Massacre de Pau D’Arco completa um mês sem que o Estado apresente respostas

Por Mauro Capagnani, na Justiça Global

Familiares e companheiros de luta dos dez trabalhadores rurais mortos pelas polícias militar e civil em Pau D’arco (PA) cobram do Estado respostas sobre o massacre, o maior dos últimos 21 anos no país. Amanhã (hoje), quando se completa um mês do crime, eles estarão nas ruas de Redenção – cidade que é o principal centro do Sul do Pará – em um ato em memória das vítimas. A intenção é exigir do Estado mais celeridade, tanto nas investigações e na responsabilização dos culpados, como no processo de assentamento das famílias na Fazenda Santa Lúcia, onde ocorreram os assassinatos, e na reparação aos familiares. O protesto começará à 8 horas da manhã, saindo de frente do batalhão da Polícia Militar em Redenção. (mais…)

Ler Mais

PFDC pede explicações ao Incra sobre situação da propriedade rural Fazendinha, alvo de conflito por terras no Pará

A Justiça já determinou a reintegração de posse do imóvel, localizado em Curianópolis (PA). As terras são públicas e estão sendo alvo de disputa armada

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, pediu ao presidente do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), Leonardo Góes, esclarecimentos sobre o cumprimento da reintegração de posse da fazenda Fazendinha, localizada no município de Curionópolis, no Pará.

(mais…)

Ler Mais

Famílias reocupam área pública no Pará

No último dia 19, as famílias que produzem na terra reocuparam o local onde fica o Acampamento Frei Henri

Da Página do MST

O MST no estado do Pará emitiu na tarde desta quarta-feira (21) uma nota contextualizando o conflito por terras na região de Curionópolis. No último dia 19, as famílias que produzem nas terras reocuparam o local onde fica o Acampamento Frei Henri. (mais…)

Ler Mais

Após 21 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás, organizações do campo se unem em Belém contra violência

São 18 mortes em 2017 somente no Pará

Da Página do MST

Movimentos Camponeses realizaram o seminário nacional pela democracia e contra a violência no Campo, em Belém do Pará. O evento marca a retomada conjunta da unidade das lutas das organizações do campo no estado, após 21 anos do Massacre de Eldorado. (mais…)

Ler Mais

Trabalhadores rurais voltam a ocupar área onde ocorreu o Massacre de Pau D’Arco

Desde terça-feira (13/06), os trabalhadores voltaram ao local do crime, onde constroem acampamento para continuar a luta dos que se foram. A tristeza ainda surge rapidamente ao falar sobre o que ocorreu, mas não paralisa as enxadas e facões, que cavam buracos, cortam madeiras e começam a erguer as casas de lona na qual ficarão até conseguirem a garantia de seus direitos

Justiça Global / CPT (mais…)

Ler Mais

Aqui a terra treme

Riqueza, pobreza e violência nas terras de Carajás

Por Jorge Neri
Do MST/MAM

No dia 19 de junho, na capital do estado do Pará, Belém, movimentos sociais, organizações políticas, sindicais e populares realizam um Ato pela Democracia e Contra a Violência no Campo, motivados pelo preocupante aumento de assassinatos contra camponeses e suas lideranças no estado. Cerca de 37 só este ano. (mais…)

Ler Mais

Polícia divulga laudos de ação que deixou 10 mortos em Pau D’Arco (PA)

Por Yara Aquino – Repórter da Agência Brasil

Os primeiros laudos periciais na Fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco (PA), onde 10 pessoas que ocupavam a terra morreram em maio, durante uma ação policial, foram divulgados esta semana pelo Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. O exame de balística, apontado como fundamental para a investigação, ainda não ficou pronto. (mais…)

Ler Mais