soja.

Na Fian Brasil


A Caravana Matopiba, composta por especialistas em direitos humanos e desenvolvimento econômico e rural, avaliou que a grilagem de terras e a expansão das monoculturas de soja deixam um rastro de devastação ambiental generalizada, além de inúmeros impactos sociais nas comunidades da região. (mais…)

Ler Mais

Documentário “Sem Clima” é um dos 28 selecionados do Cine Agroecologia 2017, em Brasília

Filme lançado pelo De Olho nos Ruralistas fala de mudanças climáticas e bancada ruralista; será exibido na quarta-feira, durante o 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia

De Olho nos Ruralistas

A censura promovida pelos ruralistas saiu pela culatra. O documentário “Sem Clima – uma República controlada pelo agronegócio“, lançado em março pelo De Olho nos Ruralistas e exibido em mais de 20 pontos pelo país, foi um dos 28 selecionados pelo Cine Agroecologia, entre 115 curtas, médias e longa metragens da América Latina. Ele será exibido durante o 10º Congresso Brasileiro de Agroecologia e 6º Congresso Latino-Americano de Agroecologia, que acontecem simultaneamente entre terça-feira (12) e sexta-feira (15) em Brasília. (mais…)

Ler Mais

Desoneração da agricultura aumentou 14% nos últimos 3 anos; em 2017 soma R$ 26 bilhões

Apesar da série de déficits fiscais iniciada em 2014, já na casa dos R$ 159 bilhões, governo aumenta a renúncia; a deste ano supera despesas com saúde e educação

Por Cauê Seignemartin Ameni – De Olho nos Ruralistas

Em 2014, a Receita Federal deixou de arrecadar em impostos R$ 23,3 bilhões com as atividades econômicas de setores da agricultura. Essa renúncia específica do governo saltou para R$ 26,58 bilhões em 2017 – um aumento de 14,08% nos últimos três anos. Somando todas as “renúncias tributárias” concedidas este ano, com caráter “compensatório” ou “incentivador”, e os créditos e benefícios financeiros para algumas atividades econômicas o Fisco deixará de arrecadar R$ 406 bilhões. (mais…)

Ler Mais

Geddel, o político dos R$ 51 milhões, declara fazendas a preço de banana

Doze imóveis rurais do ministro somam mais de 9 mil hectares, mas foram declarados por R$ 801 mil, cerca de R$ 89 o hectare; ele divide as fazendas com dois irmãos

De Olho nos Ruralistas

Em 2014, o ex-deputado e ex-ministro Geddel Vieira Lima – hoje em prisão domiciliar – declarou possuir 9.045 hectares em 12 fazendas no sudoeste da Bahia, nos municípios de Ibicuí, Itapebi, Itapetinga, Itarantim, Macarani e Potiraguá. Valor total? R$ 801 mil. A maioria dos imóveis foi adquirida no fim dos anos 90 e é dividida com os irmãos, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) e Afrísio Vieira Lima Filho, diretor legislativo da Câmara. (mais…)

Ler Mais

Gilmar Mauro, do MST: “Vamos pautar a reforma agrária nas terras dos banqueiros”

Dirigente nacional do movimento se referiu à ocupação de terras de corruptos e anunciou também “reforma agrária nas terras dos grileiros”, durante debate sobre governo Temer

De Olho nos Ruralistas

Um dos coordenadores nacionais do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), Gilmar Mauro informa que o tema “reforma agrária nas terras dos corruptos“, que motivou uma série de ocupações de fazendas pelo país em julho, terá continuidade nos próximos meses. “Vamos pautar a reforma agrária nas terras de banqueiros e a reforma agrária nas terras dos grileiros”, afirmou, nesta terça-feira (05/09), em São Paulo. “Vamos fazer a luta direta e a disputa na sociedade”. (mais…)

Ler Mais

Em carta confidencial, relatores da ONU criticam propostas ambientais do Congresso brasileiro

Representantes das Nações Unidas dizem estar ‘preocupados’ com projetos que estabeleceriam um novo modelo de licenciamento. Para os relatores da ONU, as flexibilidades previstas para o uso de uma terra transformariam o licenciamento ambiental em uma ‘exceção’ no Brasil, e não numa regra

Por Jamil Chade, Correspondente, no Estadão (mais…)

Ler Mais

Caravana internacional investigará impactos de grilagem de terras e violações de direitos humanos na região do Matopiba

Na Fian Brasil

Uma delegação internacional está no Brasil desde o domingo (03/09) para realizar uma Caravana entre os dias 04 a 15 de setembro, com o intuito de investigar as denúncias de violações de direitos humanos e impactos ambientais como resultado da financeirização do mercado de terras agricultáveis na região conhecida como Matopiba, que compreende áreas dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. (mais…)

Ler Mais

De Olho nos Ruralistas comemora um ano com debate sobre governo Temer

Observatório foi lançado em setembro de 2016; Chico Whitaker, do IV Tribunal Tiradentes, Larissa Bombardi, da USP, e Gilmar Mauro, do MST, discutirão a onda de retrocessos socioambientais

De Olho nos Ruralistas

Um observatório jornalístico sobre agronegócio no Brasil, o De Olho nos Ruralistas comemora um ano nesta terça-feira (05/09). O aniversário marca também o lançamento da editoria De Olho nos Retrocessos, no ar desde o dia 15 de agosto, por meio de um debate sobre os retrocessos sociais e ambientais do governo Temer. (mais…)

Ler Mais