A crise dos governos progressistas, 40 anos depois da queda do socialismo real, e a falta de clareza política da esquerda. Entrevista especial com Paulo Kliass

por Patricia Fachin, em IHU On-Line

A crise dos governos progressistas latino-americanos que ascenderam ao poder depois dos anos 2000 está relacionada a processos políticos e momentos históricos anteriores, como a eleição de partidos de esquerda na Europa na década de 1980 e suas políticas pragmáticas, e a derrota da experiência do socialismo real e a hegemonia do capitalismo, poucos anos depois. Essa avaliação é feita pelo economista Paulo Kliass, ao rebater as análises de que os chamados governos progressistas da América Latina não foram de fato governos de esquerda. “Se quisermos pensar os casos dos países latino-americanos nesses últimos anos, é difícil dizer que houve um projeto claro que poderíamos chamar de progressista, o qual era limitado intencionalmente; o processo é o contrário. Não existia um projeto e, por não existir uma clareza, cada país com sua particularidade teve governos limitados justamente pela questão de uma necessidade pragmática de estabelecer o governo”, resume. (mais…)

Ler Mais

Eleições: Três tendências e um grande erro

Projeto do golpe está derrotado junto à sociedade. Chances de reverter os retrocessos crescem. Porém, esquerdas fazem cálculos eleitorais pequenos, desperdiçam possibilidade real de mobilização e abrem espaço para Bolsonaro

Por Antonio Martins | Vídeo: Gabriela Leite, em Outras Palavras

Saiu neste domingo uma nova pesquisa Datafolha sobre as intenções de voto para a Presidência. Os números revelam quatro grandes tendências, que à primeira vista seriam claramente favoráveis a uma mudança de rumos – ou seja, a reverter a agenda de retrocessos imposta ao país desde o golpe de 2016. Porém, esta grande oportunidade pode ser perdida: as forças que deveriam estimular esta virada estão sem estratégia clara ou presas a um cálculo eleitoral mesquinho, que desperdiça a potência revelada pela pesquisa. (mais…)

Ler Mais

Milhões de adultos sem emprego e crianças ainda trabalham, diz Nobel da Paz. Por Leonardo Sakamoto

no blog do Sakamoto

”Em um mundo onde há 210 milhões de adultos sem emprego, por que 152 milhões de crianças estão envolvidas em trabalho infantil?”

A pergunta do indiano Kailash Satyarthi – que recebeu o Prêmio Nobel da Paz, em 2014, por sua luta contra o trabalho escravo e infantil – pode ser respondida de diversas formas. Cada uma delas capaz de provocar mais vergonha que a outra: porque crianças são mais facilmente exploradas, porque paga-se menos a crianças, porque não se garante condições para as famílias pobres. Vale para o mundo, mas também ao Brasil. (mais…)

Ler Mais

Funcionários de Itaipu comemoram incêndio em casas de indígenas

por Amanda Audi, em The Intercept Brasil

Em uma fotografia, dois funcionários da Itaipu Binacional apertam as mãos enquanto uma casa de madeira arde em chamas altas atrás deles. Outra imagem mostra os servidores perto de uma caminhonete com a logomarca da Itaipu na porta. Um deles está escorado no veículo e olha para a câmera, como se estivesse posando. Mais uma vez, uma construção envolta em fumaça aparece ao fundo. Inéditas, as fotos revelam uma faceta praticamente desconhecida da construção da hidrelétrica: funcionários colocavam fogo em ocas de índios guarani que viviam na região de Foz do Iguaçu, no Paraná, para expulsá-los do local. (mais…)

Ler Mais

Corregedorias do TJ e MP vão apurar esterilização de moradora de rua

Laqueadura foi determinada por juiz de São Paulo a pedido do MP

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

A Corregedoria Geral da Justiça do Tribunal de Justiça de São Paulo abriu ontem (11) procedimento para apurar a denúncia de que um juiz da comarca de Mococa (interior paulista) autorizou a esterilização (laqueadura) compulsória de uma moradora de rua sem o acompanhamento de um advogado ou de um defensor público. O caso foi revelado no último sábado em uma coluna publicada no jornal Folha de S. Paulo. A Corregedoria do Ministério Público também instaurou nesta segunda-feira uma reclamação disciplinar para apurar o caso. (mais…)

Ler Mais

Três trabalhadores morrem em explosão no frigorífico do deputado Alfredo Kaefer (PP-PR)

Tido como rei do baixo clero, membro da bancada ruralista é o parlamentar mais rico; apesar das dívidas com a União, ele foi artífice e líder da “bancada do Refis” no Congresso

Por Igor Carvalho, em De Olho nos Ruralistas

Três trabalhadores morreram após uma explosão na última terça-feira (05/06) em uma das máquinas da Dip Frangos S.A., em Capanema (PR). A empresa pertence ao Grupo Diplomata, do deputado ruralista Alfredo Kaefer (PP-PR), líder do baixo clero na Câmara e membro atuante da bancada ruralista. (mais…)

Ler Mais

Guatemala: Se agudiza la violencia contra líderes indígenas

En Guatemala han sido asesinados seis líderes comunitarios en menos de un mes. La nación convulsiona en medio de tragedias como la erupción del volcán de Fuego

Por Miguel Salay, en Servindi

HispanTV, 9 de junio, 2018.- Guatemala convulsiona en medio de problemas de extrema violencia como el asesinato de seis líderes comunitarios en menos de un mes, las dos organizaciones a las que pertenecían los campesinos son: El Comité de desarrollo Campesino (Codeca) y el Comité Campesino del Altiplano (CCDA) quienes responsabilizan al presidente Jimmy Morales. (mais…)

Ler Mais

De grilagem a trabalho infantil: surgem novos crimes de Bernardo Paz, idealizador do Inhotim

Por Bruna de Lara, no The Intercept Brasil

Faz menos de um ano que o reinado de Bernardo de Mello Paz ruiu. Em agosto, o idealizador do Instituto Inhotim, maior museu a céu aberto da América Latina, foi condenado em primeira instância a nove anos de prisão por lavagem de dinheiro. Quatro meses depois, já longe da presidência do Inhotim, o empresário foi condenado a outros cinco anos por evasão fiscal. Agora, uma investigação da revista Bloomberg Businessweek, assinada pelo repórter Alex Cuadros, autor do best seller Brazillionaires, revela novidades: a fortuna que colocou a cidade mineira de Brumadinho no circuito da arte mundial foi construída à base de trabalho infantil e escravo, desmatamento ilegal e grilagem de terras. (mais…)

Ler Mais