Salgueiro, a cidade que ficou no meio do caminho

Por , no The Intercept Brasil

Os caminhões e o maquinário parado às margens da BR-232, nos quilômetros que dão acesso a Salgueiro, sertão de Pernambuco, são como a foto desbotada de um futuro que não chegou. Distante 518 quilômetros do Recife, o município, conhecido como a “encruzilhada do Nordeste” por ser praticamente equidistante de quase todas as capitais da região, entrou na rota do desenvolvimento quando a ferrovia Transnordestina e a transposição do rio São Francisco começaram a ser construídas. Os dois projetos federais, que se encontram dentro da cidade, levariam desenvolvimento e água aos sertanejos. Mas as promessas ficaram no meio do caminho. (mais…)

Ler Mais

República de Curitiba: Estudo detalha origem oligárquica de Moro, Dallagnol e Santos Lima

Segundo pesquisa da UFPR, ‘nepotismo e familismo explicam atraso, falta de justiça e desigualdades’ no Paraná

Por André Barrocal, na Carta Capital

O procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, um dos rostos mais famosos da força-tarefa da Operação Lava Jato, gosta de usar o Facebook para comentar a investigação. Em 23 de abril, compartilhou um artigo do jornal gaúcho Zero Hora que teorizava que a operação só seria possível em Curitiba. Em São Paulo, a grana não deixaria. No Rio, o problema seria a malandragem. Em Porto Alegre, a ideologia. (mais…)

Ler Mais

El dictador y el botón de “me gusta”: cómo la imagen de Kim Jong-un desafía a la democracia. Por Eliane Brum

No El País

Kim Jong-un, dictador de un país donde la gente casi no tiene acceso a Internet, ha realizado una hazaña que solo es posible en tiempos de la Red. De repente, el ogro del planeta consigue me gusta del mundo. Y su versión más simpática y rotunda ocupa todas las pantallas durante varios días. Es un caso fascinante de cambio de imagen, ya que había terminado el 2017 como un tirano loco. Y, en abril de 2018, se convierte en una especie de Shrek de la geopolítica internacional. Es posible entender por qué el encuentro entre las dos Coreas se considera un momento histórico. Pero hoy la historia quizá sea la de que Kim Jong-un ha conseguido expandir al mundo democrático, a una velocidad que solo Internet permite, la propaganda que se inyecta a los norcoreanos por las retinas día tras día desde los tiempos de su abuelo. Sin cambiar su vestimenta, pero ampliando la sonrisa de emoticono del retrato oficial. (mais…)

Ler Mais

Regularização de duas TIs, mudança na Funai e Parecer 001: o que o governo Temer fez no Abril Indígena

Por Mobilização Nacional Indígena (MNI)

No contexto onde há 836 terras indígenas a serem demarcadas no Brasil, e com mais um presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai) imposto e deposto pela bancada ruralista, em pleno Abril Indígena, a publicação do Relatório Circunstanciado da TI Pankará e a homologação da TI Baía do Guató não melhoraram a imagem de um governo que em dois anos aprofundou a crise da política indigenista estatal com marco temporal, cortes orçamentários, loteamento da máquina pública a partidos aliados e precarização do direito à terra. (mais…)

Ler Mais

Žižek: A atualidade de Marx

Por Slavoj Žižek, no blog da Boitempo

Quando penso no bicentenário de Karl Marx comemorado este ano, logo me ocorre uma deliciosa piada soviética sobre a rádio Yerevan. Um ouvinte pergunta: “É verdade que Rabinovitch ganhou um carro novo na loteria?”. E a rádio responde: “A princípio, é verdade, sim. Só que não foi um carro novo, foi uma bicicleta velha, e ele não ganhou ela, ela lhe foi roubada.” Não seria possível dizer que algo semelhante não vale também para o destino do ensinamento de Marx hoje, 200 anos após seu nascimento? (mais…)

Ler Mais

Unasul: ‘Não fortalecer a integração regional implica em retrocessos que têm impactos diretos sobre a vida e a saúde das pessoas’

Por André Antunes, na EPSJV/Fiocruz

O Brasil faz parte de um grupo de seis países que anunciou, no dia 19 de abril, a suspensão por tempo indeterminado da sua participação na União das Nações Sul-Americanas (Unasul). A decisão, tomada em conjunto com os governos de Argentina, Peru, Colômbia, Chile e Paraguai, foi motivada por um impasse que vem se desenrolando há mais de um ano na Unasul, em torno da falta de consenso a respeito da indicação do embaixador argentino José Octávio Bordón como novo secretário-geral do organismo. (mais…)

Ler Mais

MPF vai apurar nomeação de Segovia, ex-diretor-geral da PF, para cargo na Itália

Por André Richter – Repórter da Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) decidiu apurar como foi a nomeação do ex-diretor-geral da Polícia Federal (PF) Fernando Segovia como adido policial na Embaixada do Brasil na Itália. Os detalhes do procedimento não foram divulgados oficialmente. Segovia foi nomeado para o cargo em fevereiro, após o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, assumir o cargo e mudar o comando da Polícia Federal. (mais…)

Ler Mais