Sobre o “pacto pela democracia”. Por Luís Felipe Miguel

Do Facebook

Nem estava com ânimo de falar sobre o tal “pacto pela democracia”. Bate tristeza ver que tantas organizações com trajetórias em geral vinculadas à esquerda foram seduzidas por algo tão hipócrita. Eu me pergunto o que pessoas como Sâmia Bonfim e Eduardo Suplicy estavam fazendo no lançamento da coisa, junto de gente do PSDB, do Novo, do PPS, da Rede. Deve ser a velha tentação de mostrar que “sou de esquerda, mas sou limpinho”. (mais…)

Ler Mais

Mino Carta: A Medusa

No Contexto Livre

Caravaggio escolhia seus modelos nas ruas, desde um grupo de jogadores de baralho reunidos à volta da mesa de uma estalagem do arrabalde até a cortesã Fillide Melandroni, iguaria de príncipes e cardeais, personagem de várias telas, entre elas Judite e Horofernes. De outro nível era a prostituta com a qual viveu por dois anos, modelo para duas Madonne, a dos palafreneiros e a dos peregrinos. Formosa de traços mediterrâneos, tinha um filho dos seus 5 ou 6 anos, em nada parecido com o icônico Menino Jesus e, no entanto, designado para o papel pelo pintor. Não sei da modelo da Medusa conservada em Florença nos Uffizi, mas ouso supor que a presidente do Supremo Tribunal Federal funcionaria a contento. (mais…)

Ler Mais

Ato público pela desintrusão da TI Pankararu ocorre nesta segunda, dia 18, em Recife (PE)

O ato público ocorre nesta segunda, às 8 horas, na frente da Assembleia Legislativa de PE, para sensibilizar os desembargadores do TRF-5 que devem decidir pela continuidade ou não da desintrusão

No Cimi

O povo Pankararu convocou um ato público para esta segunda-feira, dia 18, às 8 horas, na frente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, em Recife, para sensibilizar os desembargadores do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região que deverão julgar, nos próximos dias, o mérito de um agravo de instrumento que interrompeu a retirada dos ocupantes não-indígenas do território tradicional Pankararu demarcado há mais de 30 anos. (mais…)

Ler Mais

Teia de Povos e Comunidades Tradicionais do MA denuncia empresas durante 8ª edição do Encontrão

Teia aponta o nome de empresas com empreendimentos, sejam eles em parceria com o governo do Maranhão ou o governo federal, que avançam sobre territórios tradicionais

Por Ana Mendes, para o Cimi Regional Maranhão

O VIII Encontrão da Teia de Povos e Comunidades Tradicionais do Maranhão aconteceu na comunidade sertaneja Gostoso, município de Aldeias Altas. Sob o lema Retomar Nossas Raízes com Luta e Resistência, Defendendo a Vida e o Bem Viver cerca de 400 lideranças vindas da região da Baixada Maranhense, dos Cocais, do Sul e do Norte reuniram-se durante três dias para debater temas relativo às ameaças sofridas por comunidades que estão em luta por território. Diferentes contextos, mas com denominadores em comum se evidenciam quando o assunto é a terra. A carta pública lançada ao término desta edição do Encontrão, que acontece duas vezes ao ano, aponta o nome de empresas com empreendimentos privados ou público-privados, sejam eles em parceria com o governo do Maranhão ou o governo federal, que estão avançando sobre territórios tradicionais e originários. (mais…)

Ler Mais

No Brasil, mobilidade social é um conto de fadas para acalmar os pobres. Por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

Para que os descendentes de um casal de brasileiros que está entre o 10% mais pobre atinjam o rendimento médio do país seriam necessárias nove gerações. Esse dado pertence a um estudo sobre mobilidade social organizado pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), divulgado nesta sexta (15). Entre 30 países analisados, o Brasil só não é pior do que a Colômbia nesse quesito. (mais…)

Ler Mais

Supremo pode ter retirado a competência de Sergio Moro

Por Aury Lopes Jr. e Alexandre Morais da Rosa, no Conjur

O jogo virou: acompanhe a lógica do raciocínio e das consequências:

1. A 13ª Vara Federal de Curitiba se declarava competente por prevenção e conexão probatória para julgar os casos decorrentes da “lava jato”, excluídos os investigados/acusados com prerrogativa de função. Criou até uma competência “conglobante” ou “esponja”, porque absorveu até o que não lhe era devido. (mais…)

Ler Mais

Marun defende chefe da Funai por emitir ‘certificado de caciques’ em MS

Ministro minimizou polêmica com Paulo Rios, coordenador do órgão na Capital

Por , no Midiamax

Ex-assessor do ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), o coordenador regional da Funai em Campo Grande, Paulo Rios Júnior, se envolveu em polêmica por emitir “certificados de reconhecimento” a caciques indígenas no Estado. A medida gerou críticas de antropólogos e indigenistas do órgão. (mais…)

Ler Mais

PFDC destaca papel da educação para a garantia de direitos no campo

“A escola tem papel central nesse desafio, pois é a partir dela que se poderá apresentar as narrativas, saberes e conhecimentos até então silenciados – fruto de uma sociedade fortemente marcada pelo colonialismo, a escravidão e o patriarcado, e que estabeleceu uma cultura de privilégios para um determinado grupo e de exclusão para outros”.

PFDC

O papel da educação para a garantia de direitos no campo foi tema central do ato realizado quinta-feira (14/6), em Brasília, durante o encontro nacional que celebra os 20 anos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera). (mais…)

Ler Mais

Ibama identifica e multa em R$ 15,5 milhões os responsáveis pela extração ilegal de 7,3 mil toras na TI Pirititi (RR)

O Ibama identificou os responsáveis pela extração ilegal de 7.387 toras da Terra Indígena (TI) Pirititi, no sul de Roraima, apreendidas pelo Instituto em abril deste ano. O furto danificou 1.372 hectares de floresta nativa da Amazônia. Os agentes ambientais aplicaram oito autos de infração, que totalizam R$ 15,5 milhões, contra duas madeireiras e dois proprietários rurais. Na ocasião, foram apreendidos 15,6 mil metros cúbicos de madeira em tora, o maior volume registrado em uma operação no estado.

(mais…)

Ler Mais

Cooperativa condenada por extração de ouro sem licença ambiental, em local de desova de quelônios, deve recuperar áreas degradadas

MPF requer que Coemfam se abstenha de realizar atividades de extração de minérios e recuperar as áreas já degradadas, sob pena de multas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas requereu à Justiça Federal o cumprimento da sentença que condenou a Cooperativa dos Extrativistas Minerais de Manicoré (Coemfam) a implementar uma série de medidas compensatórias aos danos ambientais causados pela extração de minério de ouro, realizada sem licença ambiental, em área localizada na margem esquerda do rio Madeira, próxima à Ilha de São João, local de desova de quelônios. O processo foi iniciado a partir de ação civil pública, ajuizada pelo MPF em 2014.

(mais…)

Ler Mais