Dois acampamentos são realocados em Santa Catarina

Famílias Sem Terra de dois acampamentos na região oeste catarinense, que estavam alojadas em ginásio de esportes após despejos, foram realocadas provisoriamente a uma área com aproximadamente dois hectares e exigem dos poderes públicos uma solução à demanda por terra, com uma infraestrutura mínima no acampamento e agilidade no processo de assentamento, já que a área ocupada é de propriedade do Incra.

Na CPT (mais…)

Ler Mais

Eleitor começa a ter medo de compartilhar notícias falsas e passar vergonha, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

Uma pesquisa qualitativa conduzida pela Idea Big Data, com pessoas de 30 a 50 anos das classes C e D, mostrou que eleitores começam se preocupar com o compartilhamento de informação que se revele falsa. De acordo com o diretor da instituição, em entrevista ao jornal Valor Econômico, é a primeira vez que esse comportamento aparece em pesquisa.

Passar adiante informação errada foi motivo de vergonha entre familiares ou de amigos. Nos grupos focais, houve relatos de pessoas que levaram bronca por conta disso. Ou que começaram a checar em veículos de comunicação tradicionais antes de compartilharem conteúdo de redes sociais. (mais…)

Ler Mais

MIQCB lança abaixo assinado contra Projeto de Lei que incentiva a queima total do Babaçu no Tocantins

CPT

O Movimento Interestadual das Quebradeiras de Coco Babaçu do Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins (MIQCB) lançou campanha contra o Projeto de Lei (PL) nº 194/2017, publicado no Diário da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins de autoria do deputado José Bonifácio Gomes de Sousa (PR).

O novo texto legislativo altera a Lei de Proteção das Palmeiras de Babaçu nº 1959 de 14/08 de 2008 que dispõe sobre a proibição da queima, derrubada e uso predatório das palmeiras de coco babaçu. Um abaixo assinado está sendo coletado em quatro estados (Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins) com o objetivo de arquivar o Projeto de Lei. A campanha está sendo veiculada nas redes sociais do MIQCB. (mais…)

Ler Mais

Tribunal de Justiça de Minas gasta mais de R$ 500 mil em lanche

Além de receber auxílio-alimentação de R$ 884 mensais, juízes desembargadores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais ainda têm direito a ‘merenda’ diária para “evitar deslocamentos”

Por Isabella Souto, no EM

Na volta aos gabinetes com o fim do recesso Judiciário, na próxima segunda-feira, juízes e desembargadores que atuam em Belo Horizonte já têm garantido o lanche diário da tarde. Em 19 de dezembro, o Tribunal de Justiça mineiro encerrou uma licitação de R$ 514.062,35 para a contratação de empresas que fornecerão, ao longo deste ano, quatro lotes de alimentos: hortifrutigranjeiros, produtos industrializados, laticínios e carnes e embutidos. A “merenda” é concedida aos magistrados mesmo cada um deles recebendo um auxílio-alimentação de R$ 884 mensais. (mais…)

Ler Mais

Žižek: Escolhas na era do terror

“É preciso mobilizar o maior e mais amplo público internacional possível a fim de criminalizar diretamente qualquer falatório sobre o uso de dispositivos nucleares e outras armas de destruição em massa. Líderes e Estados que sequer considerem isso devem ser tratados como párias, como monstros obscenos sub-humanos.”

Por Slavoj Žižek, no blog da Boitempo

Desde sua estreia em Berlin em 2015, a peça Terror, de Ferdinand von Schirach vem se tornando o mais novo hit global, com centenas de montagens em todo o mundo e provocando uma interminável enxurrada de debates éticos na mídia de massas. Trata-se de um drama jurídico que narra o julgamento contra um piloto de caça alemão que derrubou um avião da Lufthansa que havia sido sequestrado por um terrorista. (mais…)

Ler Mais

Primeira Conferência Indígena de Ayahuasca (Yubaka Hayrá) no Acre mostra resistência política, cultural e espiritual

Por Daiara Tukano, para a Rádio Yandê

A Yubaka Hayrá, primeira conferência indígena de Ayahuasca, foi realizada de 14 a 17 de dezembro de 2017 na aldeia Puyanawa, no município de Mâncio Lima, estado do Acre. O evento reuniu 15 povos da região para uma conversa sobre as relações que se tecem hoje no mundo sobre a bebida.

A ayahuasca é a medicina tradicional de aproximadamente uma centena de povos indígenas da bacia amazônica espalhados entre Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Brasil e Venezuela, em sua maioria dos troncos linguísticos Aruak, Pano e Tukano. (mais…)

Ler Mais

E se Ahed Tamimi fosse sua filha? Por Gideon Levy, no Haaretz

Por Gideon Levy, no Haaretz*

Como é que os israelenses estão totalmente indiferentes ao sofrimento da garota loira atrás das grades que poderia ser facilmente sua filha?

Nas últimas duas semanas, ela apareceu nas salas de estar dos israelenses todos os dias por meio de informes superficiais sobre a extensão de sua detenção. Novamente, vemos seus cachos dourados; outra vez vemos a figura [ao estilo de pinturas] de Botticelli vestida com o uniforme marrom do serviço de segurança (o Shin Bet) e as algemas, parecendo mais uma garota de Ramat Hasharon do que uma de Nabi Saleh. (mais…)

Ler Mais

Convite à polêmica: “Invisibilizar el sexo+universalizar el género= destruir el feminismo”

Por Raquel Rosario Sánchez, na Tribuna Feminista

Camaradas, he aquí una opinión controversial: yo no aguanto la palabra género. Ha llegado un punto que a mi hasta me molesta fonéticamente la palabrita esa…. La ironía de la situación es intensa ya que durante mi licenciatura hice una especialidad en Género, tengo un posgrado en Género y acabo de empezar un doctorado en Género… La gente siempre dirá que soy “una especialista en género” aunque me produzca una eterna molestia interna. Esta aclaración es importante para mostrar que el problema no es falta de conocimiento: es que mientras más aprendo sobre género, más me rechina su universalización. (mais…)

Ler Mais