Pistoleiros atacam famílias acampadas e liderança é assassinada, no Amazonas

O corpo da liderança do Seringal São Domingos, Nemis Machado de Oliveira, de 50 anos, foi resgatado da área pela própria família, velado e enterrado nesta segunda-feira (01), em Acrelândia-AC

Na CPT

Desde o último sábado, dia 30 de março, informações sobre um massacre na região de Ponta do Abunã começaram a circular nas redes sociais e aplicativos de troca de mensagens. A imprensa local noticia pelo menos quatro pessoas assassinadas, o que também é denunciado por algumas famílias de posseiros. Moradores da área também relatam o desaparecimento de várias pessoas. Todavia, até o momento, há confirmada, pela equipe da Comissão Pastoral da Terra no Acre (CPT-AC), a morte de uma liderança do Seringal São Domingos.

(mais…)

Ler Mais

Em série, indígenas falam da resistência contra devastação na Amazônia

Canal Futura irá transmitir, a partir do dia 20, série “Guerreiros da Floresta”, contando a luta de três lideranças. Elas contestam visão de “desenvolvimento” de Bolsonaro

por Clara Assunção, da RBA

O lugar não poderia ser mais simbólico: floresta amazônica. E os protagonistas para dar voz a ela também não poderiam ser outros, as lideranças indígenas. A série Guerreiros da Floresta, que estreia na próxima quarta-feira (20) no canal Futura, às 22h30, parece o enredo ideal para ilustrar as contradições do atual cenário nacional, marcado por vozes que protestam contra a exploração dos madeireiros e grandes mineradoras, além dos interesses políticos justificados em nome do “desenvolvimento”.

(mais…)

Ler Mais

Início de ano tem oito terras indígenas sob ataque

Ameaças e invasões avançam nos primeiros dias do governo Bolsonaro; Rondônia, Pará, Maranhão e Mato Grosso estão entre estados onde madeireiros e grileiros avançam sobre territórios de etnias como Uru Eu Wau Wau, Arara, Xavante e Guarani Mbyá

Por Leonardo Fuhrmann, em De Olho nos Ruralistas 

Os índios da Terra Indígena Uru Eu Wau Wau, em Rondônia, comemoravam no começo da semana passada a ação da Polícia Federal que retirou invasores de seus territórios. Mas a paz durou poucos dias. No sábado, o líder Puré Uru Eu Wau Wau já reunia novas informações sobre furto de madeira e loteamentos feitos no local: “Eles estão abrindo a mata e marcando terrenos na nossa terra”. Os brancos são acusados de furtar madeira do território e de fazer um loteamento clandestino.

(mais…)

Ler Mais

Índios Arara temem confronto com madeireiros que invadiram reserva indígena no Pará

Equipe da Funai está no local para monitorar ação de indígenas e madeireiros. Ministério Público pediu que Polícia Federal acompanhe as denúncias de invasão das Terras Indígenas no sudeste do estado.

Por G1 PA

Índios da etnia Arara temem o confronto com posseiros e madeireiros que invadiram a terra indígena para a extração ilegal de madeira. O local fica as margens da rodovia Transamazônica, entre os municípios de Uruará e Medicilândia, no sudeste do Pará. Um trecho de 20 quilômetros do território Arara foi dividido em lotes e ocupados desde 30 de dezembro.

(mais…)

Ler Mais

Sai extrativista, entra boi: a lei do mais forte em uma reserva extrativista de Rondônia

Por Fernanda Wenzel (reportagem) e Marcio Isensee e Sá (fotos e vídeos), em ((o))eco/Amazônia

“Acabou tudo”, observa Laudicéia, as mãos protegendo a visão do sol forte. A pequena casa de madeira, distante alguns metros, já vai sendo invadida pela vegetação. O local onde ela planejava instalar placas de energia solar está abandonado desde que seu pai, seu marido e dois primos foram ameaçados por 7 homens armados. Mas um ruído encerra abruptamente o relato feito dentro da Reserva Extrativista (Resex) estadual Jaci-Paraná, no noroeste de Rondônia. Com o som de passos vindos do mato, ela pede que todos retornem à embarcação atracada no barranco.

(mais…)

Ler Mais

Terra indígena próxima à construção da usina de Belo Monte é invadida por madeireiros

Funai informa que há riscos de conflitos entre invasores e indígenas; área é uma das mais bem preservadas na região

Por André Borges, no Terra

Um grupo de madeireiros avançou nesta quinta-feira, 3, sobre a terra indígena Arara, localizada nos municípios de Uruará e Medicilândia, no Pará. A situação atual é tensa e há riscos de conflitos entre os invasores e os indígenas que vivem na região próxima à rodovia Transamazônica, a BR-230.

(mais…)

Ler Mais

Aumento do desmatamento em terra indígena ameaça tribo isolada da Amazônia, diz ONG

Madeireiros ilegais e grileiros desmataram uma área de 1.863 hectares de uma terra indígena na Amazônia brasileira neste ano, ameaçando uma tribo indígena isolada, disseram ativistas nesta terça-feira

Por Karla Mendes, em Reuters

Imagens de satélite coletadas pelo Instituto Socioambiental (ISA), uma organização não governamental, detectaram o aumento do desmatamento na terra indígena de Ituna Itata, no norte do Pará. “Essa situação preocupa muito”, disse Juan Doblas, analista sênior de geoprocessamento da ISA, à Thomson Reuters Foundation.” São riscos em série, sobretudo para os indígenas isolados, fora o risco de atingir outros territórios indígenas”. A Fundação Nacional do Índio (Funai) e a Polícia Federal não estavam disponíveis de imediato para comentar. Já o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) disse em um comunicado que dados oficiais sobre o desmatamento na Amazônia serão divulgados em novembro. As tribos isoladas do Brasil, algumas das últimas do planeta, dependem de áreas amplas de florestas intactas para caçar animais e coletar os alimentos de que necessitam para sobreviver. (mais…)

Ler Mais