Impedido de ver Lula, assessor do Papa denuncia perseguição política

Assessor do papa Francisco para Assuntos de Justiça e Paz, Juan Grabois foi impedido pela Superintendência da Polícia Federal de trazer uma mensagem do pontífice ao ex-presidente Lula, sob o argumento de que não é líder religioso; “Me surpreende que o argumento das autoridades tenham finalidade teológica. Pela doutrina católica, todos nós, batizados, somos discípulos e missionários e temos uma missão a cumprir”, disse, denunciando; ele denunciou “claro caso de perseguição política” e “deterioração da democracia” no Brasil; Grabois trouxe um rosário para Lula, presente de Francisco

No Brasil 247 (mais…)

Ler Mais

“Estamos com dificuldade de trabalhar com o Parecer da AGU”, afirma ministro da Justiça sobre demarcações paralisadas

Questionado por indígenas da Bahia, ministro respondeu que Parecer 001/2017 da AGU generaliza uma “decisão muito específica” e dificulta demarcações

Por Guilherme Cavalli e Tiago Miotto, no Cimi

Em reunião na última quinta-feira (07), quando recebeu uma delegação indígena de povos da Bahia, Torquato Jardim, ministro da Justiça, afirmou estar com dificuldades de trabalhar para a demarcação de Terras Indígenas devido o Parecer 001/2017 da Advocacia-Geral da União (AGU). Torquato assumiu os entraves do parecer após lideranças do povo Tupinambá cobrarem explicação do retorno de relatórios circunstanciados do MJ à Fundação Nacional do Índio (Funai). (mais…)

Ler Mais

BA – Candeias: Vazamento em oleoduto da Petrobras causa danos a manguezal; pescadores reclamam

No G8News

Moradores da comunidade de Rio do Cunha, na região de Candeias (BA), denunciaram à redação do G8News, na manhã deste domingo (10), o vazamento de um duto da Petrobras que espalhou grande quantidade de óleo no Rio São Paulinho, provocando danos ambientais e prejudicando a atividade de pescadores e marisqueiras, que sobrevivem da pesca artesanal e extração de mariscos no local. (mais…)

Ler Mais

OIT pede que Brasil explique impactos da Reforma Trabalhista, diz MPT. Por Leonardo Sakamoto

No Blog do Sakamoto

A Organização Internacional do Trabalho pediu que o governo brasileiro envie mais explicações sobre os impactos da aplicação da Reforma Trabalhista até o mês de novembro para que possa avaliar se ela fere a Convenção 98, que trata do direito de sindicalização e negociação coletiva. A entidade ainda não decidiu se a reforma está de acordo ou contra as normas internacionais ratificadas pelo país, ao contrário do que circula nas redes sociais. (mais…)

Ler Mais

Mortes recentes de índios isolados trazem à tona velhos traumas do contato

A morte de uma mulher Awá na floresta amazônica é um exemplo de sua luta pelo direito de permanecer isolada em sua terra

Por Lola Hierro, El País Brasil

Jakarewyj exalou o último suspiro em sua rede, em algum dia de 2017. Sua irmã Amakaria a encontrou inerte; não soube dizer quando havia partido. Com sua morte, essa mulher indígena Awá pôs fim a uma vida de luta durante a qual só pediu para que a deixassem viver isolada na Terra Indígena Caru, em plena Amazônia brasileira. Passou seus últimos dois anos como refém de gripe e da tuberculose, doenças respiratórias trazidas por madeireiros ilegais que extraem seus preciosos recursos naturais. Em outras partes do mundo essas doenças podem ser tratadas e curadas, mas para ela foram mortais porque seu sistema imunológico não estava preparado. (mais…)

Ler Mais

Onde está o seu autoritarismo?, por Cândido Grzybowski

do Ibase

Na última quinta feria, dia 7 de junho, a convite do Clube de Engenharia, participei do Painel “Direitos civis e inclusão social”. Foi o quarto de uma série organizada pelo Clube e junto com o Comitê Fluminense do Projeto Brasil Nação, louvável iniciativa dado o momento que viemos. Está difícil até para reencontrar os elos que podem nos conectar e mobilizar nesta conjuntura política altamente desagregadora. Somos uma espécie de “velha guarda da cidadania” em alerta e busca, mas a falta de esperança está estampada no ar e parece maior do que a indignação com tudo o que está acontecendo no Brasil. (mais…)

Ler Mais

‘Não foi acidente, foi crime’, afirma procurador da República de Minas Gerais

Por Fernanda Couzemenco, Século Diário

“Não foi acidente, foi crime!”. A afirmação, do procurador da República em Minas Gerais (MPF/MG) Helder Magno da Silva, foi aplaudida, na tarde dessa sexta-feira (8), pelos palestrantes e ouvintes do painel dedicado a discutir as implicações legais do rompimento da Barragem de Fundão, da Samarco/Vale-BHP, em Mariana/MG, ocorrido no dia cinco de novembro de 2015. (mais…)

Ler Mais

Reator nuclear anunciado pelo Governo Federal em Iperó teve licença ambiental anulada pela Justiça Federal

Na ação, MPF recorre para que obra anunciada por Temer na última sexta-feira (8/6) seja autorizada pelo Congresso Nacional

Procuradoria da República no Estado de S. Paulo

Na última sexta-feira (8/6), no Centro Experimental Aramar, mantido pela Marinha do Brasil, na Floresta Nacional de Ipanema, em Iperó, o presidente Michel Temer lançou a pedra fundamental do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB) e anunciou o início dos testes de integração dos turbogeradores do Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica.  (mais…)

Ler Mais

Corta a trompa da Geni

Por Maria Luiza Franco Busse

Ui, essa doeu. E mais ainda sabendo que foi com anestesia. Achou esquisito doer com anestesia? Explico: apagada, sem chance de defesa, e quando acordou, já era. Dói na dignidade.

Aconteceu com Janaína, moradora de rua da cidade paulista de Mococa. Um procurador e um juiz da região, pagos com o dinheiro público para trabalhar, acreditam que o problema da pobreza se resolve acabando com o nascimento de muitos e decidiram esterilizar Janaína para ela poder transar à vontade na miséria sem produzir mais miseráveis. Pobre Janaína, não sabia que para aqueles estudados homens da Justiça a causa da pobreza era ela. E não é mesmo, Janaína. (mais…)

Ler Mais

Carta pública contra o loteamento político da Fundação Nacional do Índio e o desmonte da política indigenista

Servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai), com apoio de diversas organizações, entre elas a Comissão Pró-Índio de São Paulo, se posicionam publicamente contra o sucateamento e loteamento político do órgão, a desvalorização do corpo técnico e o desmonte da política indigenista por meio de sucessivos cortes orçamentários, agravados no atual Governo. 

Na CPISP

***

Carta pública contra o loteamento político da Fundação Nacional do Índio e o desmonte da política indigenista

Os servidores mobilizados da Fundação Nacional do Índio (Funai), com apoio das organizações indicadas ao final desta carta, vêm a público se posicionar contra o sucateamento e loteamento político do órgão, a desvalorização do corpo técnico e o desmonte da política indigenista por meio de sucessivos cortes orçamentários, agravados no atual Governo. Diante da repercussão de reportagem do jornal O Estado de S. Paulo(1), reveladora de áudios que sugerem a tentativa de favorecimento de empresas por meio da aquisição irregular de equipamentos, e da subsequente exoneração do até então Diretor de Administração e Gestão da Funai(2) vimos repudiar a ingerência de interesses alheios ao indigenismo na instituição e exigir a indicação, para assumir a Diretoria em questão, de um(a) servidor(a) do próprio quadro técnico efetivo do órgão ou pessoa com expertise técnica compatível com as atribuições do cargo. (mais…)

Ler Mais