Quem foi Maria Firmina dos Reis, considerada a primeira romancista brasileira

Helô D’Angelo, na Revista Cult

São Luís, 11 de agosto de 1860. Logo nas primeiras páginas do jornal A Moderação, anunciava-se o lançamento do romance Úrsula, “original brasileiro”. O anúncio poderia passar despercebido, mas algo chamava atenção em suas últimas linhas: a autoria feminina da “exma. Sra. D. Maria Firmina dos Reis, professora pública em Guimarães”. Foi assim, por meio de uma simples nota, que a cidade de São Luís conheceu Maria Firmina dos Reis – considerada a primeira escritora brasileira, pioneira na crítica antiescravista da nossa literatura. (mais…)

Ler Mais

Monocultivo de eucalipto ameaça práticas tradicionais da comunidade quilombola Raíz, em MG

Denúncia sobre ataques à comunidade foram encaminhadas à oito órgãos públicos nesta terça-feira (3)

Franciele Petry Schramm, Terra de Direitos

Após voltarem do I Festival de Apanhadores e Apanhadoras de Flores Sempre-Viva em Diamantina no dia 21 de junho, quilombolas da comunidade Raíz, na cidade de Presidente Kubitschek, em Minas Gerais, tiveram uma desagradável surpresa. Encontraram no território tradicional uma das últimas áreas livres do plantio de eucalipto sendo queimada. A prática do uso do fogo, seguida da utilização de calcário, teve um propósito bem evidente: plantar mais pastagem e eucalipto em uma área que já é devastada pelo monocultivo. (mais…)

Ler Mais

MPF, MPT e DPU recomendam melhorias no acolhimento a indígenas venezuelanos em Santarém (PA)

Recomendação foi encaminhada a órgãos públicos federais, estaduais e municipais

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Defensoria Pública da União (DPU) encaminharam, nesta segunda-feira (02), notificação a vários órgãos públicos em que recomendam melhorias no acolhimento aos indígenas venezuelanos da etnia Warao em Santarém, no oeste do Pará. (mais…)

Ler Mais

MPF-SP denuncia ex-agente do Doi-Codi por assassinato de militante político cujos restos mortais ficaram sem identificação por 47 anos

O militar e o legista que falsificou dados da necrópsia de Dimas Casemiro também são acusados por ocultação de cadáver

Procuradoria da República no Estado de S. Paulo

O Ministério Público Federal denunciou o ex-suboficial do Exército, Carlos Setembrino da Silveira, pelo assassinato do dirigente do Movimento Revolucionário Tiradentes, Dimas Antônio Casemiro, em 17 de abril de 1971, em São Paulo. Também foi denunciado, por falsidade ideológica, o ex-médico legista Abeylard de Queiroz Orsini, que omitiu informações no laudo necroscópico da vítima.  (mais…)

Ler Mais

Especial: Comunidades de fundo e fecho de pasto

Comunidades centenárias veem os rios secando enquanto são ameaçadas de expulsão pelas mesmas fazendas que desviam as águas 

Por Jessica Mota e Carolina Motoki, Repórter Brasil

A Pequena cidade de Correntina, no oeste baiano, ganhou o noticiário nacional em novembro de 2017, no dia de finados. Indignados com a ameaça de sumiço do rio Arrojado, mais de mil camponeses decidiram colocar fogo nas bombas que puxam água do rio para irrigar a fazenda Igarashi, com 2.539 hectares de plantação de feijão e outros cultivos. A resposta do estado da Bahia foi rápida, com a criação de uma força tarefa para encontrar culpados pelo levante. A fazenda Igarashi enviou carta aos órgãos públicos em que reforçava a necessidade de punição aos “planejadores e financiadores da invasão”, como demonstração de que “o Estado da Bahia é seguro para se empreender e produzir de forma sustentável” (íntegra do comunicado). (mais…)

Ler Mais

Lixo químico põe em risco o abastecimento de 12 milhões de pessoas no Rio de Janeiro

Resíduos produzidos pela empresa CSN são acumulados há anos em terreno próximo à margem do rio Paraíba do Sul, o mais importante do estado

por Luciano Velleda, da RBA

Vista de longe, a enorme montanha quase a margem do rio Paraíba do Sul, em Volta Redonda (RJ), até parece parte natural da paisagem. Ledo engano. A formação cinza é na verdade resíduo siderúrgico, chamado de escória de aciaria, e sua presença tão perto do rio representa uma ameaça ao abastecimento de 12 milhões de pessoas, cerca de 80% da população da região metropolitana do Rio de Janeiro. (mais…)

Ler Mais

Nota de Solidariedade à família de Eduardo Pereira dos Santos, aos quilombolas do Rio das Rãs e ao STTR de Bom Jesus da Lapa

Equipe da CPT do Núcleo da Diocese de Bom Jesus da Lapa divulga Nota sobre o desaparecimento, há 12 dias, de Eduardo Pereira dos Santos, liderança do Quilombo de Rio das Rãs. Confira:

“Dá ouvidos, Senhor a minha oração e atende a voz das minhas súplicas no dia de minha angústia,…

por que tu és grande e operas maravilha” – Salmo 86.6-7; 10.

Na CPT

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) Centro-Oeste da Bahia Núcleo da Diocese de Bom Jesus da Lapa vem se solidarizar com os familiares de Eduardo Pereira dos Santos, com os/as quilombolas de Rio das Rãs e com o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Bom Jesus da Lapa neste momento de angústia e incertezas, mas também de grande esperança e certeza que vocês não estão sozinhos/as. (mais…)

Ler Mais

Multinacionais estimulam dependência de transgênicos no Brasil

Empresas usam poderio econômico e político para aumentar lucros e boicotar agroecologia

Emilly Dulce, Brasil de Fato

A comercialização de transgênicos é monopólio de poucas empresas estrangeiras, que se utilizam do poder econômico e político que detêm para garantir mercado para seus produtos e boicotar, de todas as formas possíveis, a produção agroecológica e familiar. (mais…)

Ler Mais

Defensoria Pública do MS e Funai questionam processos de retirada de crianças indígenas das famílias

Defensoria e Funai alegam violação da lei no MS; juiz diz zelar pelo bem da criança

por Fabiana Cambricoli, em Estadão

DOURADOS (MS) – Indígena da etnia Guarani-Kaiowá e moradora de uma aldeia em Dourados, no interior de Mato Grosso do Sul, Élida de Oliveira, de 48 anos, tinha dado à luz havia apenas oito dias quando teve o bebê levado por agentes de saúde e membros do Conselho Tutelar. Foi acusada de não ser mãe do próprio filho porque ninguém a havia visto grávida na aldeia. (mais…)

Ler Mais