A estética manda na ética em uma SP com nojo de pessoas em situação de rua, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

Após a capital paulista ter registrado a madrugada mais fria do ano até então, equipes municipais lavaram a Praça da Sé com jatos de água, molhando as pessoas em situação de rua que dormiam por lá, além de seus cobertores e pertences nesta quarta (19). Diante de denúncia da rádio CBN, João Doria negou o ocorrido, disse que houve um ”descuido” da ação de limpeza e atacou, nas redes sociais, a repórter que noticiou primeiramente o fato. Daí, redes de apoio ao prefeito na internet atiçaram ódio contra a jornalista. (mais…)

Ler Mais

Só pessoas invisíveis morrem de frio em São Paulo, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Na esquina da rua Teodoro Sampaio com a avenida Doutor Arnaldo, um homem foi encontrado morto, na tarde desta terça (18), em meio ao frio que atingiu São Paulo. Informada no meio da tarde por um telefonema ao 190, a Polícia Militar não encontrou sinais de violência. A temperatura média na cidade, às 15h20, era de 9,3°C. (mais…)

Ler Mais

Por um projeto para as cidades brasileiras

Movimentos e organizações lançam manifesto pela mudança. Documento descreve como especulação avançou nos últimos vinte anos, e propõe mobilização nacional para resistir

Outras Palavras

Um documento de dezenas de movimentos sociais

Estamos vivendo um período de transição no mundo e no Brasil. As mudanças estão em curso e serão feitas com ou sem a participação das forças democráticas da sociedade. Garantir um futuro com mais justiça social, econômica, ambiental, territorial e urbana depende da nossa participação. A hora é agora. (mais…)

Ler Mais

Um mesmo mecanismo não pode regularizar um prédio na Barra e na Favela

Em dois eventos, OAB e Defensoria Pública debatem MP 759

Por Juliana Torres e Luisa Filizola, no Rio On Watch

Presidente Michel Temer aprovou na última terça-feira, dia 11 de julho, a lei 13.465/2017, baseada na MP 759, que trata principalmente da regularização fundiária em terras federais. A sanção presidencial ocorreu após sua segunda aprovação na Câmara, determinada por liminar do Supremo Tribunal Federal, que considerou muito substanciais as mudanças feitas no texto da Medida Provisória durante a sua tramitação, fruto de oito emendas (de mais de 400 propostas). (mais…)

Ler Mais

Juíza adia reintegração de posse da ‘nova’ Lanceiros Negros para análise de pedidos de mediação

Luís Eduardo Gomes – Sul21

Venceu nesta quarta-feira (12) o prazo de cinco dias concedido pela juíza Luciane Marcon Tomazelli para que as cerca de 150 famílias da ocupação Lanceiros Negros Vivem deixassem voluntariamente o prédio do antigo Hotel Açores, no Centro de Porto Alegre. No entanto, após ser interpelada pelos proprietários do imóvel para que emitisse o mandado de reintegração de posse e a desocupação compulsória do local, a juíza decidiu nesta quinta (13) dar prazo para que a parte autora e o Ministério Público analisassem os pedidos feitos pela Defensoria Pública do RS e pelo Conselho Estadual de Direitos Humanos para que seja realizada uma audiência de mediação com as famílias, muitas delas alvos de violenta reintegração de posse, em 14 de junho, da antiga ocupação Lanceiros Negros em um prédio pertencente ao governo do Estado, também no Centro. A juíza só irá decidir se autoriza ou não a reintegração após a análise dessas manifestações. (mais…)

Ler Mais

Ocupação Lanceiros Negros renasce em hotel desativado no Centro

Por Luís Eduardo Gomes, no Sul21

Pouco antes de completar três semanas da reintegração de posse do prédio do governo do Estado que ocupavam na esquina das ruas General Câmara e Andrade Neves, no Centro de Porto Alegre, ex-moradores da Lanceiros Negros ocuparam na madrugada desta terça-feira (4) o prédio do antigo hotel Açores, localizado na Rua dos Andradas. De acordo com o Movimento de Lutas nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), 150 famílias ligados ao movimento estão no prédio. (mais…)

Ler Mais

O Direito à Vida: Moradores Comemoram a Favela e Lutam por Seus Direitos

Brian McNamara – RioOnWatch

O Rio de Janeiro é conhecido mundialmente por belos bairros à beira-mar, como Copacabana, e a impressionante estátua do Cristo Redentor, mas para além das vistas panorâmicas da borda sul da cidade, existe uma realidade contrastante que também, é maravilhosa. Dispersas pelo Rio estão mais de 1000 favelas, que ocupam um papel crucial como a espinha dorsal da economia do Rio e a alma da cultura carioca. Habitada por mais de um quinto da população da cidade, essas comunidades são o lar de uma grande parte da classe trabalhadora do Rio. Nas palavras de Claudia Rose, moradora da Maré, na Zona Norte do Rio, “se todas as nossas favelas não trabalharem um dia, a cidade para”. Além disso, esses bairros coesos têm moldado a cidade por mais de cem anos através de expressões culturais como música, dança e grafite, criando a vibrante cidade que existe hoje. No entanto, apesar de fornecer a essência econômica e cultural que sustenta o Rio por gerações, as favelas têm sido constantemente marginalizadas da cidade formal, tanto por outros grupos da sociedade carioca quanto nas políticas governamentais excludentes. Como resultado, os moradores das favelas formaram uma cultura de resistência para superar preconceitos e a repressão sistemática. (mais…)

Ler Mais

Vida após a remoção: A luta de Heloisa Helena contra a discriminação racial e religiosa

Em 24 de fevereiro de 2016, a Prefeitura do Rio demoliu a casa de Heloisa Helena Costa Berto, uma das últimas a ser destruída na Vila Autódromo, ao lado do Parque Olímpico. Depois de mais de um ano, o RioOnWatch procurou Heloisa Helena para saber a respeito de sua vida após a remoção, suas reflexões sobre a Cidade Olímpica e sua luta atual para aumentar a consciência negra diante da discriminação religiosa e racial generalizada no Brasil.

Por Cerianne Robertson, no Rio On Watch (mais…)

Ler Mais