“Nós seremos tudo que a gente precisa”: breve relato da participação Munduruku e Arapium do Baixo Tapajós no ATL 2018

Por Giuliana Henriques para Combate Racismo Ambiental

Os indígenas do Baixo Tapajós seguiram de ônibus saindo de Santarém, rumo à Brasília, com o apoio do  Conselho Indigenista Missionário – CIMI. Uma longa viagem de 4 dias para desembarcar em Brasília e montar pela primeira vez uma barraca, onde dormiriam durante a participação no Acampamento Terra Livre (ATL) 2018. Alguns jovens indígenas nunca tinham saído de Santarém e ansiavam para saber o que os esperava. (mais…)

Ler Mais

Michael Löwy: O romantismo revolucionário de Maio de 1968

O espírito romântico de Maio de 1968 não é composto somente de “negatividade”. Ele está carregado também de esperanças utópicas, de sonhos libertários e surrealistas, de “explosões de subjetividade”. A reivindicação do direito à subjetividade estava inseparavelmente ligada à impulsão anticapitalista radical que cruzava, de um lado a outro, o espírito de Maio de 1968.

Por Michael Löwy, no Blog da Boitempo

O espírito de 1968 é uma poderosa bebida, uma mistura apimentada e embriagadora, um coquetel explosivo composto de diversos ingredientes. Um de seus componentes – e não o menor deles – é o romantismo revolucionário, isto é, um protesto cultural contra os fundamentos da civilização industrial-capitalista moderna e uma associação, única em seu gênero, entre subjetividade, desejo e utopia – o “triângulo conceitual” que, segundo Luisa Passerini, define 19681. (mais…)

Ler Mais

Carta Aberta de Apoio ao Quilombo Mesquita

O Coletivo Verdade Negra (CVN), as instituições parceiras e apoiadores do Quilombo Mesquita vêm a público repudiar a atuação ilegal, criminosa e autoritária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) que publicou no Diário Oficial da União de 24 de maio de 2018 a redução do Território Quilombo Mesquita, situado no município de Cidade Ocidental em Goiás, com parte de sua área delimitada no Distrito Federal, sem a necessária consulta livre, prévia e informada prevista pela Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT). (mais…)

Ler Mais

Vergonha: Ministro do STF concede habeas corpus a mandante do assassinato de Dorothy Stang

Missionária foi morta em 2005, em Anapu (PA)

Por O Globo*

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu na quinta-feira habeas corpus ao fazendeiro Regivaldo Galvão, condenado a 30 anos de prisão pelo assassinato da missionária Dorothy Stang, em Anapu (PA), em 2005. Conhecido como “Taradão”, Galvão está preso desde setembro do ano passado. Ele foi condenado em 2010, mas aguardava julgamento de recurso em liberdade até que o STF determinou a revogação do habeas corpus em 2017. (mais…)

Ler Mais

Território quilombola no Recôncavo baiano é reconhecido pelo Incra

Incra/BA

A Superintendência Regional do Incra na Bahia publicou portaria de reconhecimento do Território Quilombola Caônge, Dendê, Engenho da Praia, Engenho da Ponte e Calembá, localizado no município de Cachoeira, região do Recôncavo. O documento consta na edição de 24 de maio do Diário Oficial da União. No território, composto por cinco comunidades, vivem 83 famílias remanescentes de quilombos, em uma área reconhecida de 973 hectares. (mais…)

Ler Mais

Casa Pública – Amanhã: bate-papo com pescadores sobre a Baía de Guanabara

Evento terá experiência em 360, bate-papo com pescadores da Baía de Guanabara e workshop sobre realidade virtual

Casa Pública

A Agência Pública lançou na última semana o especial Baía 360°, a primeira série investigativa em realidade virtual do Brasil. Com uma câmera 360°, a equipe navegou pelas águas da Baía de Guanabara, investigando as questões sociais e ambientais que atingem o maior cartão postal do Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Sob cerco evangélico, guarani-kaiowás sofrem com intolerância no Mato Grosso do Sul

Avanço pentecostal dentro das comunidades indígenas tem violado direito constitucional da liberdade de culto

Emilly Dulce, Brasil de Fato

A intolerância religiosa e o avanço evangélico pentecostal têm crescido no país, inclusive dentro de comunidades indígenas. Uma das regiões mais afetadas é o Mato Grosso do Sul, onde só nos primeiros meses de 2018, o número de denúncias à Justiça de casos de intolerância religiosa aumentou 800% em comparação a todo o ano de 2017, segundo dados da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Coordenadoria de Igualdade Racial. (mais…)

Ler Mais