Massacre de Pau D’Arco: lista de marcados para morrer leva organizações a pedir intervenção e proteção federal na região

Na Terra de Direitos

As ameaças de morte aos trabalhadores rurais e parentes das vítimas do Massacre de Pau D’Arco vêm se intensificando no Sul do Pará. Na última sexta-feira, a primeira se concretizou com o assassinato de Rosenildo Pereira da Silva, liderança do acampamento da Fazenda Santa Lúcia, palco da chacina. Há informações, inclusive, de diversos nomes que estão em uma lista de marcados para morrer. Sabendo da situação de grande vulnerabilidade dessas pessoas, a Comissão Pastoral da Terra (CPT), a Justiça Global e a Terra de Direitos já oficiaram o Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) para que solicite ao governo federal a inclusão delas no Programa de Proteção aos Defensores de Direitos Humanos (PPDDH), assim como a utilização da Polícia Federal para garantir a segurança do acampamento e dos ameaçados, uma vez que a Polícia Militar do Pará está diretamente envolvida no massacre. (mais…)

Ler Mais

Pará: depoimentos indicam que polícia agia em associação com fazendeiros

Atenção: a matéria completa e com os devidos créditos de autoria foi por nós republicada assim que tivemos acesso a ela, no dia 14 de julho, e pode ser lida AQUI

***

Do UOL, na Amazônia

Novo depoimento fortalece suspeita de que policiais civis trabalhavam em associação com os seguranças da fazenda Santa Lúcia, onde houve a chacina de dez trabalhadores rurais sem-terra no Pará. Eles foram assassinados durante operação das polícias Civil e Militar no dia 24 de maio em Pau D’Arco. Foi a maior chacina no campo dos últimos 20 anos. (mais…)

Ler Mais

Justiça manda prender 13 policiais por massacre de sem-terra no Pará

Por Carlos Madeiro, Colaboração para o UOL

A Justiça do Pará acolheu pedido do Ministério Público Estadual e determinou a prisão temporária, nesta segunda-feira (10), de 11 policiais militares que atuaram durante o massacre de dez trabalhadores rurais no município de Pau D’Arco, no dia 24 de maio. Dois policiais civis também tiveram o pedido de prisão decretado. (mais…)

Ler Mais

Produção agroecológica se expande no sul de Minas Gerais

Cana, feijão e milho são destaques da produção deste ano em acampamento e assentamentos do MST

Por Camila Maciel, Brasil de Fato

Em 2014 eram 12 famílias certificadas como produtoras orgânicas no Sul de Minas Gerais. Passados quatro anos, já são 36 famílias ligadas ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) que produzem de forma agroecológica nessa região do estado.  (mais…)

Ler Mais

Camponeses Sem Terra chegam a capital paranaense para reunião com Incra

A pauta é de negociação com o Superintendente Edson Wagner de Sousa Barroso

Por Comunicação MST/PR
Da Página do MST

Na manhã desta segunda-feira (10), cerca de 100 pessoas de acampamentos e assentamentos do Movimento Sem Terra do Paraná, chegaram ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na capital paranaense, para uma pauta de negociação com o Superintendente Edson Wagner de Sousa Barroso. (mais…)

Ler Mais

Fungo inalado com a poeira causa grave doença em trabalhadores rurais

José Tadeu Arantes – Agência FAPESP

Com nome difícil de pronunciar e praticamente ausente do noticiário, a paracoccidioidomicose é uma doença endêmica grave que afeta um a três de cada 100 mil habitantes do Brasil – em especial trabalhadores rurais. O contágio ocorre quando, ao revolverem a terra na lida do campo, as pessoas inalam o aerossol formado pela poeira e outros componentes do solo, entre eles, os fungos do gênero Paracoccidioides. (mais…)

Ler Mais

Governo Temer paralisa reforma agrária no Paraná

Cortes orçamentários, suspensão de programas de financiamento e alterações na legislação marcam a gestão Temer no Brasil

Por Carolina Goetten*
Do Brasil de Fato / MST

Cortes orçamentários, suspensão de programas de financiamento e alterações na legislação marcam a gestão Temer no Brasil. Segundo dados disponíveis no Portal da Transparência, cerca de R$ 122 milhões foram destinados à questão da terra em 2016, contra R$ 460 milhões no ano anterior. A postura do Governo Federal também se revela na Medida Provisória da regularização fundiária – MP759 –, que retornou à Câmara, no último dia 21, para votação dos deputados. O projeto preocupa movimentos sociais e trabalhadores do campo, que acusam a MP de destruir mecanismos estruturados há décadas no Brasil na perspectiva de construir a reforma agrária. (mais…)

Ler Mais

Pau D’Arco: Líder de ocupação em palco de massacre de sem-terra no PA é assassinado

Por Carlos Madeiro, no UOL

Pouco mais de 40 dias após o massacre que vitimou 10 trabalhadores rurais em ação da polícia, na Fazenda Santa Lúcia, no município de Pau D’Arco (PA), um líder camponês do acampamento palco da chacina foi assassinado a tiros na noite dessa sexta-feira (7). A informação é do advogado da CPT (Comissão Pastoral da Terra) na região, José Batista, e foi confirmada por entidades que apoiam o acampamento. (mais…)

Ler Mais

Chacina de Pau D’Arco, no Pará, não pode ficar impune, dizem ativistas

Por Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil

A morte de dez camponeses, dia 24 de maio deste ano, em uma operação policial em Pau D’Arco, no Pará, não pode cair no esquecimento nem ficar impune. O pedido foi feito por lideranças sociais que acompanham o caso e parentes das vítimas, durante ato público na noite desta quarta-feira (5), na sede regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), no Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais