Neoliberalismo: genocídio de almas. Por Marcio Sotelo Felippe

Na Revista Cult Em 1947, uma aprazível localidade suíça, Mont Pelerin, abrigou uma reunião que afetou profundamente o rumo do nosso tempo. Somos todos hoje, de um ou de outro modo, prisioneiros de Mont Pelerin. Ali se iniciou a brutal trajetória do neoliberalismo. O encontro foi organizado pelo economista austríaco Friedrich Hayek, que poucos anos antes … Continue lendo Neoliberalismo: genocídio de almas. Por Marcio Sotelo Felippe