Chacina em MT lembra que Brasil é bom em cultivar assassinatos no campo, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Nove pessoas foram assassinadas em uma área próxima a um assentamento em Colniza (MT), município que faz divisa com os Estados do Amazonas e Rondônia, localizado no bioma amazônico. O crime ocorreu na quarta (19), de acordo com a perícia. Dois foram mortos a facadas e sete com tiros de calibre 12 por pessoas encapuzadas, de acordo com sobreviventes. (mais…)

Ler Mais

Petição tenta pressionar AL MT a manter parque ambiental em área “invadida” por ministro

Por  Lucas Bólico, no Olhar Direto

Uma petição espera reunir 100 mil assinaturas para pressionar os deputados estaduais de Mato Grosso a não extinguirem o Parque Serra Ricardo Franco, criado em 1997 na região de Vila Bela da Santíssima Trindade (562 km de Cuiabá), na divisa com a Bolívia.

O local está ocupado por mais de 150 fazendas, que segundo o Ministério Público, desmataram a região. Um dos proprietários de terra é o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que será diretamente beneficiado com a extinção do parque. De acordo com o MP, Padilha invadiu a área após a criação da estrutura de proteção ambiental.  (mais…)

Ler Mais

Nove assassinados em área rural de MT apresentam sinais de tortura, diz perícia

Grupo encapuzado atacou área rural de Colniza e matou nove trabalhadores, diz polícia. Algumas vítimas foram amarradas, segundo os peritos.

Por Lislaine dos Anjos, no G1 MT

Os corpos dos nove trabalhadores rurais assassinados na área de Taquaruçu do Norte, a mais de 350 km da zona urbana de Colniza, município a 1.065 km de Cuiabá, apresentam sinais de tortura, segundo os técnicos da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) que realizaram os exames de necropsia neste sábado (22).

(mais…)

Ler Mais

Massacre deixa pelo menos 10 mortos na área rural de Colniza (MT)

CPT

Segundo informações preliminares, pelo menos 10 pessoas foram mortas no fim da manhã desta quinta-feira (20), na Gleba Taquaruçu do Norte, localizada na área rural do município de Colniza (1.065 quilômetros de Cuiabá). O massacre acontece na semana do 17 de abril, quando é lembrado o massacre de Eldorado dos Carajás (PA), que vitimou 19 trabalhadores sem terra. (mais…)

Ler Mais

Ministro da Justiça demite presidente da Funai por não nomear indicações do PSC

Serraglio decide demitir Antônio Costa por não ter atendido a pedido do líder do governo no Congresso, André Moura, para nomear 25 pessoas de sua confiança na Fundação Nacional do Índio. Pressão também foi feita por deputado peemedebista

Por Leonel Rocha, no Congresso em Foco

Com o aval do presidente Michel Temer (PMDB), o ministro da Justiça, Osmar Serraglio (PMDB), decidiu demitir o presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Antônio Fernandes Toninho Costa, e substituí-lo por um representante da bancada ruralista no Legislativo. A demissão foi exigida pelo líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), porque o presidente da entidade responsável pela gestão das terras indígenas não aceitou nomear 25 pessoas indicadas por ele desde que a nova direção da Funai tomou posse.

(mais…)

Ler Mais

Quem está parado no tempo? – O velho discurso integracionista do novo presidente da FUNAI

Por Christian Crevels* – Esquerda Online

Em entrevista publicada pela BBC Brasil, o atual presidente da FUNAI, Antônio Costa, diz que não vê como indígenas “possam ficar parados no tempo, vendo ao seu redor a produção dos não índios crescendo, sem que eles tenham condições de produzir”, e argumenta que devem ser inseridos no “sistema produtivo, na cadeia produtiva”. Costa foi nomeado pelo presidente ilegítimo Michel Temer em janeiro deste ano. Já trabalhou pela Missão Evangélica Caioá e possui relações com o Partido Social Cristão. Seu discurso, por sua vez, não é nada novo. (mais…)

Ler Mais

Na era Temer, todo o poder aos ruralistas

O agronegócio procura interferir na demarcação de terras e esvaziar cada vez mais a Funai

por Renan Truffi* — CartaCapital

Em janeiro, quando Alexandre de Moraes ainda estava à frente do Ministério da Justiça, a pasta publicou uma portaria a determinar a criação de um grupo chamado a analisar todos os processos administrativos da Fundação Nacional do Índio, a Funai. Oficialmente, o principal objetivo era “fornecer subsídios para a decisão do ministro sobre demarcações de terras indígenas”. (mais…)

Ler Mais

Violações e conflitos no campo batem triste recorde, segundo relatório da CPT

Cimi

Em 2016 foram registrados 1295 casos de conflitos por terra no Brasil, sendo 61 assassinatos, crescimento de 22% comparado ao número de homicídios do ano anterior. Estima-se uma média de quatro ocorrências por dia. Foram registradas 74 tentativas de homicídio, 200 ameaças de morte, 571 agressões e 228 prisões. Somam-se aos dados, 172 conflitos pela água e 69 violações trabalhistas, contabilizando 1536 ocorrências de conflito. Os dados presentes no relatório Conflitos no Campo Brasil 2016, organizado pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), apontam recorde de violações no campo, número mais elevado desde quando a CPT iniciou a pesquisa, em 1985. O estudo foi divulgado hoje (17) na Conferência dos Bispos do Brasil, em Brasília. (mais…)

Ler Mais