‘Não deveríamos restringir os agrotóxicos?’: Associação de Agroecologia questiona PL para restringir venda de orgânicos

por Giovana Fleck, em Sul21

Junho de 2018 foi o mês da copa. O mês da greve dos caminhoneiros, das filas em postos de combustíveis, do frenesi do consumo para estoque. Foi também o mês de aniversário das jornadas de junho de 2013. E, no meio de tudo isso, terminou como o mês de aprovação do chamado Pacote do Veneno e do PL 4.576/16 por comissões na Câmara dos Deputados. (mais…)

Ler Mais

O voto mais barato do mercado: com André Luiz Lima de Manguinhos

por Edilano Cavalcante*, em RioOnWatch

A cada dois anos as favelas se tornam palcos de disputas e atenção para políticos fluminenses de âmbito municipal ou estadual. Embora entre uma eleição e outra nossas favelas permaneçam precisando de atenção nos velhos e conhecidos dilemas sociais (como saúde, educação, moradia, saneamento básico, enchentes, tiroteios, etc.), esses problemas só se tornam importantes na boca de políticos quando eles precisam usar essas carências para construir seus discursos de salvadores da pátria, criadores dos melhores planos e promessas, dizendo que irão garantir tudo o que a favela sempre pediu e nunca foi atendida. (mais…)

Ler Mais

O discurso da modernização levará ao desmonte do sistema regulatório dos agrotóxicos. Entrevista especial com Fernando Carneiro

por Patricia Fachin, em IHU On-Line

A decisão favorável da Comissão Especial da Câmara dos Deputados ao Projeto de Lei nº 6.229/2002, que propõe a simplificação do registro de agrotóxicos no país, “vai representar, para o Brasil, um retrocesso de 30 anos em relação ao que podemos considerar como cuidados necessários em termos de saúde e meio ambiente”, avalia Fernando Carneiro, pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz – Fiocruz do Ceará, na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line. (mais…)

Ler Mais

Mandatos compartilhados, papel e limites

Diante do desencanto com as instituições, multiplicam-se as iniciativas que criam, em torno dos parlamentares, pequenas comunidades. Mas a saída será efetiva, sem reforma política?

Por Saulo Francisco Paganela e Keli Magri*, em Outras Palavras

O surgimento de novas tecnologias associado a uma mudança de cultura tem provocado uma nova consciência na forma de consumo e de comportamento na sociedade. A tendência agora é compartilhar. (mais…)

Ler Mais

CPT NE 2 celebra 30 anos de vida em defesa dos povos da Terra

Neste ano de 2018, a Comissão Pastoral da Terra Regional Nordeste 2 celebra 30 anos de vida dedicada ao serviço educativo, pastoral, de acompanhamento e solidariedade a comunidades camponesas dos estados de Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Para comemorar, um Encontro-Celebração será realizado entre os dias 11 e 13 de agosto no Centremar/Seminário Arquidiocesano, na cidade de João Pessoa, estado da Paraíba: mesmo local e data da Assembleia que marcou a fundação da CPT NE 2 há exatos 30 anos

CPT Nordeste II

Aproximadamente 150 pessoas, entre agentes pastorais, religiosos/as, leigos/as, camponeses e camponesas, participarão do encontro que terá como objetivo fazer a memória de ações que marcaram a vida e o serviço da CPT NE2. A presença na luta pela terra e nos conflitos agrários na região; a mística e espiritualidade presentes nas Romarias da Terra; e a homenagem aos/às Mártires da Terra, assassinados/as em conflitos no campo nesses últimos 30 anos, serão algumas das ações abordadas no Encontro. (mais…)

Ler Mais

Chile condena nove militares por morte de músico Víctor Jara em 1973

Cantor foi torturado e teve mãos quebradas no início da ditadura Pinochet

Em O Globo

A Justiça do Chile sentenciou nesta terça-feira nove militares reformados a até 15 anos e um dia de prisão pelo homicídio do músico Víctor Jara em 16 de setembro de 1973, nos primeiros dias da ditadura de Augusto Pinochet, e do ex-diretor de prisões Littre Quiroga Carvajal. O juiz Miguel Vázquez proferiu a primeira condenação para o histórico caso de Jara, após vários anos de uma investigação com o objetivo de determinar qual foi a participação de integrantes do Exército no assassinato do artista. Morto por 44 tiros, Jara era simpatizante de Salvador Allende, presidente que havia sido deposto poucos dias antes, e membro do Partido Comunista. (mais…)

Ler Mais