Segundo colunista, após protestos, Temer vai respeitar democracia e nomear candidata vitoriosa da Fiocruz

Após um protesto nacional de cinco dias, parece que o atual ocupante do Palácio do Planalto decidiu respeitar a escolha democraticamente feita pelos servidores da Fiocruz e nomear para a Presidência a primeira colocada na lista tríplice, conforme vem acontecendo há 25 anos. De acordo com matéria do colunista de O Globo Ilimar Franco -que transcrevemos abaixo e que tem por título “Temer: ‘Ficou bem para a Fiocruz‘”-, a solução teria sido encontrada após reunião com as duas postulantes e os ministros da Casa Civil e da Saúde. Leia abaixo. (Tania Pacheco)

*** (mais…)

Ler Mais

Nota Pública da Associação Juízes para a Democracia: As mortes em Manaus configuram a tragédia anunciada do punitivismo

AJD – Associação Juízes para a Democracia

A Associação Juízes para a Democracia (AJD), entidade não governamental e sem fins corporativos, que tem dentre suas finalidades o respeito absoluto e incondicional aos valores jurídicos próprios do Estado Democrático de Direito, diante das dezenas de mortes ocorridas no privatizado Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) de Manaus, em 02 de janeiro de 2017, vem a público manifestar-se nos seguintes termos: (mais…)

Ler Mais

Deputados e cientistas cobram nomeação de eleita para presidir Fiocruz

Quatro parlamentares se reunirão com ministro da Saúde, Ricardo Barros, para tentar reverter indicação de candidata derrotada. Comunidade científica faz abaixo-assinado que já reúne 9 mil assinaturas

por Redação RBA

Deputados e membros da comunidade científica estão se articulando para pressionar o governo a dar posse a Nísia Trindade como presidenta eleita para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Na última semana, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, escolheu a segunda colocada, Tania Araújo-Jorge, nas eleições da entidade para ocupar o cargo, rompendo com a tradição do respeito à soberania do voto nas instituições que realizam processo seletivo para seus gestores. A decisão provocou revolta. (mais…)

Ler Mais

Manifesto d@s servidor@s da Funai Coordenação Campo Grande contra nomeações partidárias

Datado de hoje, 3 de janeiro de 2017, o Manifesto abaixo foi enviado para o Presidente da República, o Ministro-Chefe da Casa Civil, o Ministro da Justiça e Cidadania e o presidente da Fundação Nacional do Índio:

***

“Cumprimentando-os cordialmente, os servidores e as servidoras da Fundação Nacional do Índio lotados(as) na Coordenação Regional de Campo Grande, Estado do Mato Grosso do Sul, vimos, por meio desta, manifestar nossa desaprovação quanto às nomeações de cargos de chefia por interferência político-partidária. (mais…)

Ler Mais

Violência contra LGBT cresce em 2016, com 340 casos registrados

Segundo o relatório do Grupo Gay da Bahia, no ano passado houve 11 mortes a mais do que as registradas em 2015. Dados mostram que um LGBT é morto a cada 28 horas

por Redação RBA

Dados preliminares do relatório de assassinatos entre a população LGBT no Brasil, feito anualmente pelo Grupo Gay da Bahia, mostram que 340 pessoas foram mortas por “LGBTfobia” em 2016. São 11 mortes a mais do que no ano anterior. Um assassinato a cada 28 horas. (mais…)

Ler Mais

“Criamos o discurso politicamente correto, mas nossa sociedade continua violenta”

Para a especialista, os crimes recentes, como a chacina de Campinas, mostram que as políticas para inibir a violência não foram efetivadas, apesar da indignação geral

Por Camila Moraes, El País Brasil

A manhã deste 2 de janeiro, o primeiro dia útil de 2017, começou em Campinas sob forte tristeza e transtorno, com o sepultamento das 12 vítimas da chacina provocada pelo técnico de laboratório Sidnei de Araújo na noite de Réveillon. Antes da virada do ano, três outros crimes violentos já tinham ganhado as manchetes dos jornais brasileiros, sensibilizando o país em datas consideradas  sagradas: o espancamento até a morte de um vendedor ambulante do metrô em São Paulo no dia do Natal, o estupro e assassinato de uma jovem num bar da zona leste paulistana dias antes, e o assassinato do embaixador grego pelo amante de sua esposa e um cúmplice no Rio de Janeiro, no dia 26. (mais…)

Ler Mais

O sangue derramado nas rebeliões escorre pelas mãos de inúmeros promotores e juízes de todo o país

quem procura o fundamento jurídico da pena deve também procurar, se é que já não encontrou, o fundamento jurídico da guerra”. (Tobias Barreto)

Por Leonardo Isaac Yarochewsky, no Justificando

Após 17 horas de rebelião no Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim), em Manaus, a Secretaria de Segurança Pública informou que entrou no presídio às 7h (9h no horário de Brasília) desta segunda-feira (2). Segundo o secretário de segurança pública do Estado, Sérgio Fontes, ao menos 60 detentos foram mortos. Além da rebelião, 87 presos fugiram de outra unidade prisional horas antes. O número de mortos ainda não é definitivo já que a revista e contagem dos presos no Compaj ainda não foi concluída. (mais…)

Ler Mais

‘É uma fábrica de tortura, que produz violência e cria monstros’, diz padre que visitou presídio em Manaus

Por 

Pessoas feridas, celas superlotadas e uma alimentação precária. Essas são as principais lembranças que o padre Valdir João Silveira, coordenador nacional da Pastoral Carcerária, tem das três visitas que fez ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Amazonas, 56 pessoas morreram em um conflito entre membros de duas facções criminosas nesse presídio durante um motim que durou cerca de 17 horas. Uma inspeção feita pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em outubro de 2016 classificou a unidade como “péssima”. (mais…)

Ler Mais

Dallagnol torra verba pública para fazer politicagem

Por Miguel do Rosário, em O Cafezinho

No dia 29 de dezembro, a seção paranaense do site do Ministério Público Federal publicou um panfleto político contra o congresso nacional, que diz muito sobre a nossa era de golpes.

O texto foi alardeado pelas equipes de marketing (pagas com nosso dinheiro) do MP. O twitter de Dallagnol, que, além de procurador da Lava Jato, faz bico especulando com imóveis do Minha Casa Minha Vida, traz uma mensagem divertida. (mais…)

Ler Mais