No RN, MST ocupa fórum de Itaipu para denunciar a criminalização das lutas populares

O acampamento João Pedro Teixeira, está localizado na mesma região, em que há menos de quinze dias, aconteceram outras duas reintegrações arbitrárias contra dois acampamentos

Da Página do MST 

Na manhã dessa segunda-feira (4), cerca de 300 Sem Terras, ocuparam o Fórum do Poder Judiciário do Município de Itaípu, no Rio Grande do Norte, com o objetivo de denunciar o processo de criminalização ao Movimento que, nos últimos meses, tem avançado no formato de uma ofensiva que tenta desarticular os acampamentos com reintegrações de posse arbitrárias e perseguição a militância Sem Terra. (mais…)

Ler Mais

Massacre de Pau D’Arco – Laudo da PF constata o óbvio, foi crime de Estado

Na última segunda (28), o que já estava evidente no caso do Massacre de Pau D’Arco foi sacramentado, com a apresentação do laudo da Polícia Federal, que não deixa dúvidas, foi um crime de Estado.

Por Justiça Global, na CPT

A morte de trabalhadores rurais, por si só, é um ato de violência que atinge não apenas as vítimas diretas, mas também familiares, amigos, companheiros de luta, defensoras e defensores de direitos humanos. A situação, porém, consegue se agravar na região da Amazônia legal, local que possui enormes índices de violência e criminalização, inclusive diversas situações de chacinas e prisões em massa nos últimos meses. (mais…)

Ler Mais

Acampamento no Tocantins é atacado por pistoleiros

Mulheres e idosos sofreram torturas e espancamentos

Por MST/TO
Da Página do MST

Mais de 50 famílias do acampamento Clodomir Santos, municípios de Ipueiras e Brejinho de Nazaré, no Tocantins, vêm sofrendo há vários dias ameaças de mortes, ataques. Os trabalhadores tiveram seus barracos e pertences queimados por ação violenta de pistoleiros a mando de fazendeiros que se dizem proprietários da área ocupada e em conflito. (mais…)

Ler Mais

Nota Pública: Tortura e cárcere privado praticado por família de fazendeiro em Nova Guarita (MT)

Mais uma chacina anunciada em Mato Grosso – Tortura e cárcere privado praticado por família de fazendeiro em Nova Guarita

Na CPT

O Fórum de Direitos Humanos e da Terra de Mato Grosso e a Comissão Pastoral da Terra – CPT-MT, vem a público, mais uma vez, denunciar as graves violências sofridas pelas famílias do Assentamento Raimundo Viera III (Lote 10) – Gleba Gama, situado no município de Nova Guarita- MT. (mais…)

Ler Mais

Incra quer destinar área de chacina no Pará à Reforma Agrária

A chacina ocorreu em maio durante uma ação policial de reintegração de posse em um acampamento na Fazenda Santa Lúcia. De acordo com o Ouvidor, a aquisição esbarra nas condições impostas pelos proprietários

Da Agência Pulsar / MST

O Incra tenta adquirir propriedade no município paraense de Pau D’Arco onde 10 trabalhadores rurais foram assassinados. A área seria destinada para projeto de assentamento da Reforma Agrária. A informação é do Ouvidor Agrário Nacional, Jorge Tadeu Jatobá. (mais…)

Ler Mais

No RN, Sem Terra denunciam violência no campo e são reprimidos pela polícia

Com diversas violações legais e de direitos humanos, a Tropa de Choque, indiscriminadamente, atacou homens, mulheres, idosos e crianças

Da Página do MST

Na manhã desta terça-feira (22), o MST no Rio Grande do Norte trancou as BR 406 – na altura de São Gonçalo do Amarante e no trecho que liga Ceará Mirim a Natal – e a BR 101, na altura de Muriú. Os manifestantes foram reprimidos em ação de desocupação das rodovias pela Tropa de Choque, com violência, balas de fogo e borracha, bombas de gás e uma série de agressões. (mais…)

Ler Mais

Feira livre da agricultura familiar é criada em Itupiranga (PA)

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itupiranga criou neste final de semana a Feira Livre da Agricultura Familiar no município. A criação se deu em um evento no sábado, dia 19, na sede da entidade em comemoração aos 40 anos da entidade, atualmente presidido por Francisco Pereira da Cunha, o Chico Laranjeiras

Correio de Carajás / CPT

Além do prefeito do município, José Millesi, participaram do ato o presidente da Câmara de Vereadores, Isaias Alves, ambos do PMDB, o secretário de agricultura do município, Wílhiam Gonçalves e lideranças de movimentos sociais. Em entrevista, Chico Laranjeiras afirmou que a feira livre será exclusiva para o agricultor, onde todos os trabalhadores rurais poderão vender comercializar os produtos sem arrecadar taxas. (mais…)

Ler Mais

Na Justiça do Pará, dano patrimonial pesa mais que morte de sem terra

Há dez meses, 22 camponeses estão presos por depredar uma fazenda. Os policiais envolvidos na chacina de Pau D’Arco estão soltos

Rodrigo Martins – Carta Capital / CPT

Palco de um dos maiores massacres campesinos da história do Brasil, Eldorado do Carajás, no Sul do Pará, terá outro emblemático julgamento, desta vez com os sem-terra no banco dos réus. Em 29 de outubro do ano passado, 22 trabalhadores rurais foram presos durante a ocupação da Fazenda Serra Norte, reivindicada para a reforma agrária. (mais…)

Ler Mais

MST denuncia a criminalização na luta pela terra em São Paulo

Tais ações acarretam na decretação de prisões preventivas arbitrárias contra agricultores e lideranças sociais, em virtude da luta desempenhada para que as terras que não cumprem sua função social sejam destinadas à Reforma Agrária.

Na Página do MST 

Diante da intensa repressão e criminalização que os movimentos populares vês sofrendo no último período, a resistência se transforma de pólo protetor fundamental para seguirmos em luta, diante disso o MST lança uma nota para mais uma vez denunciar as arbitrariedades desferidas contras aqueles que lutam pela Reforma agrária.  (mais…)

Ler Mais

MST denuncia a criminalização na luta pela terra em São Paulo

Ações acarretam na decretação de prisões preventivas arbitrárias contra agricultores e lideranças sociais, em virtude da luta desempenhada para que as terras que não cumprem sua função social sejam destinadas à Reforma Agrária

Da Página do MST 

Diante da intensa repressão e criminalização que os movimentos populares vêm sofrendo no último período, a resistência se transforma de pólo protetor fundamental para seguirmos em luta, diante disso o MST lança uma nota para mais uma vez denunciar as arbitrariedades desferidas contras aqueles que lutam pela Reforma agrária.  (mais…)

Ler Mais