Religião é poder: pela liberdade de sermos feministas religiosas

Simony dos Anjos*, no Justificando

A primeira vez que me dei conta que a Religião versava mais sobre poder  do que da relação com o Sagrado, foi em uma aula de Antropologia do primeiro ano do curso de Ciências Sociais. Estudávamos os primeiros antropólogos do século XIX e o que me chamou a atenção foi a comparação entre a “religião imanente”  dos “povos primitivos” que viam deuses nas pedras, rios, árvores e animais, com a “religião transcendente cristã” e europeia. (mais…)

Ler Mais

Aprovação de agrotóxicos pode sair das mãos dos cientistas e parar no colo dos políticos

Por Eduardo Militão, The Intercept Brasil

O governo federal e o Congresso podem acelerar uma fila silenciosa que afeta diretamente a saúde: o processo de liberação de agrotóxicos. A bancada ruralista tem como prioridade a votação de um Projeto de Lei que acaba com o poder de veto de órgãos técnicos como a Anvisa e o Ibama na aprovação dos componentes químicos. Uma comissão com nomes indicados politicamente passaria a dar as cartas. Em paralelo, o Ministério da Agricultura já implementa um projeto de informatização da análise dos produtos. Ele pode reduzir o tempo de tramitação dos atuais quatro a cinco anos para dois. (mais…)

Ler Mais

Aula inaugural da ENSP debate insegurança alimentar nesta segunda-feira (12/3)

No Informe Ensp

“Metade da humanidade não come; a outra metade não dorme, com medo da que não come”. Foi com essas palavras certeiras que o médico, geógrafo, nutrólogo e pensador brasileiro Josué de Castro começou a chamar a atenção do Brasil e do mundo para uma de nossas grandes mazelas: com uma das mais pujantes agriculturas do planeta, éramos um país faminto. A aguerrida e longa luta de nomes como Josué, Betinho, entre outros, e a lenta institucionalização de políticas de combate à fome fez com que, há pouco tempo, o Brasil saísse pela primeira vez do Mapa da Fome da ONU. (mais…)

Ler Mais

MPF/PB inicia atuação em favor da comunidade Paraisópolis, em Cabedelo

Saúde, cadastro em programas sociais e coleta de lixo foram principais reivindicações feitas à Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão

Procuradoria da República na Paraíba

Na manhã de quinta-feira (8), o Ministério  Público Federal (MPF) na Paraíba (PB), por meio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão, visitou a comunidade Paraisópolis, localizada em Cabedelo (PB), litoral norte do estado. Durante a visita, os moradores solicitaram a atuação do MPF em favor das 47 famílias que compõem a comunidade. (mais…)

Ler Mais

Em MG, atingidos tem conquista histórica

Com a presença majoritária de mulheres atingidas por barragens, em Minas Gerais, foi celebrada neste dia (8) de março uma conquista histórica para o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB)

No MAB

Foi assinado, no Palácio da Liberdade, na presença do governador Fernando Pimentel, o termo de cooperação técnica para execução do projeto veredas sol e lares, proposta apresentada pela Associação Estadual de Defesa Ambiental e Social-AEDAS e consagrada vencedora do chamamento público n° 01/2017 da CEMIG/ANEEL. (mais…)

Ler Mais

Exames apontam que atingidos pela Samarco estão contaminados por níquel e arsênio

Amostras coletadas no município de Barra Longa (MG) indicam contaminação no sangue de população atingida

No MAB

A pequena Sofya tinha apenas 10 meses de vida quando a barragem da Samarco se rompeu em Mariana (MG) e atingiu Barra Longa (MG), em novembro de 2015. Desde então, Sofia vem sofrendo com alergias, manchas na pele, dificuldades respiratórias e dores nas pernas. A situação piorou a partir de julho de 2016, conforme atesta o registro de entradas e saídas em postos de saúde e hospitais, as receitas médicas e as datas de reclamação na Samarco. O principal motivo seria o fato da Prefeitura Municipal de Barra Longa, por meio de uma empreiteira contratada, ter utilizado rejeitos de minério para o calçamento de ruas, incluindo a Santa Terezinha, local onde mora Sofya e sua família. (mais…)

Ler Mais

ES – Perícia vai averiguar condições degradantes de trabalho em fazendas do Incaper

Por Fernanda Couzemenco, Século Diário

A insalubridade e os riscos a que estão expostos diariamente os servidores que atuam nas fazendas do Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural (Incaper) serão averiguados por uma perícia judicial, determinada pelo juiz Thiago Albani Oliveira Galvêas, da Comarca de Linhares, norte do Estado. (mais…)

Ler Mais

MPF se reúne com pescadores e indígenas em Oiapoque-AP

Encontros ocorreram no final de fevereiro

Ministério Público Federal no Amapá

O Ministério Público Federal esteve, no fim de fevereiro, em Oiapoque-AP, distante 590 km da capital, Macapá, para reuniões com líderes indígenas e representantes de pescadores. Na oportunidade, o procurador da República Antonio Diniz, titular da Procuradoria da República no Município de Oiapoque, participou da assinatura de um Termo de Compromisso (TC) entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Colônia de Pescadores de Oiapoque. O termo, intermediado pelo MPF, regula a pesca de pequeno porte e de tainha nas águas do Parque Nacional do Cabo Orange.  (mais…)

Ler Mais

Águas de março

”Água sagrada e bendita, dai-me licença e inspiração, preciso escrever uma canção, ou quem sabe uma oração, para exaltar tua valiosa existência, desde o momento da criação”

Associação União das Aldeias Apinajé-Pempxà

Nesses dias que antecedem a realização do 8º Fórum Mundial da Água – FMA, que será realizado no período de 18 a 23 de março de 2018 em Brasília – DF, alguns veículos de comunicação passaram a divulgar reportagens e entrevistas com especialistas e gestores de órgãos públicos responsáveis pela implementação das políticas dos recursos hídricos. Em suas falas esses gestores estão orientando à população para o uso moderado e racional para não faltar água. Algumas rádios ainda estão veiculando em suas programações campanhas e informes publicitários recomendando às populações urbanas e rurais para que economizem e não desperdicem água. O discurso falacioso de uso racional da água ecoa também nas tribunas da Câmara e Senado Federal, aonde alguns parlamentares da bancada ruralista se contradizem falando de preservação de mananciais e conservação da água, mas por outro lado atuam contra a legislação ambiental.  Esses mesmo parlamentares da bancada ruralista votaram pela afrouxamento do Código Florestal e alguns são acusados de desmatar e envenenar áreas de nascentes e mananciais hídricos. (mais…)

Ler Mais