Após mobilização, atingidos por Belo Monte se reúnem com governo federal

No MAB

Nesta quarta-feira (25 de janeiro), uma comissão de atingidos por Belo Monte organizados no Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) teve uma reunião em Brasília com representantes do governo federal para discutir os impactos da hidrelétrica na vida das famílias que moram na região da Lagoa do bairro Jardim Independente I, no município de Altamira. (mais…)

Ler Mais

Em novo ataque ao SUS, Ricardo Barros manda ANS avaliar planos ‘acessíveis’

Com a finalidade de mostrar serviço ao mesmo tempo em que acelera sua proposta de privatizar a saúde, medida vem em meio a avalanche de notícias sobre a debandada de clientes dos planos privados

por Cida de Oliveira, da RBA

Em atendimento à determinação do ministro da Saúde, Ricardo Barros, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) decidiu nessa quarta-feira (25), durante reunião da diretoria colegiada, constituir um grupo técnico com representantes de todos os seus setores para analisar a viabilidade técnica de tornar os planos de saúde mais acessíveis à população. Só então o tema será colocado em consulta pública. (mais…)

Ler Mais

Conselho de Gestão Ka’apor se pronuncia às autoridades públicas sobre situação na TI Alto Turiaçu

Do Conselho de Gestão Ka’apor, no Cimi

Em virtude dos últimos episódios de criminalização contra os Ka’apor e seus aliados na construção do Projeto de Vida das 17 aldeias da Terra Indígena Alto Turiaçu, no Maranhão, o Conselho de Gestão do povo se posiciona às autoridades brasileiras pedindo um fim aos processos judiciais que visam impedir a consentida atuação de indigenistas no território tradicional, e respeito à organização autônoma e diferenciada da comunidade indígena. (mais…)

Ler Mais

70% do desmatamento na América Latina é culpa do agronegócio. E este é apenas um dos problemas.

No Brasil, o agronegócio ocupa muito espaço e não alimenta nem 30% da população. Ao contrário, forma milícias para matar gente, lidera casos de trabalho escravo e intimida opositores. 

Por Pedra

Imagine uma organização feita por uma minoria de indivíduos que é dona da maioria das terras. Cujos membros estão entre os campeões de trabalho escravo e desmatamento e chegam a formar milícias de terroristas armados. Uma organização que tem representantes na política que se empenham em intimidar opositores. Este é o agronegócio no Brasil. (mais…)

Ler Mais

Povo Ka’apor enfrenta madeireiros, Funai e criminalizações em defesa da TI Alto Turiaçu

Por Renato Santana, da Assessoria de Comunicação – Cimi

Entre 2013 e 2016, a Guarda Florestal organizada pelos Ka’apor fechou 14 ramais madeireiros no interior da Terra Indígena Alto Turiaçu (MA). O impacto gerado nos ganhos ilegais dos patrões da madeira trouxe consequências ao povo. Em abril de 2015, o indígena Eusébio Ka’apor foi assassinado com dois tiros nas costas; em dezembro do mesmo ano, cerca de 60 madeireiros invadiram a aldeia Turizinho. Na ação, a adolescente Iraúna Ka’apor acabou sequestrada pelos madeireiros – e segue desaparecida apesar das denúncias feitas à Polícia Federal. (mais…)

Ler Mais

“Não existe segurança pública no Brasil”

Raphael Sanz – Correio da Cidadania

Os recentes massacres em presídios no Norte e Nordeste do país decorrentes de disputas entre facções, além de massiva fuga registrada nesta terça, 24, no interior de SP, tomaram conta do noticiário. O ingrediente novo que se apresenta é uma guerra comercial entre as facções que buscam controlar a venda e distribuição de drogas na fronteiras do país, em claro processo de internacionalização dos negócios. Paralelo a isto, foi registrado aumento na violência a partir do agravamento do número de homicídios por ano no país, incluindo a letalidade policial. Para analisar o quadro, entrevistamos o experiente jornalista Josmar Jozino, há 20 anos cobrindo a área. (mais…)

Ler Mais