Na saída para o carnaval, Alckmin dá isenção de ICMS para ‘doadores’ de Doria

Em decreto assinado pelo tucano, laboratórios terão isenção em 165 medicamentos perto do fim da validade, que seriam recolhidos para incineração, mas que serão ‘doados’ aos usuários das UBSs

Por Cida de Oliveira, na RBA

São Paulo – O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), publicou hoje (24), no Diário Oficial, decreto de isenção do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para 165 medicamentos “doados” por empresas farmacêuticas ao programa Remédio Mais Rápido do prefeito da capital, João Doria (PSDB).  (mais…)

Ler Mais

PMDB troca secretário e Saúde Indígena segue loteada

Antigo titular ficou no cargo menos de um ano e foi exonerado quatro dias após criar grupo para discutir mudanças

Por Victor Pires, Letícia Leite e Oswaldo Braga de Souza, do ISA

A Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) tem novo secretário. Marco Antônio Toccolini foi nomeado, terça (21/02), no lugar de Rodrigo Rodrigues. A indicação partiu do PMDB da Câmara, mais especificamente dos deputados federais Hildo Rocha (MA) e do líder da bancada, Baleia Rossi (SP). (mais…)

Ler Mais

Posseiros contrariam Justiça Federal, mantêm posses ilegais e elevam tensão na TI Pankararu

Por Renato Santana, Cimi

 

A crise que se arrasta há 30 anos na Terra Indígena Pankararu, sertão de Pernambuco, ultrapassou todos os limites. Posseiros que ocupam 20% do território tradicional, desrespeitando decisão judicial de desintrusão há décadas, têm impedido o povo de acessar um posto do Programa Saúde da Família, no município de Jatobá. “A Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) aparelhou o local para atender a população indígena. Como teve recursos da Prefeitura, os posseiros dizem que é só para atender quem não é índio”, explica Sarapó Pankararu. (mais…)

Ler Mais

Nota de Repúdio ao Parecer CFM 3/17, que libera informações confidenciais sobre paciente de médico do trabalho para empregador

O Fórum Nacional das Centrais Sindicais em Saúde do Trabalhador, juntamente com os movimentos sociais, ONGs e órgãos e associações convidadas e atuantes na defesa da segurança e saúde do trabalhador e trabalhadora, em reunião nesta data, vêm, publicamente, manifestar sua indignação com a decisão do Conselho Federal de Medicina (CFM), que editou o Parecer 3/17 (publicado em 13 de fevereiro de 2017), alterando o Parecer 13/2016, e repudiar a iniciativa do CFM pelas razões expostas a seguir: (mais…)

Ler Mais

A Política de Saúde para População Negra avança em passos lentos e o racismo acelerando as mortes

Emanuelle Goes para a Revista Afirmativa

Depois de 10 anos da aprovação da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra –PNSIPN – no Conselho Nacional de Saúde e de 20 anos em que o quesito cor foi introduzido nos Sistemas de Informação de Mortalidade, de Nascidos Vivos e de Notificação de Agravos, o preenchimento do quesito cor torna-se obrigatório nos sistemas de informação em saúde no âmbito do SUS. (mais…)

Ler Mais

O desafio da saúde mental nas favelas do Rio

Alix Vadot – RioOnWatch

Problemas psicológicos, sem tratamento, podem causar impactos graves que ultrapassam a saúde mental básica. Mesmo uma ansiedade mínima pode levar a um acúmulo do hormônio de estresse conhecido como cortisol, que pode levar a um estado físico deteriorado. Nas áreas desfavorecidas, como em algumas favelas, o estresse enfrentado pelos moradores diariamente pode ser extremamente alto. Uma medida elevada deste estresse, chamada carga alostática, está relacionada à diminuição da capacidade de auto regulação, de fazer planos, e da memória operacional. De acordo com Martha J. Farah, que estudou os efeitos psico-fisiológicos de viver na pobreza nos EUA, há uma forte correlação negativa entre viver anos na miséria e o funcionamento cognitivo do cérebro. (mais…)

Ler Mais

O difícil impasse para a efetivação do Subsistema de Saúde Indígena no Brasil

Paulo Daniel, Boa Vista, 06/02/2017.

A principal dificuldade para a viabilização do Subsistema Especial de Atenção à Saúde Indígena no Brasil que se arrasta desde a sua criação no ano de 1999 diz respeito à forma de contratação dos Recursos Humanos para o desenvolvimento das ações de assistência à saúde nas comunidades. Tanto a criação dos Distritos Sanitários ESPECIAIS Indígenas em 1999, como da Secretaria ESPECIAL de Saúde Indígena em 2010, foram fundamentadas no caráter EXCEPCIONAL que caracteriza a assistência à saúde das populações indígenas no país. A modalidade de contratação de recursos humanos adotada desde o início e até hoje, por meio de convênios com organizações da sociedade civil, não é a mais adequada, sendo objeto de um Termo de Conciliação Judicial (TCJ) assinado há vários anos que obriga o governo federal a adotar uma nova forma de contratação para a prestação deste serviço. (mais…)

Ler Mais

Pobreza encurta a vida mais que obesidade, álcool e hipertensão

Estudo critica a OMS por não incluir a desigualdade como fator ser combatido

Por Javier Salas, no El País Brasil

A evidência científica é robusta: a pobreza e a desigualdade social prejudicam seriamente a saúde. No entanto, as autoridades de saúde não dão a esses fatores sociais a mesma atenção que dedicam a outros quando tentam melhorar a saúde dos cidadãos. Um estudo sobre 1,7 milhão de pessoas, publicado pela revista médica The Lancet, traz de volta esse problema negligenciado: a pobreza encurta a vida quase tanto quanto o sedentarismo e muito mais do que a obesidade, a hipertensão e o consumo excessivo de álcool. O estudo é uma crítica às políticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), que não incluiu em sua agenda este fator determinante da saúde — tão importante ou mais do que outros que fazem parte de seus objetivos e recomendações. (mais…)

Ler Mais

Ministério da Saúde ignora índices de tuberculose, e tratamento da doença está ameaçado

Por Juliana Gonçalves, no The Intercept Brasil

Enquanto o Brasil concentra sua atenção para os casos de dengue, zika, chikungunya e febre amarela, uma enfermidade antiga é negligenciada pelo Ministério da Saúde. Os indicadores da tuberculose, que atinge 70 mil pessoas por ano no país, foram retirados da listagem de atendimentos monitorados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) sem justificativas. (mais…)

Ler Mais

Revista Trabalho, Educação e Saúde lança primeiro número de 2017 e se posiciona sobre MP 746 e PEC 55

“Em sua primeira edição do ano, Trabalho, Educação e Saúde se posiciona sobre a “MP do Nível Médio” e aborda o adoecimento em saúde mental em territórios marcados pela violência, o crescimento do agronegócio e o aumento da intoxicação por agrotóxicos e uma análise sobre a evolução das equipes de saúde da família em tempos de Programa Mais Médicos. Traz ainda temas como a educação profissional técnica de nível médio em saúde na rede federal de educação, política de desprecarização do trabalho em saúde, produção do conhecimento sobre educação permanente, representação em conselhos tutelares e direito humano à alimentação. [Veja o Sumário abaixo] (mais…)

Ler Mais