FAO celebra decisões da Assembleia Geral da ONU para defender agricultura familiar e pesca artesanal

CPT

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) elogiou uma série de resoluções da Assembleia Geral da ONU, adotadas em 2017, para promover a segurança alimentar. Instância que reúne os Estados-membros do organismo declarou a Década Internacional da Agricultura Familiar, que será observada a partir de 2019 e até 2028. Países também adotaram medidas para combater a pesca ilegal e proteger pesca artesanal. (mais…)

Ler Mais

Desmandos e impunidade ameaçam tartarugas, por Clarinha Glock e Eliane Brum

Num ambiente afetado por Belo Monte, escolhas políticas e más condições de trabalho comprometem a obrigação legal de proteger os quelônios num dos tabuleiros mais importantes do Brasil

Por Clarinha Glock e Eliane Brum, no El País

A proteção das tartarugas-da-amazônia, tracajás e pitiús que desovam no Tabuleiro do Embaubal é um imbróglio que envolve o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), a Norte Energia SA, empresa concessionária da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, e a prefeitura do município de Senador José Porfírio. Assim, um dos atores, a Norte Energia, é justamente o causador de vários problemas que hoje atingem os quelônios do Tabuleiro, assim como de outras regiões da bacia do Xingu, ao provocar o desequilíbrio dos ecossistemas com a construção de Belo Monte. (mais…)

Ler Mais

Oito tartarugas de chifres e dois humanos criativos, por Eliane Brum

Como surgiram essas heroínas de nomes extraordinários e imensas jornadas

Por Eliane Brum, no Amazônia Real/El País

Gumercinda, a heroína dessa reportagem, é a única entre oito tartarugas-da-amazônia que segue com sua antena mandando sinais para os pesquisadores Cristiane Costa Carneiro, a “Cris das Tartarugas”, e Juarez Pezzuti, o “Juca”. Mas é justamente ela a única entre as oito cujo nome não tem nenhuma tradição. Observem bem. Angelina é a avó do Juca. Carmela, a outra avó do Juca, desta vez a paterna. Maria é a mãe do Juca. Dany é a mulher do Juca. Tereza é a filha do Juca. Lúcia é a mãe da Cris. Há ainda a própria Cris, que batizou com seu nome uma delas. Mas, e Gumercinda? (mais…)

Ler Mais

O ribeirinho e a tartaruga, por Eliane Brum

Nada é simples entre o rio, o humano e o não humano

Por Eliane Brum, no Amazônia Real/El País

Tuíca quase não enxerga. Uma película branca cobre os seus olhos, o esquerdo com mais ferocidade. Aos 51 anos de uma vida de pesca, caça e enxada na floresta amazônica, às vezes ele se levanta e a coluna vertebral não o acompanha. Tuíca então se assemelha a uma tartaruga, “quase cheirando o chão”, até que lentamente as vértebras se espicham. Ainda assim é um dos pescadores mais extraordinários da região. Porque Tuíca adivinha os bichos com sentidos que a floresta inventou pra ele. É um homem de silêncios e, como tantos ribeirinhos ali, de tristeza por uma vida que é sempre um quase. Quando tudo quase está bem, há um barramento. (mais…)

Ler Mais

O predador que virou protetor, por Eliane Brum

Ele foi um dos terrores dos fiscais, até que se tornou um deles. Sua vida contém o drama das tartarugas no Tabuleiro do Embaubal, no Pará

Por Eliane Brum, na Amazônia Real/El País

Eu me criei acreditando que o que Deus deixou não se acaba. Mas acaba.

Luiz Cardoso da Costa, 53 anos, é um daqueles homens que carrega uma densidão no rosto. Sua vida contém o drama das tartarugas no Tabuleiro do Embaubal, no Pará. Mas contém também o drama de ser ribeirinho entre tantas marés e tantos mundos. E não é apenas uma vida contada, mas uma vida que lhe assinalou com uma fundura nos olhos que encaram com firmeza. Vamos escutá-la. (mais…)

Ler Mais

As 6 eleições presidenciais que podem mudar radicalmente o mapa político da América Latina em 2018

O ano eleitoral será agitado não só no Brasil, mas em outros países da América Latina, onde cidadãos de ao menos seis países irão às urnas para escolher seu próximo presidente

BBC Brasil / IHU On-Line

A primeira votação será em fevereiro, na Costa Rica, e a última pode se dar apenas em dezembro, na Venezuela. Nesse meio tempo, Paraguai, Colômbia, México e, é claro, Brasil também escolherão um novo mandatário em votações que podem redesenhar radicalmente o mapa político latino-americano. (mais…)

Ler Mais

O fiasco de um programa sueco para ajudar os pobres em Moçambique

Desfalques e apropriação de terras são herança de programa financiado pelo Governo sueco. Objetivo do projeto era reduzir a pobreza a partir de investimentos privados na região

Nils Adler e Pascal Vossen – El País

Ao longo da década passada, Moçambique foi testemunha do arrendamento de um milhão de hectares (10.000 quilômetros quadrados) de terras cultiváveis —uma área maior do que a de Chipre— para investidores privados estrangeiros do setor agrícola. O Governo, que mantém a propriedade legal de todas as terras do país, ofereceu concessões a empresas estrangeiras como parte de uma campanha voltada a manter o crescimento econômico e ajudar 35% dos domicílios moçambicanos que ainda não têm seu sustento garantido. (mais…)

Ler Mais

Nós que amamos a revolução, resistiremos!

Setor de Gênero do MST faz um balanço de 2017 e convoca todas as mulheres a seguirem firmes na luta

Por Setor de Gênero do MST

O ano de 2017 foi um ano difícil para a classe trabalhadora do Brasil e do mundo. No Brasil, após o golpe de 2016, intensificou-se o ataque aos direitos já conquistados. Nesse processo, a perda de direito das mulheres esteve combinada com aumento do índice de violência contra seus corpos e ameaça às suas vidas. (mais…)

Ler Mais

No Brasil de Temer, meio milhão vende comida na rua para sobreviver, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

O IBGE já havia divulgado que a esmagadora maioria das vagas geradas no setor privado no Brasil, até outubro do ano passado, eram informais. Agora, um dado novo divulgado pela Folha de S.Paulo mostra que 11% desses novos postos de trabalho precários são de pessoas que resolveram vender comida na rua para sobreviver. (mais…)

Ler Mais

Blog com mensagens racistas sobre estudantes provoca revolta em universidade do Rio

Estudantes da UniCarioca, no Rio, foram insultados em post com conteúdo preconceituoso no último sábado. ‘O racismo é nojento’, diz estudante

No G1 Rio

O conteúdo racista de um blog tem provocado revolta entre os alunos da UniCarioca, uma universidade particular do Rio de Janeiro. Na mensagem, o autor diz estar “incomodado com o tipo de gente” que tem visto circular pelo local. Ele reclama que a universidade deixou de ser frenquentada pela “elite branca” e que agora só vê “apenas negros e mestiços, que entram por cota, Prouni e Fies.”

(mais…)

Ler Mais