Em meio à COP, Temer quer aprovar mais subsídios à indústria fóssil

Contrariando os objetivos que levam lideranças de todo o mundo a se reunir na Conferência do Clima da ONU, governo brasileiro aposta em mais incentivos ao setor de petróleo e gás

Em 350.org

A 23a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (COP 23) começou na segunda-feira (06) em Bonn, na Alemanha, com baixas expectativas. O encontro de líderes mundiais tem como principal objetivo traçar as diretrizes que guiarão a regulamentação e implementação do Acordo de Paris. Dois anos se passaram desde o tratado e quase nada foi feito para honrar os compromissos ali estabelecidos. Ou pior, políticas nacionais – como as do Brasil para o setor de energia – têm feito o exato inverso: estimulado indústrias que ao invés de diminuir irão aumentar exponencialmente as emissões de gases causadores do efeito estufa. (mais…)

Ler Mais

ONU Brasil lança campanha pelo fim da violência contra a juventude negra

A Organização das Nações Unidas no Brasil lançou, ontem, a campanha “Vidas Negras”, pelo fim da violência contra jovens negros.

ONU Brasil

A iniciativa, ligada à Década Internacional de Afrodescendentes, envolve os 26 organismos da equipe de país da ONU. O objetivo é sensibilizar sociedade, gestores públicos, sistema de Justiça, setor privado e movimentos sociais a respeito da importância de políticas de prevenção e enfrentamento da discriminação racial. (mais…)

Ler Mais

O Acre contra Chico Mendes

Comunidades tradicionais são excluídas pela economia verde dos irmãos Viana. Líder seringueiro defendia modo de vida dos extrativistas como a melhor proteção à natureza.

Por Tómas Chiaverini e Thais Lazerri, no Repórter Brasil

De calça vermelha e blusa preta, usando um colar indígena, a representante do Banco Alemão de Desenvolvimento KFW Christiane Ehringhaus exaltava o pioneirismo do Acre a uma plateia de acreanos no último dia do “Seminário de Avaliação de Resultados do Programa REDD Early Movers no Acre”. O encontro, com direito a pose para foto coletiva, ocorreu em julho no Resort Hotel, em Rio Branco. Na pauta, os resultados do programa-modelo do governo para o que se convencionou chamar de economia verde, termo mundialmente usado para atrelar desenvolvimento econômico à preservação ambiental. Alguns poucos indígenas e moradores de comunidades dividiam a sala com uma bancada de parlamentares estaduais e nacionais, entre outros. Um deles era o senador Jorge Viana, atual presidente da Comissão Mista de Mudanças Climáticas do Congresso Nacional, ex-governador do estado e irmão do atual, Tião Viana. Os irmãos Viana são os responsáveis por vender ao mundo o modelo acreano da economia verde. (mais…)

Ler Mais

Água põe fogo no campo, por Roberto Malvezzi (Gogó)

Em seu Blog

Aproximadamente mil pessoas entraram nas fazendas Igarashi e Curitiba em Correntina, Bahia, quebraram os pivôs centrais de irrigação das empresas e derrubaram as instalações elétricas.

Bastou para que a mídia falasse em vândalos, invasores, e a senadora Ana Amélia chegou a falar em exército de Lula no Senado, referindo-se ao MST. Quanta estupidez na boca de uma só senadora! (mais…)

Ler Mais

Dodge diz que nova portaria sobre escravidão não atende demanda do STF, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge informou ao ministro do Trabalho que sua nova proposta para a polêmica portaria que trouxe novas regras para a fiscalização de casos de trabalho escravo, dificultando a libertação de pessoas, não atende à recomendação conjunta que ele havia recebido do Ministério Público Federal e do Ministério Público do Trabalho, nem à decisão judicial da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, que suspendeu os efeitos da portaria. (mais…)

Ler Mais

‘Escola Sem Partido’ sofre nova derrota em comissão na Câmara de BH

Projeto de lei que busca instituir o “Programa Escola Sem Partido” sofre nova derrota na câmara e é rejeitado pela comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor

Por Lúcia Fontes, O Tempo

Pela segunda vez consecutiva, o projeto de lei que busca instituir o “Programa Escola Sem Partido” em Belo Horizonte, recebeu parecer contrário da Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor da Câmara Municipal de BH. No início do mês, a Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia, Cultura, Desporto, Lazer e Turismo também votou contra a proposta. (mais…)

Ler Mais

Cartes a brasileiros: “Usem e abusem do Paraguai”

Gafe do presidente resume expansão predadora pelos vários pontos do território; pelo Leste, há décadas, soja e outros grãos; mais recentemente, o arroz no Sul e a pecuária no Chaco

Alceu Luís Castilho, De Olho nos Ruralistas

“Usem e abusem do Paraguai, porque, para mim, é um momento inacreditável de oportunidades”. A frase foi dita pelo presidente do Paraguai, Horacio Cartes, a empresários brasileiros, em 2014, quando recebeu representantes da Confederação da Indústria e do Comércio do Brasil (CNI). Durante a fala, Cartes intercalou trechos em português com trechos em espanhol: “Todo con Brasil, nada contra Brasil. Sintam-se em casa”. (mais…)

Ler Mais

Proprietários brasileiros têm 14% das terras paraguaias

Somente 16 fazendeiros e empresas na lista dos 100 maiores latifundiários possuem 456 mil hectares; a maior parte deles tem também fazendas no Brasil; 300 mil famílias paraguaias não têm acesso à terra

Alceu Luís Castilho e Bruno Stankevicius Bassi, em De Olho nos Ruralistas

O Brasil avança sobre o Paraguai. Territorialmente. Não por meio do Estado, mas pelo agronegócio. Nos departamentos localizados na fronteira, os equivalentes aos nossos estados, a porcentagem de propriedades rurais nas mãos de brasileiros chega a 60%. Em todo o país, essa porcentagem atinge 14,2% do total. Quase 2/3 da quantidade de propriedades no Paraguai – 23,5% – nas mãos de estrangeiros. (mais…)

Ler Mais

“Queimem a bruxa!” Visita de Judith Butler provoca manifestações nas ruas de São Paulo

Por Juliana Gonçalves, The Intercept Brasil

Aproveitando a passagem da feminista, lésbica, judia, ativista LGBT e teórica queer Judith Butler pelo Brasil, um grupo de direita se inspirou livremente na Idade Média para promover uma caça às bruxas em pleno 2017, fazendo uma queima simbólica da filosofa em um protesto em frente ao Sesc Pompeia, nesta terça (7), em São Paulo. Empunhando crucifixos, manifestantes atearam fogo em uma boneca vestida bruxa com o rosto de Butler aos gritos de “queimem a bruxa!” (mais…)

Ler Mais