Posts tagged: transposição do São Francisco

Transposição do rio São Francisco: Na Contramão da Transposição

Fotos: Mano de Carvalho

Fotos: Mano de Carvalho

A Pública – Na Paraíba, as águas limpas da transposição do rio São Francisco vão se misturar a águas poluídas por esgotos sem tratamento de diversos municípios

Por Marcia Dementshuk

Definidas as últimas licitações para a execução das obras da transposição do rio São Francisco, redimensionados os prazos de conclusão, restabelecidas as metas e retomado o andamento, a obra avança inexoravelmente. Na contramão da construção, porém, alguns obstáculos terão de ser superados para o aproveitamento dessa água – que já está saindo cara.

O pesquisador e doutor em Recursos Naturais, Augusto Silva Neto, do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), ressalta três pontos essenciais que devem ser resolvidos pelos estados receptores para o aproveitamento adequado das águas do São Francisco pela população: o esgotamento sanitário nas cidades ao longo dos leitos dos rios e reservatórios, a educação ambiental da população que mora nas áreas rurais e, no caso do rio Paraíba, o controle na extração mecanizada de areia no leito do rio para uso na construção civil, que traz grandes problemas ambientais. “É necessária uma ação conjunta da população, dos empresários, dos agricultores e também dos governos… De todos que irão se beneficiar com a chegada desse precioso recurso hídrico”, destaca Augusto Neto. Continue lendo… 'Transposição do rio São Francisco: Na Contramão da Transposição'»

Transposição do rio São Francisco: Uma viagem ao canteiro de obras

Fotos: Mano de Carvalho

Fotos: Mano de Carvalho

Entenda como está sendo construído o maior empreendimento de infraestrutura hídrica do Brasil

Por Marcia Dementshuk, A Pública

O Projeto de Integração do Rio São Francisco terá aproximadamente 620 quilômetros de extensão (quase a distância entre Recife e Salvador), com construções que chegam a ter a altura de um edifício de mais de 10 andares, pontes, passarelas, estações de bombeamento, de controle, túneis, aquedutos, canais, barragens e reservatórios. De acordo com o Ministério da Integração, 8,7 mil trabalhadores atuam em 113 frentes de serviço, onde operam quase duas mil máquinas, e está prevista a contratação de mais mil novos postos de trabalho até março de 2014.

Conforme o Ministério, no segundo semestre de 2014 a obra já terá água em alguns trechos de canais.

Para o início da construção, em 2007, a obra foi dividida em 14 lotes, mais dois canais de aproximação – concluídos pelo Exército Brasileiro. Havia nada menos que 80 empresas envolvidas nas atividades de engenharia civil, eletromecânica, ambiental, gerenciamento e supervisão, segundo informações do Ministério da Integração – o que provocava inúmeros problemas de gerenciamento. Continue lendo… 'Transposição do rio São Francisco: Uma viagem ao canteiro de obras'»

Transposição do rio São Francisco: via de mão única

Abastecimento de água potável para a população em Rio da Barra (PE), por onde passam os canais da transposição, ocorre duas vezes por semana (Fotos: Mano de Carvalho)

Abastecimento de água potável para a população em Rio da Barra (PE), por onde passam os canais da transposição, ocorre duas vezes por semana (Fotos: Mano de Carvalho)

Na primeira matéria do projeto Reportagem Pública, a repórter viaja ao Eixo Leste – e mostra como a população está sendo afetada pelas obras

Por Marcia Dementshuk

“Sem dúvida, com a transposição do rio São Francisco será oferecida segurança hídrica para o Nordeste”, garantiu o diretor-presidente da Agência Nacional das Águas (ANA), Vicente Andreu Guillo, durante nossa entrevista. A aposta do governo federal é alta: o orçamento atual da transposição é de R$ 8.158.024.630,97 (o dobro do previsto inicialmente), financiados pelo Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC I e II). Trata-se do maior empreendimento de infraestrutura hídrica já construído no Brasil, que mudará para sempre a cara da região.

Menos de 5% das reservas hídricas do país estão no Nordeste do país, que detém entre 12% e 16% das reservas de água doce no planeta. O clima semiárido, seco, quente e com poucas chuvas domina o sertão, território com mais de 22,5 milhões de habitantes (Censo IBGE/2010). Continue lendo… 'Transposição do rio São Francisco: via de mão única'»

Protesto em defesa do Velho Chico marca a procissão do Bom Jesus dos Navegantes em Penedo

DSC_0564-660x330

Conexão Penedo – Um movimento denominado S.O.S São Francisco e organizado por ribeirinhos chamou a atenção da imprensa em geral, das autoridades presentes ao evento e das pessoas que se encontravam na rampa que dá acesso ao porto das balsas, embarcações responsáveis em levar a imagem do santo e os fieis para a procissão fluvial.

Munidos de cartazes e faixas e de uma consciência ambiental, os manifestantes se concentraram e fizeram ver a importância do rio da unidade nacional para a realização da festa, mas principalmente para a subsistência do povo que reside às margens do Velho Chico. Inclusive foi montada na festa um stand com jovens do movimento católico, principalmente da JUFRA – Juventude Francisca – a fim de despertar a atenção dos visitantes para a necessidade da preservação do rio São Francisco. Continue lendo… 'Protesto em defesa do Velho Chico marca a procissão do Bom Jesus dos Navegantes em Penedo'»

Indígenas brasileiros convivem mal com as águas represadas

Cacique xokó Lucimário Apolônio Lima (Mario Osava/IPS)

Cacique xokó Lucimário Apolônio Lima (Mario Osava/IPS)

O cacique xokó Lucimário Apolônio Lima busca novas formas de sustento para seu povo, depois que a represa de Itaparica cortou suas atividades dependentes das águas do rio São Francisco

Por Mario Osava, da IPS, nEnvolverde

A hidrelétrica de Itaparica ocupou território dos indígenas Pankararu, mas enquanto outros foram compensados, a eles coube apenas perder suas terras e o acesso ao rio São Francisco, queixam-se líderes desse povo do Nordeste do Brasil. “Já não comemos pescado como antes, mas o maior dano foi a perda da cascata sagrada, onde realizávamos nossos ritos religiosos”, lamentou à IPS o cacique José Auto dos Santos.

Quase 200 quilômetros rio abaixo, a comunidade indígena Xokó sofre a diminuição de água, contida acima por grandes represas que suprimiram as cheias estacionais e regulares do São Francisco, inviabilizando os arrozais de aluvião e reduzindo drasticamente a pesca. Efeitos semelhantes são temidos no rio Xingu, na Amazônia, onde a construção da central de Belo Monte desviará parte das águas do trecho conhecido como Volta Grande, o que afetará os povos Juruna e Arara. Continue lendo… 'Indígenas brasileiros convivem mal com as águas represadas'»

A canoa de tolda faz parte da história do Velho Chico e do Brasil

canoa de toldaCanoa de tolda; uma lembrança viva para quem viu, um exemplar para vê agora

Correio do Povo de Alagoas

Ao passar pela orla de Penedo deparei-me com uma cena que há décadas Penedo não mostra mais. A presença de uma canoa de tolda ancorada no resto de leito do Velho Chico, nas imediações Rodoviária da cidade.

A minha memoria ainda fértil das lembranças de uma conversa que mantive com Murilo Resende, oriundo da fazenda Intans, pertencente ao Curral das Pedras, município de Gararu que nos relatava no ano comemorativo dos 500 anos do rio São Francisco.

Com a propriedade de quem viveu nos tempos da canoa de tolda, Murilo puxou pela memória que lhe fazia encher os olhos de lágrimas o que passo a narrar. Continue lendo… 'A canoa de tolda faz parte da história do Velho Chico e do Brasil'»

Ribeirinhos realizarão velório para o Velho Chico dia 5, na festa de Bom Jesus dos Navegantes

Velório Velho Chico

População neopolitana se mobiliza via rede social para ir de preto à procissão do Bom Jesus dos Navegantes

Neópolis, como eu vejo

Em 1825, o padre missionário Francisco Correia profetizou: “haverá um dia em que o Rio São Francisco será atravessado a vara em alguns trechos e serão feitos poços em seu leito. Mais de um século após, as imagens que o povo residente no baixo São Francisco tem assistido coincide com a profecia do religioso.

Entre Penedo e Neópolis, município sergipano que faz divisa com o estado alagoano, a rotina dos balseiros e navegantes das lanchas é desviar dos enormes bancos de areia que se formam em meio ao rio, fruto do grave assoreamento. Continue lendo… 'Ribeirinhos realizarão velório para o Velho Chico dia 5, na festa de Bom Jesus dos Navegantes'»

Carta da Foz: 20 Anos da Peregrinação da Nascente à Foz do Rio São Francisco (1992/1993 – 2012/2013)

Articulação São Francisco VivoHá 20 anos, no dia 04 de outubro de 1993, chegávamos aqui à foz do Rio do São Francisco, depois de um ano em peregrinação pelas barrancas, ilhas, povoados e cidades do “Velho Chico”. Buscávamos sensibilizar e mobilizar a população ribeirinha em defesa do seu Rio, dom de Deus, cada vez mais degradado, ameaçado, destruído. E chamar as autoridades às suas responsabilidades por esta situação. Voltamos hoje, 15 de novembro de 2013, acompanhados de mais de 600 pessoas, representantes de 62 entidades sociais de toda a Bacia Hidrográfica, em Romaria à Foz, a celebrar – “tornar célebre”, memorável – aquele evento e seus efeitos para o momento atual.

Um olhar sobre estes 20 anos nos inquieta e provoca ainda mais. É certo que muitas ações foram desenvolvidas, houve lutas e resistências, até autoridades agiram… Mas não foi suficiente para impedir o processo de degradação do Rio São Francisco! Antes, o que ocorreu é que este processo se agravou. A ponto de estudos do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica (NCAR), no Colorado (EUA), concluírem que ele perdeu mais de um terço de sua vazão (35%) ao longo de 56 anos, entre 1948 e 2004, tornando-se um dos grandes rios mais degradados do mundo.

 “Meu Rio de São Francisco, / nesta grande turvação, / vim de dar um gole d’água / e pedir tua benção!” Este era o refrão do canto principal da Peregrinação e dizia bem qual era a sua proposta: chamar a atenção para os problemas do Rio (“grande turvação”) e para a necessidade urgente de lutar em sua defesa (“gole d’água”) e celebrar a fé que anima esta luta e toda a vida (“pedir tua benção”). Imperiosa necessidade de continuar entoando na prática este canto! Continue lendo… 'Carta da Foz: 20 Anos da Peregrinação da Nascente à Foz do Rio São Francisco (1992/1993 – 2012/2013)'»

Programação feita por Ricardo Álvares, utilizando uma versão modificada do tema Panorama, criado por Themocracy.