UFGD, Unirio e UFTM não terão os reitores indicados pela comunidade acadêmica, mas os escolhidos pelo governo

Na Carta Capital

Pelo menos três universidades já sofreram intervenção direta do presidente Jair Bolsonaro na nomeação de seus reitores. A primeira delas foi a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Na terça feira 11, o ministro da educação Abraham Weintraub nomeou como reitora  temporária a professora Mirlene Damázio.

(mais…)

Ler Mais

Agentes do Estado invadem universidades em todo o país às vésperas do 2º turno

Políciais federais, PMs e fiscais interrogam professores, vetam atividades, arrancam faixas e apreendem materiais

Por Pedro Ribeiro Nogueira, no Brasil de Fato

Com a proximidade do segundo turno, fiscais de tribunais eleitorais, policiais federais e militares, a mando de juízes ou seguindo a solicitação de estudantes, invadiram universidades públicas em todo o país para interrogar, intimidar e apreender materiais, além de ordenar a retirada de comunicados do ar. A prerrogativa usada pelos juízes é a de que os materiais constituem campanha para o candidato Fernando Haddad (PT). (mais…)

Ler Mais