As novas Senhoras de Santana

Por João Filho, no The Intercept Brasil

Nos anos 1980, senhoras católicas do bairro de Santana em São Paulo se juntaram para protestar contra o que consideravam imoral na programação da TV brasileira. Ficaram conhecidas como as “Senhoras de Santana”, uma espécie de TFP formado só por velhinhas. Um dos principais alvos do grupo era o programa TV Mulher da Rede Globo, em que a sexóloga Marta Suplicy falava abertamente sobre sexo. Elas chegaram a ir até Brasília entregar pessoalmente ao ministro da Justiça um manifesto contra a pornografia na televisão. Foram tão bem recebidas pelos militares, que chegaram a ser convidadas a integrar órgãos censores do regime. Elas se chocavam mais com educação sexual na TV do que com a violência da ditadura militar. (mais…)

Ler Mais

Ocupação do MTST em São Bernardo do Campo é alvo de ataque a tiros

Tiros vieram de condomínio de alto padrão, vizinho do terreno. Um morador foi ferido e socorrido no pronto-socorro central da cidade

Na Rede Brasil Atual

A ocupação Povo Sem Medo, de São Bernardo do Campo, sofreu um ataque a tiros na tarde deste sábado (16). Os disparos vieram de um condomínio de alto padrão que fica ao lado do terreno. Audinei Serapião da Silva foi atingido com um tiro no braço e socorrido no pronto socorro central da cidade. Ele foi operado para que houvesse a retirada do projétil e passa bem, permanecendo em observação até este domingo. (mais…)

Ler Mais

“O crime mais organizado do Rio já está no poder. E é o PMDB”, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

”O crime mais organizado do Rio de Janeiro não disputa o poder, ele já está no poder. O crime organizado é o PMDB.”

A declaração, do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), pode parecer lugar-comum em um momento em que o ex-governador Sérgio Cabral, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha, entre outros expoentes do PMDB carioca, encontram-se presos por conta de denúncias de corrupção e desvio de recursos públicos. Mas, como ele mesmo faz questão de ressaltar, vem repetindo isso há anos. Ele acredita que a tendência da situação no Estado é piorar: ”Você não tem governo no Rio de Janeiro. O Pezão [também do PMDB] é um ex-governador em exercício”. (mais…)

Ler Mais

O panoptismo de estar constantemente conectado às redes sociais. Entrevista especial com Olaya Fernández Guerrero

Por Patricia Fachin, no IHU On-line

A noção de panoptismo, discutida por Foucault há 40 anos, “permite compreender muitas das situações que vivemos atualmente em nossas sociedades, nas quais, sob o pretexto da segurança global, intensificaram-se as medidas de vigilância e controle que se aplicam sem exceção a toda a população e que, às vezes, implicam um corte preocupante das liberdades civis”, diz a filósofa Olaya Fernández Guerrero à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por e-mail. (mais…)

Ler Mais

Raquel Dodge precisa continuar com o combate à corrupção, por Janio de Freitas

Na Folha

Muitos esperam, com Michel Temer, que este último dia de Rodrigo Janot como procurador-geral da República marque o fim de um ciclo. É o que a futura procuradora-geral Raquel Dodge, a ser empossada amanhã, precisa impedir. Já que estamos enlameados de vergonha pelos borrifos do lodaçal de corrupção, não há por que parar, nem mesmo recuar. O melhor é ir em frente. Ir logo até o fim, seja qual for. Para isso, o que se espera de Raquel Dodge é a compreensão de que só será possível com o reenquadramento das instituições na sua natureza e nos seus limites. E nisso a sua contribuição é o reajuste de valores, concepções e métodos deformados na busca descontrolada de punições como moralização. (mais…)

Ler Mais

Sob ameaça de remoção iminente, moradores do Horto se mobilizam

Por , no Rio On Watch

Ao cair da noite da quarta-feira, 13 de setembro, os moradores da comunidade do Horto na Zona Sul do Rio realizaram uma reunião urgente para discutir as novas circunstâncias na luta constante contra a remoção. As lideranças comunitárias da Associação de Moradores e Amigos do Horto (AMAHOR) informaram ao grupo, com cerca de 50 moradores, os recentes desenvolvimentos dos esforços do vizinho Jardim Botânico para remover as famílias das suas casas. Emília Maria de Souza, ex-presidente da AMAHOR, avisou ao grupo reunido que nos próximos dias “a comunidade toda tem que ficar alerta”. (mais…)

Ler Mais

Maldição sobre São Paulo: Breve crônica sobre o Tietê metropolitano

Crônica geográfica do Tietê, em São Paulo — onde se revela que sua devastação, vista às vezes como inevitável, foi meticulosamente tramada; e pode ser revertida, havendo vontade política

Por Gerôncio Rocha, da Estudos Avançados, no Outras Palavras

Um dia, um rio [2]

Um dia – há cinco milhões de anos, no período Neógeno –, o rio Tietê sofreu um forte trauma geológico: suas nascentes, que antes eram formadas pelos rios Paraibuna e Paraitinga, foram bruscamente capturadas pelo rio Paraíba [3]. (mais…)

Ler Mais