PMs marcam presença organizada em audiência sobre Direitos Humanos

Militares questionam conteúdo do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos que trata da Ditadura Militar, pedindo a retirada de expressões como ‘repressão’ e que seja abordado ‘o outro lado da história’

por Sarah Furtado, especial para Ponte Jornalismo

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo recebeu, na manhã do dia 23, a 21ª audiência pública para discussão do Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos. Mais uma vez, a presença massiva de policiais militares marcou um dia de votação. Dentre eles, apenas três usavam farda. (mais…)

Ler Mais

Munduruku ocupam Funai exigindo audiência e demissão de político nomeado para coordenação

Por Renato Santana e Tiago Miotto, da assessoria de Comunicação – Cimi

Lideranças Munduruku do Alto e do Médio Tapajós ocuparam o prédio da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Itaituba (PA), na manhã desta segunda (25). Os indígenas, que exigem uma audiência com o presidente da Funai e a exoneração de um político do PSC nomeado na semana passada para um cargo de chefia na Coordenação Regional da Funai na região do Tapajós, afirmam que só deixarão a sede do órgão depois de terem suas reivindicações atendidas. (mais…)

Ler Mais

ONU cobra ações de proteção do Brasil para indígenas isolados na Amazônia

Por Helena Martins, da Agência Brasil – EBC / Cimi

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) e o Escritório Regional para América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) emitiram nota  instando o Estado brasileiro a desenvolver políticas para a proteção de indígenas que optam por viver isolados.  (mais…)

Ler Mais

Mais obscena que a desigualdade é a elite que luta para mantê-la no Brasil, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

O problema não é alguém ter um apartamento de 400 metros quadrados enquanto outro mora em um de 40. O que desconcerta é uma sociedade que acha normal um ter condições para desfrutar de um apê de 4 mil metros quadrados enquanto o outro apanha da polícia para manter seu barraco em uma ocupação de terreno, seja em São Bernardo do Campo, Itaquera, Grajaú, Osasco, Pinheirinho, Eldorados dos Carajás, onde for. (mais…)

Ler Mais

Comitê de DH atribui aumento da violência no campo à negligência do estado

Carta aberta do Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos afirma que o poder público deixou de atuar para prevenir mortes e assassinatos previamente anunciados

Da Página do MST

Depois de se reunir entre os dias 13 e 15 de setembro em Brasília, durante o evento Fronteiras de Luta: III Seminário Nacional sobre Proteção a Defensoras e Defensores de Direitos Humanos, o Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos, composto por organizações da sociedade civil, lideranças e movimentos sociais emitiu uma carta aberta à sociedade, para alertar sobre o agravamento da violência contra as populações rurais, camponesas, indígenas, quilombolas, pescadores, no último ano. (mais…)

Ler Mais

Toda a terra será capturada?

A compra de áreas griladas brasileiras por um fundo dos professores de Nova York revela como as finanças globais estão submetendo a agricultura à sua lógica de ferro

Por Luiza Dulci*, no Indebate | Imagem: John Spooner – Outras Palavras

No dia 16 de nov/2015 o jornal The New York Times publica uma matéria de página inteira sobre o TIAA-CREF (Teachers Insurance and Annuity Association – College Retirement Equities Fund). Um fundo que reúne investimentos de diversos fundos de pensão dos Estados Unidos e de outros países. Na matéria, o TIAA-CREF foi acusado de transacionar terras com um empresário brasileiro – Euclides de Carli, um típico grileiro – que empregava violência e fraudes para expropriar terras de agricultores familiares, bem como para burlar leis brasileiras que limitam a presença de investimentos estrangeiros nas terras do país. Na carteira de investimentos do TIAA-CREF constam, dentre outros, recursos de fundos de pensão dos professores universitários aposentados de Nova York; de aposentados públicos suecos (Second Swedish National Pension Fund); e canadenses (Caisse de dépôt et placement du Québec e British Columbia Investment Management Corporation of Canada). (mais…)

Ler Mais

Rocinha: o silêncio angustiante

De um lado da cidade, rock’n’roll e gritos “Fora, Temer”. Do outro, o medo de quem vive, no cotidiano, o resultado da guerra às drogas que continuamos a aceitar…

Por Marcus Faustini* – Outras Palavras

A disputa pelo comando da venda de drogas na Rocinha já era conhecida, sua iminência circulava pelas redes sociais antes dos eventos de confronto nos últimos dias. Para muitos, sobretudo moradores, era um enfrentamento anunciado. Nas redes sociais, um volume de comentários em postagens de páginas e perfis, que acompanharam os acontecimentos ao longo dos dias do confronto, demonstram vários lados dos efeitos na vida dos moradores. (mais…)

Ler Mais

Frente Parlamentar da Agropecuária compôs 50% dos votos do impeachment e 51% dos votos para manter Temer

E o grupo nem representa toda a bancada ruralista; 83% dos deputados votantes da FPA fecharam contra Dilma em 2016; em agosto, 72% deles mantiveram Temer no poder

Por Alceu Luís Castilho – De Olho nos Ruralistas

É numérico: os membros da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) têm, hoje, o poder de derrubar uma presidente e de manter outro no poder. Metade dos votos pelo impeachment (50%) de Dilma Rousseff, no ano passado, e mais da metade dos votos para manter Temer (51%) saíram dessa bancada. (mais…)

Ler Mais

Seminário regional debateu sobre impactos dos parques de energia eólica no Nordeste

Por  Irpaa

Fortes relatos de quem sente na pele todas as consequências da instalação dos parques eólicos nos seus territórios de origem e a certeza de não ser viável esse modelo de geração de energia, marcaram o Seminário sobre os impactos ambientais e sociais dos parques eólicos no Nordeste brasileiro. O evento reuniu de 22 a 24 de setembro deste ano, em Juazeiro – BA, cerca de 50 pessoas impactadas pela instalação destes parques, assessores, pesquisadores, estudantes, lideranças comunitárias e representantes de entidades de apoios a organizações e movimentos sociais dos estados da Bahia, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Ceará. (mais…)

Ler Mais