Em mobilização nacional, movimentos do campo divulgam manifesto

Por Jornada de Lutas Unitária dos Trabalhadores e Trabalhadoras e Povos do Campo, das Águas e das Florestas

Os Movimentos populares, sindicais e pastorais que atuam no campo brasileiro divulgam, nesta segunda-feira (05), um manifesto para a sociedade brasileira em que afirmam a unidade do campo em defesa da democracia, da soberania territorial e alimentar e para impedir qualquer retrocesso aos direitos conquistados pela classe trabalhadora. (mais…)

Ler Mais

Temer pede corte médio de 30% em programas sociais, mas verba para militares e agronegócio aumenta

Por Breno Costa, The Intercept Brasil

O governo de Michel Temer começou de fato na quarta-feira (31). Não apenas porque Dilma Rousseff foi destituída do cargo, mas especialmente porque, naquela mesma tarde, chegou ao Congresso Nacional a proposta confeccionada com cuidado pela nova equipe econômica para a distribuição do dinheiro federal para o ano de 2017 – o chamado Orçamento da União. (mais…)

Ler Mais

Juventude teme rumos da educação e saúde

Se aprovada, medida pode retirar estudantes de universidades e restringir acesso ao SUS

Por Cristiane Sampaio e Raíssa Lopes, no Brasil de Fato

Consumado o golpe, a proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241/16 gera temor no Brasil. Ainda em tramitação na Câmara, a legislação prevê a fixação de limites para os investimentos públicos, restringindo o orçamento ao valor do ano anterior, com correção pela inflação também do ano pregresso. A medida teria vigência de 20 anos, vigorando de 2017 a 2036. (mais…)

Ler Mais

Violência contra índias cresce e MS traduz cartilha sobre Maria da Penha

Distribuição começa em setembro e deve atingir 60 mil mulheres indígenas. Informações do material foram traduzidas para etnias guarani e terena.

Do G1 MS com informações da TV Morena

Jejopy Rehegua Maria da Penha é como os indígenas chamam a Lei Maria da Penha na língua materna dos terena em Mato Grosso do Sul. Para reduzir os casos de violência contra mulheres indígenas, que em quatro anos aumentaram quase 6 vezes, a Defensoria Pública traduziu a Lei Maria da Pena e lançou a cartilha de orientação no Dia Internacional da Mulher Indígena, celebrado nesta segunda-feira (5). (mais…)

Ler Mais

MPF recomenda que Vale pare obras da Estrada de Ferro Carajás para consultar indígenas

Comunidade indígena Gavião Parkatejê quer consulta prévia e livre. Vale e Funai foram notificadas pelo MPF para apresentar estudos da área.

Do G1 PA

Índios da comunidade Gavião Parkatejê, em Bom Jesus do Tocantins, no sudeste do Pará, entraram com uma representação no Ministério Público Federal no Pará para a paralisação da ampliação da estrada de ferro Carajás da empresa Vale na área que impacta a Terra Indígena Mãe Maria. (mais…)

Ler Mais

Policiais são suspeitos de manipular provas para criminalizar manifestantes

Os 26 jovens presos pela PM ficaram incomunicáveis por até oito horas, sem poder falar com os pais ou advogados. Para ouvidor, não há prova de crime: “Pode ser uma prisão política, sim”

por Fausto Salvadori, Ponte Jornalismo

O comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo ordenou um tratamento diferente para os jovens que foram detidos em grupo durante a manifestação realizada ontem contra o presidente Michel Temer (PMDB) na Avenida Paulista. Em vez de serem levados para as delegacias comuns, os manifestantes foram parar no Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), órgão da Polícia Civil que costuma lidar com crimes ligados ao crime organizado, como roubo de cargas, facções criminosas e fraudes financeiras. (mais…)

Ler Mais

Nota Pública da AJD: A defesa da livre manifestação exige o controle efetivo da atividade policial pelo Ministério Público

A Associação Juízes para a Democracia, entidade não governamental e sem fins corporativos, que tem por finalidade estatutária o respeito absoluto e incondicional aos valores próprios do Estado Democrático de Direito, vem a público externar repúdio e contrariedade em face dos atos de violência e repressão que atentam contra o livre exercício do direito de livre manifestação, ocorridos nos dias que sucedem à deposição da presidenta eleita Dilma Vana Roussef, esperando do Ministério Público o efetivo controle da atividade policial, nos seguintes termos: (mais…)

Ler Mais

Organizações do campo ocupam Ministério do Planejamento durante jornada unitária

Jornada de Lutas Unitária dos Trabalhadores e Trabalhadoras e Povos do Campo, das Águas e das Florestas / assessoria de Comunicação do Cimi

Cerca de 2 mil pessoas ocuparam na madrugada de hoje (5) o Ministério do Planejamento, na Esplanada dos Ministérios, no Distrito Federal. A ação faz parte da Jornada de Lutas Unitária dos Trabalhadores e Trabalhadoras e Povos do Campo, das Águas e das Florestas, organizada por movimentos sociais e sindicais, que acontece em todos os estados do País, com grande concentração em Brasília. (mais…)

Ler Mais