Continua a luta dos agricultores do Açu

Desembargador Eduardo de Azevedo Paiva, da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) rejeitou pedido de reintegração de posse da área reocupada por agricultores no norte do estado.

Por Pablo Vergara, da Página do MST

Na quarta-feira (5), o desembargador Eduardo de Azevedo Paiva, da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), decidiu rejeitar o pedido de reintegração de posse de uma área na região do Açu, distrito do município de São João da Barra, norte do Estado do Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Integrante da Liga dos Camponeses Pobres é executado a tiros na Zona Sul de Porto Velho

Vítima estava em posto de lavagem de carro quando foi atingido pelos disparos. Camponês era de Ariquemes e estava na capital para reunião no Incra.

Por Toni Francis, G1 Rondônia, na CPT

Um homem de 44 anos foi assassinado na tarde desta quinta-feira (6) na Zona Sul de Porto Velho. A vítima é um dos líderes da Liga dos Camponeses Pobres (LCP) em Ariquemes (RO), no Vale do Jamari. (mais…)

Ler Mais

“A terra não é só para trabalhar, é para produzir alimentos saudáveis”, diz Stedile

O dirigente do MST fala sobre as feiras agroecológicas organizadas pelo movimento em diversas cidades do país

Redação Brasil de Fato

A experiência de feiras agroecológicas organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) tem se espalhado pelo país. Uma grande diversidade de alimentos produzidos sem uso de agrotóxicos em assentamentos e acampamentos da reforma agrária são disponibilizados para a população com preços justos. Para o movimento, mais do que partilhar os frutos da luta no campo, as feiras são uma oportunidade de dialogar com a sociedade. (mais…)

Ler Mais

Monoculturas florestais: a contrarreforma agrária sem fim do sul do Chile

Por Joana Salém Vasconcelos, de Santiago para o Correio da Cidadania

Conversamos com Jacqueline Arriagada, diretora da Associação Nacional de Mulheres Rurais e Indígenas do Chile (ANAMURI), sobre o conflito territorial que se desenrola há mais de 40 anos nos territórios do sul do país, como consequência da expansão da monocultura de pinheiros e eucaliptos. (mais…)

Ler Mais

Comissão avalia que MEC está matando as licenciaturas de educação do campo

Hoje todos os 42 cursos em funcionamento necessitam de recursos para alimentação e transporte

Da Página do MST

A Comissão Nacional de Avaliação das Licenciaturas de Educação do Campo sinaliza uma derrocada da manutenção dos cursos em todo país. Segundo avaliação da comissão, “hoje todos os 42 cursos em funcionamento necessitam de recursos para alimentação e transporte.” (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores e povos do campo sob ataque

Os casos aparentemente sem ligação encontram uma conexão, entretanto, com o contexto político de recrudescimento do conservadorismo e da ascensão das forças golpistas

Por Marina dos Santos , da Página do MST

Sob o marco do Golpe parlamentar-empresarial que subtraiu o processo democrático para forçar a implantação de uma agenda conservadora quatro vezes derrotada nas urnas, o conjunto da sociedade brasileira vem sendo impactado com diversos ataques a direitos sociais historicamente consolidados, como a Previdência Social e a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Contudo, tememos haver um segmento em especial nesta sociedade que constitui um elo sob ataque até mais devastador: aqueles que vivem no campo. (mais…)

Ler Mais

Maria Rita Kehl entrevista Stedile sobre violência no campo

No programa ‘”Conversa Solta”, da Rádio Madalena, a psicanalista discute o massacre no Pará

Brasil de Fato

A psicanalista, escritora e jornalista Maria Rita Kehl conversa João Pedro Stedile, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra. Entre os temas estão o massacre de camponeses em Pau D’arco, no Pará; a impunidade da violência no campo; o nascimento do MST; a formação de movimentos populares na Escola Nacional Florestan Fernandes, entre outros. No programa “Conversa Solta”, da Rádio Madalena, ela fala sobre diversos temas, como política, economia, cultura e saúde sem programa. Confira entrevista na íntegra. (mais…)

Ler Mais

A Teia poupa vidas [Veja também o Documento Final]

Por Ana Mendes, colaboração para a Assessoria de Comunicação – Cimi | De Cidade de Brejo, Maranhão

Choveu a cântaros no dia 26 de maio no Quilombo Alto Bonito, Cidade de Brejo, no Maranhão. “O dia amanheceu mais leve”, comenta feliz um indígena que teve o sono interrompido por causa do temporal na madrugada. Mais leve o dia, mais forte o tecido da Teia de Povos e Comunidades Tradicionais do Maranhão que realizou o VI Encontrão de Povos e Comunidades Tradicionais entre os dias 25 e 28 de maio de 2017, sob o tema “Não estamos extintos, estamos de pé, em luta. Essa terra é nossa!”. (mais…)

Ler Mais