Argentina: Corpo é encontrado onde desapareceu ativista Maldonado

Jovem não foi mais visto após protesto com repressão; polícia é suspeita em sumiço forçado

AFP/O Globo

BUENOS AIRES — O corpo de uma pessoa foi achado nesta terça-feira submerso num rio do sul da Argentina, no mesmo lugar onde foi visto pela última vez o ativista Santiago Maldonado. O jovem de 27 anos desapareceu em agosto deste ano, após ter participado de um protesto com grande repressão policial, que ocorreu a 300 metros do ponto onde o corpo foi encontrado. O caso provocou um terremoto político na Argentina, em que a gendarmeria, a polícia militarizada argentina, foi alvo de suspeitas de envolvimento no sumiço. (mais…)

Ler Mais

Do papel à realidade, existe um “gap” na mitigação (redução de danos) e adaptação aos eventos extremos no Brasil

Por Sucena Shkrada Resk – Cidadãos do Mundo

O que dizer sobre o “Velho Chico” agonizando, e pessoas e animais tendo de dividir a pouca água que resta, entre outras centenas de cenas desoladoras por todo país? Imagens que ficam gravadas para sempre. As manchetes sobre eventos extremos e desastres naturais no Brasil, nos últimos anos, destacam a recorrência de períodos mais extensos de seca, estiagem e chuva em diferentes biomas no país, que não mais se enquadram ao que se tinha como padrão de estações nestas localidades. Muitos cientistas apontam que são situações que podem ser relacionadas aos avanços das Mudanças Climáticas, com intervenções de fenômenos, como o El Niño e La Niña, entre outros. O fato é que as ocorrências são gradativas e mais de 1,1 mil municípios se encontram hoje em situação de emergência ou de estado de calamidade pública no Brasil. (mais…)

Ler Mais

Manifestantes bloqueiam a BA-093 para exigir explicações sobre a morte de ‘Binho do Quilombo’

A Tarde

Um protesto de moradores e familiares de Flávio Gabriel Pacifico dos Santos, 36 anos, conhecido como “Binho do Quilombo”, bloqueou os dois sentidos da BA-093, no início da manhã desta quarta-feira, 18. Os manifestantes atearam fogo em objetos no km 12 da rodovia, na localidade quilombola de Pitanga de Palmares, em Simões Filho, que fica na Região Metropolitana de Salvador (RMS). (mais…)

Ler Mais

Manguinhos e Jacaré: Quem Conta Essa História?

Brunna Arakaki – RioOnWatch

Nas últimas semanas, o Rio de Janeiro deu prova cabal de que nunca abandonou seu projeto de cidade repartida. E os noticiários dão corpo a isso. Uma cidade que remove, divide, vulnerabiliza as populações mais empobrecidas e negras, do alto dos morros e dos subúrbios recortados pela malha ferroviária. Os recentes episódios de violência armada nas comunidades da Rocinha, que geraram imensa repercussão, combinados ao gigantesco evento de música que a cidade recepcionou, o Rock in Rio, amplificaram as tensões vividas todos os dias pela população. Ambos foram palcos que reuniram diferentes experiências de fazer parte de uma cidade como o Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Para diplomatas, estrutura do Itamaraty abre caminho para arbitrariedade e perseguição política

“Diplomacia do cagaço” – assim um diplomata definiu à BBC Brasil o funcionamento interno do Ministério das Relações Exteriores. A expressão serve, segundo ele, para resumir o medo que os diplomatas têm de contrariar superiores ou fazer críticas à política externa brasileira, seja internamente ou publicamente, em um sistema que vem se repetindo em diversos governos nas últimas décadas

A BBC Brasil conversou nos últimos dias com quatorze diplomatas, de diferentes posições políticas e tempo de carreira, para apurar se existem casos de perseguição política no Itamaraty. A discussão ganhou fôlego após o ministério remover bruscamente Julio de Oliveira Silva do posto de vice-cônsul em Nova York por causa de um artigo crítico à política externa do governo Michel Temer. (mais…)

Ler Mais

A morte do outro não importa

Elaine Tavares – Palavras Insurgentes

O mundo ocidental se move por uma premissa que vem da cultura grega: o ser é, o não-ser não é. E o que significa essa frase tão enigmática? Que só é reconhecido como ser aquele que é igual. O outro, esse não existe. Não-é. Não tem importância. Sendo assim o que é para o mundo ocidental europeu/estadunidense? Aquele que é igual a eles: branco, rico, capitalista, guardião da ordem e da moral. Tudo o que sai desse script não-é. E, não sendo pode ser destruído sem dó. Sobre a morte desse outro que não-é, não se fala, porque não importa. (mais…)

Ler Mais

A crise hídrica do Rio São Francisco – Gestão compartilhada dos recursos hídricos é a saída. Entrevista especial com Anivaldo Miranda

Patricia Fachin – IHU On-Line

A crise hídrica que atinge a região do rio São Francisco desde 2013, que perpassa os estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas, atingiu seu ponto mais severo neste ano, diz Anivaldo Miranda, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – CBHSF à IHU On-Line. Segundo ele, na atual situação, a administração da crise tem sido muito complexa, “porque quem está a montante da foz da Bacia Hidrográfica do Alto São Francisco quer reservar mais água, ou seja, manter a água ao máximo nos reservatórios, e quem está a jusante quer que se libere mais água para contornar os efeitos da diminuição das vazões que afetam principalmente as capitações de água para o abastecimento humano e para os perímetros irrigados”. (mais…)

Ler Mais

Exploração consentida

Portaria do MTE altera definições de trabalho escravo e abre caminho para violações. Em resposta, a Conectas e a Comissão Pastoral da Terra (CPT) enviaram um apelo urgente à ONU que pede a revogação imediata da determinação do governo

Conectas / CPT

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) publicou na última sexta-feira, 13, a Portaria N° 1129/2017, que descaracteriza a definição de trabalho escravo e representa um grave retrocesso em relação às políticas de combate e fiscalização deste tipo de violação. A medida contraria a Constituição, o Código Penal e instrumentos internacionais dos quais o Brasil é parte. Em resposta, a Conectas e a Comissão Pastoral da Terra (CPT) enviaram um apelo urgente à ONU que pede a revogação imediata da determinação do governo. (mais…)

Ler Mais