Saiba quem são os madeireiros eleitos no Norte e no Centro-Oeste

Quatro dos vencedores da votação de domingo já tinham ocupado a prefeitura de seus municípios, incluindo Valdinei José Ferreira, o Django (PL), que acumula multas de R$ 7,1 milhões pelo Ibama por desmatamento e exercerá novo mandato em Trairão (PA)

Por Priscilla Arroyo, em De Olho nos Ruralistas

O lobby da madeira mostrou sua força nas urnas, elegendo 7 dos 18 proprietários do setor que se candidataram a prefeituras de municípios do Norte e do Centro-Oeste. De acordo com levantamento do De Olho nos Ruralistas, esses políticos se elegeram em três estados: Pará, Mato Grosso e Tocantins.

(mais…)

Ler Mais

Governo não atende MPF e mantém ré por crimes ambientais em direção do Instituto de Meio Ambiente do AC

Governo informou que Adelaide de Fátima Oliveira não possui impedimento jurídico para ficar no cargo.

Por Alcinete Gadelha, G1 AC

Alegando que a diretora do Instituto de Meio Ambiente e Análises Climáticas do Acre (Imac) Adelaide de Fátima Oliveira não possui impedimento jurídico para ficar no cargo, o governo do Estado ignorou uma recomendação do Ministério Público Federal no Acre (MPF) que pedia a exoneração da gestora do cargo.

(mais…)

Ler Mais

Câmaras de Meio Ambiente e de Populações Indígenas do MPF solicitam investigação sobre exoneração do diretor de Proteção do Ibama

Servidor foi afastado em meio a uma megaoperação contra garimpos e madeireiras ilegais no sul da Pará

As Câmaras de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural (4CCR) e de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais (6CCR) enviaram nesta quarta-feira (15) pedido para que o Ministério Público Federal no DF investigue as circunstâncias que levaram à exoneração do diretor de Proteção Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Olivaldi Alves Borges Azevedo. A medida foi publicada no Diário Oficial da União de ontem, dias depois da divulgação de uma megaoperação contra garimpos e madeireiras ilegais no sul do Pará.

(mais…)

Ler Mais

Acuado por madeireiros, Ibama aborta operação em Rondônia

Por Fabiano Maisonnave, da Folhapress, no Jornal do Brasil

MANAUS, AM – Em vitória dos madeireiros ilegais, o Ibama interrompeu nesta sexta-feira (5) uma operação na Terra Indígena (TI) Zoró (RO) após um caminhão-tanque do órgão ambiental federal ter sido incendiado.

Apoiada por PMs, uma equipe do Ibama estava na região desde a última terça-feira (2) e deveria ter ficado até o dia 20 deste mês, mas sofreu diversos ataques por parte dos madeireiros. Na mata, foram impedidos de avançar após os criminosos desmontarem uma ponte e derrubarem árvores sobre as estradas clandestinas que cortam a TI.

(mais…)

Ler Mais

Caminhão-tanque do Ibama é incendiado por madeireiros em RO

Em abril, Bolsonaro desautorizou uma operação em andamento na mesma região desse ataque

Por Fabiano Maisonnave, na Folha

Um caminhão-tanque a serviço do Ibama foi incendiado por madeireiros nesta quinta-feira (4) perto da vila de Boa Vista do Pacarana, a 592 km a sudeste de Porto Velho. A Polícia Federal e a Polícia Militar foram acionadas para resgatar o motorista e os agentes do órgão ambiental federal.

(mais…)

Ler Mais

MPF RO recomenda que órgãos ambientais intensifiquem fiscalizações nas UCs e destruam maquinário que não puder ser transportado

Recomendação é para que fiscais façam guarda ou destruam instrumentos apreendidos em infrações e crimes ambientais

O Ministério Público Federal (MPF) em Rondônia recomendou que Ibama, ICMBio e Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam) intensifiquem ações de proteção territorial e fiscalizações no combate desmatamento ilegal no interior e no entorno das Unidades de Conservação de Rondônia. Para garantir a segurança de policiais e agentes ambientais que atuam nas fiscalizações, a recomendação também orienta que produtos e instrumentos utilizados em infrações ambientais devem ser apreendidos, transportados e guardados, quando for possível, ou descaracterizados, destruídos ou inutilizados quando for impossível transportá-los.

(mais…)

Ler Mais

PF apreende veículos que retiravam madeira da Terra Indígena Karipuna

Ação é resultado das recorrentes denúncias feitas pelo povo, tanto no Brasil como fora, e explicita a importância do Estado de proteger as terras indígenas

Por Greenpeace Brasil, no Cimi

Um contingente de 50 policiais federais e soldados do Exército cumpriu mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (29) no distrito de União Bandeirantes (RO). Localizado na fronteira oeste da Terra Indígena (TI) Karipuna, este é o principal reduto de madeireiras naquela região.

(mais…)

Ler Mais

Candidato ao governo do Acre tem empresa acusada de retirar madeira de área indígena

Há 30 anos, a madeireira de Gladson Cameli briga na Justiça contra povo Ashaninka; seu primo, o pecuarista César Messias, é aliado dos irmãos Viana (PT) no estado

Por Luís Indriunas, em De Olho nos Ruralistas

Aos 40 anos, o senador Gladson Cameli (PP) traz um passivo ambiental que remonta a sua infância. O candidato ao governo do Acre é um dos sócios da Marmude Cameli, madeireira que briga na Justiça há cerca de 30 anos contra o pedido de indenização dos Ashaninka, população tradicional que vive na fronteira do estado com o Peru. (mais…)

Ler Mais

Comunidades Indígenas do Médio e Baixo Rio Negro validam PGTA, denunciam ataques aos direitos e cobram a conclusão de demarcação das Terras Indígenas

A VIII assembleia geral da Coordenadoria das Associações Indígenas do Médio e Baixo Rio Negro (Caimbrn), reuniu mais de 200 lideranças indígenas na comunidade Açaituba, no município de Santa Isabel do Rio Negro entre 14 a 17 de agosto

por FOIRN

História de luta reconhecida

“Vi na sigla Foirn a arma para lutar pelos direitos indígenas e pelos parentes”, afirmou Braz França, uma das principais lideranças indígenas do Rio Negro e na história da Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro, durante a abertura oficial da assembleia. (mais…)

Ler Mais