Quando veremos a autocrítica da velha mídia?

Criaram falsas simetrias em nome de um “paraíso ultraliberal”. Mentiram. Normalizaram o absurdo e ajudaram a catapultar um deputado medíocre à Presidência. Ameaçados pelo autoritarismo, barões da mídia fingem-se de paladinos da liberdade…

Por Almir Felitte, em Outras Palavras 

Autocrítica é uma palavra que foi bastante repetida desde outubro de 2018. Geralmente usada para críticas ao petismo, a palavra acabou virando mantra na boca de quem assiste de camarote ao estrago que a direita liberal faz ao país e consegue ter o cinismo de escrever textos e mais textos sobre como a esquerda seria a grande culpada por isso. E é assim, com a culpa sempre sendo dos outros, que a classe jornalística brasileira que trabalha nas grandes mídias vai colocando o país cada dia mais perto do abismo autoritário bolsonarista.

(mais…)

Ler Mais

MPF entra com ação para garantir separação entre a TV Brasil e canal do Executivo

Unificação dos dois canais existentes prejudicou programação pública independente

O Ministério Público Federal (MPF), por intermédio da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão no Rio de Janeiro (PRDC), entrou com ação civil pública para garantir a separação das programações dos canais TV Brasil e TV Nacional Brasil (NBR). A fusão das programações foi determinada por meio da Portaria da Empresa Brasil de Comunicação, ligada ao governo federal, editada em abril.

(mais…)

Ler Mais

Força usada para difundir ‘fake news’ pode ser redirecionada para algo benéfico, diz professora eleita a melhor do Brasil

Chega pelo WhatsApp a mensagem de que há um um estuprador atuando em escolas da região. Em instantes, a postagem é espalhada a diversos grupos sem nenhum critério ou apuração e, em intantes, a população de diversos bairros está em pânico

por Felipe Souza, em BBC Brasil

O exemplo foi relatado como algo corriqueiro pelo jornalista Rene Silva, de 24 anos, fundador da página Voz das Comunidades, que retrata o cotidiano do Complexo do Alemão e de outras 14 comunidades no Rio de Janeiro.

(mais…)

Ler Mais

O media training do general Mourão

Como o vice-presidente abandonou o linguajar e os modos rudes da caserna para conquistar a opinião pública e se tornar o “Mozão” dos jornalistas

Por Vasconcelo Quadros, Agência Pública

Ao chegar eufórico ao gabinete de seu superior para revelar uma ideia que repentinamente lhe viera à cabeça, o tenente-coronel Alexandre Lara de Oliveira foi recebido com uma ducha de água fria. “Para que sua ideia serve?”, perguntou o superior, que, não vendo nada de útil para solução de problemas da caserna no brilhante lampejo, emendou: “Se sua ideia não serve para nada, então abandone”.

(mais…)

Ler Mais

As laranjas têm rosto de mulher: candidaturas políticas e desigualdades na grande mídia brasileira

“Ela prefere outras coisas, ver o Jornal Nacional e criticar. Do que entrar pra vida partidária. Não é muito da mulher.” (Luciano Bivar [1])

Por Lidiane Vieira e Marcia Rangel Candido, em Manchetômetro

O intuito deste ensaio é explorar a cobertura feita pela grande imprensa de um recente ocorrido no cenário político brasileiro: a revelação de candidaturas laranja do Partido Social Liberal (PSL) nas eleições de 2018. De que maneira os grandes jornais nacionais noticiaram o problema? Como as notícias foram formuladas? A imprensa tem cumprido o papel de informar a sociedade? O Brasil ostenta uma das piores posições no mundo no quesito participação feminina na política institucional [2]. Em terra de desigualdades severas, afirmações como a de Luciano Bivar, fundador e atual presidente do PSL, não são eventos raros. As respostas fáceis a problemas sociais e políticos complexos, no entanto, não resistem a análises mais cuidadosas.

(mais…)

Ler Mais

MST repudia ataque da Record contra as crianças Sem Terrinha

“A Rede Record, ao disseminar mentiras, não leva em consideração critérios mínimos de apuração e imparcialidade, faltando, entre outras questões, com a ética jornalística”

Da Página do MST

Na noite deste domingo, 10, o MST recebeu com repúdio as informações veiculadas no Programa Domingo Espetacular da Rede Record de Televisão. A reportagem envolveu o Encontro das Crianças Sem Terrinha e foi totalmente manipulada para “fortalecer o processo de criminalização de organizações populares, que lutam pela defesa dos seus direitos”.

(mais…)

Ler Mais

TV Record ignora critérios jornalísticos ao atacar crianças sem-terra

Reportagem divulgada neste domingo (10) é parcial, não ouve o outro lado e apresenta falhas na apuração

por Leonardo Fernandes, em Brasil de Fato

Uma reportagem veiculada no programa “Domingo Espetacular” da TV Record, emissora de propriedade do bispo Edir Macedo, da Igreja Universal do Reino de Deus, no último domingo (10), mostrou um alinhamento com o novo governo de Jair Bolsonaro (PSL) em sua batalha ideológica contra os movimentos populares, especialmente o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

(mais…)

Ler Mais

Sobre a imprensa e a classe trabalhadora

por Elaine Tavares, em Palavras Insurgentes

Jornal Nacional. Rede Globo. O presidente da Vale fala por um tempo gigante, a considerar o valor do tempo num jornal global. Repete insistentemente que o que houve em Brumadinho foi um acidente. Um acidente? Com todos os laudos técnicos que mostram o risco dessas barragens? Com todos os avisos de gente muito especializada que milita nos movimentos? Com a trágica experiência de Mariana? Acidente? Foi um crime.

(mais…)

Ler Mais

Ramonet tenta desbravar a nova selva midiática

Que papel jogam as “fake news”, num ecossistema em que mentira e ocultação já eram norma? Como movimentar-se, em meio a algoritmos e manipulações fabricadas? Resta espaço para uma mídia alternativa?

Outras Palavras

Encontramos Ignácio Ramonet, ex editor do Le Monde Diplomatique, co-fundador da Attac e do Fórum Social Mundial. Ex professor da Universidade de Paris VII, Ramonet tornou-se figura proeminente do altermundismo, é especialista em estudos sobre América Latina e sistema midiático. Nessa entrevista, ele trata das mutações pelas quais passou o campo midiático, sobre a maneira como as redes sociais contribuem para modificá-lo, sobre a erosão da hegemonia neoliberal, sobre o fenômeno populista, e ainda sobre os fenômenos políticos recentes que marcaram a América Latina (eleição de López Obrador no México, derrota de Gustavo Petro na Colômbia, eleição de Bolsonaro no Brasil…)

(mais…)

Ler Mais