Presente distópico: Hungria estimula procriação… contra a imigração

Governo de extrema-direita estatizou clínicas de fertilização in vitro para garantir acesso a casais, desde que não sejam imigrantes. Leia também: número de mortos pelo coronavírus passa de mil

Por Maíra Mathias e Raquel Torres, no Outra Saúde

“Procriação, não imigração”. Pois é. Uma frase dessas só poderia vir de um governo de extrema-direita. No caso, foi forjada como propaganda na Hungria de Viktor Orban que pôs em andamento um plano muito, muito questionável: comprou as seis maiores clínicas de fertilização e reprodução in vitro do país com o objetivo de facilitar a técnica a 150 mil casais – desde que as pessoas que busquem esses serviços não sejam imigrantes.

(mais…)

Ler Mais

Mar Fronteira

Segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), em 2019, até à data, cerca de 933 pessoas terão morrido ou desaparecido no mar Mediterrâneo a caminho da Europa; a rota da Líbia para a Europa continua a ser a rota migratória com maior número de óbitos em todo o mundo (646 mortes até hoje) e registou cinco vezes mais mortes em 2018 do que em 2015, nomeadamente devido a uma redução das operações de busca e salvamento (SAR) ao largo da costa Líbia. As importações da UE da Líbia são dominadas por combustíveis minerais (11,4 bilhões de euros, 98,7%), em particular petróleo e produtos petrolíferos. O total de importações da UE da Líbia totalizou 11,6 bilhões de euros em 2017. 

por Yara Monteiro, em Buala

Tinha-a presa ao pescoço. A pequena sapatilha de madeira estava presa ao cordão.

(mais…)

Ler Mais

“Estamos vivendo na civilização do hardware militar, não para a guerra, mas para a fronterização”, afirma Achille Mbembe

Vivemos sob um novo regime de segurança global, segundo o filósofo camaronês Achille Mbembe: “Trata-se de um regime caracterizado pela militarização e miniaturização das fronteiras”.

por Ángel Vargas, em La Jornada / IHU On-Line*

Em visita ao país [México], o também teórico político, que vive na África do Sul, proferiu, na segunda-feira [07/10], a conferência magistral Corpos como fronteiras: Uma crítica ao regime contemporâneo de migração global, como parte da Cátedra de Arte e Direitos Humanos Nelson Mandela, da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM).

(mais…)

Ler Mais

PFDC recomenda revogação de portaria que trata de ingresso e deportação sumária de migrantes e refugiados no Brasil

Portaria extrapola sua competência regulamentadora, além de violar arcabouço jurídico nacional e internacional sobre o tema

A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal (MPF), recomendou nesta segunda-feira (5) ao Ministério da Justiça e Segurança Pública que adote as medidas necessárias para a imediata suspensão dos efeitos da Portaria MJ 666/2019 e sua consequente revogação. Editado em 25 de julho, o ato normativo dispõe sobre “o impedimento de ingresso, a repatriação e a deportação sumária de pessoa perigosa ou que tenha praticado ato contrário aos princípios e objetivos dispostos na Constituição Federal”. Para a PFDC, a portaria extrapola sua competência regulamentadora, além de violar o arcabouço jurídico nacional e internacional sobre o tema.

(mais…)

Ler Mais

Donald Trump aprueba deportaciones masivas en EE.UU.

El presidente de los Estados Unidos dio luz verde a la realización de redadas y deportaciones masivas en contra de los migrantes indocumentados. Se calcula que miles de personas serían detenidas arbitrariamente. Ante las protestas de activistas y políticos, Donald Trump responde con comentarios xenófobos contra sus opositores. La crispación política se apodera de los Estados Unidos.

Por José Díaz, en Servindi

A pesar de que hace un mes la medida fue suspendida, el presidente de los Estados Unidos, Donald Trump dio luz verde a las redadas contra los migrantes indocumentados en diversas ciudades del país. La medida, que ha generado controversia y protestas en Nueva York, busca detener y deportar a más de 2 mil ciudadanos no estadounidenses.

(mais…)

Ler Mais

A vida um ano depois do resgate de imigrantes no navio ‘Aquarius’

Desde o resgate do barco, a Espanha acolheu 1.000 pessoas que estavam à deriva no Mediterrâneo. Estas são algumas das suas histórias

Por María Mantín e Ignacio Zafra, no El País

Hazrat, um jovem de Bangladesh que não sabia cozinhar, auxilia o chef de um bistrô. Khingsley, um menino que passou mais da metade da vida migrando, aprende a ler num colégio francês. Diokel, um rapaz senegalês resgatado por um barco pesqueiro de Santa Pola, ganha a vida como trabalhador braçal numa rotatória. A Espanha se transformava, há um ano, no destino improvável dos migrantes aos quais a Itália e Malta fecharam seus portos. O Aquarius foi o primeiro e o símbolo, mas não foi o único. Desde então e até janeiro, quando a Espanha decidiu impedir a saída de barcos de resgate espanhóis, mais de 1.000 resgatados no meio do Mediterrâneo chegaram ao país com uma passagem para construir uma vida nova. O EL PAÍS conversou com alguns de seus protagonistas um ano depois do desembarque.

(mais…)

Ler Mais

Justiça é demandada a obrigar a União a financiar atendimento a indígenas venezuelanos em Belém (PA)

Pedido foi feito à Justiça Federal nesta quinta-feira (16) pelo MPF e pelo município de Belém

Ministério Público Federal no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) e o município de Belém (PA) encaminharam nesta quinta-feira (16) pedido à Justiça Federal para que a União seja obrigada a garantir financiamento federal para o abrigamento e o acolhimento humanitário dos indígenas venezuelanos da etnia Warao que vêm migrando para a capital paraense desde 2017.

(mais…)

Ler Mais

Método Paulo Freire é utilizado inclusive para integração de refugiados na Alemanha

Criticado pelo governo Bolsonaro, educador brasileiro é respeitado em universidades, dá nome a instituto e inspira projetos no país europeu, como um de ensino de idioma para imigrantes levando em conta a sua realidade.

Por Leila Endruweit, na DW

Alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro, dos filhos dele, de Olavo de Carvalho e do ministro da Educação, Abraham Weintraub, além de outros membros do governo, o educador brasileiro Paulo Freire ainda inspira pesquisadores europeus e tem seu legado preservado na Alemanha, 22 anos após a sua morte. 

(mais…)

Ler Mais

‘Anistia’ para migrantes grávidas que derem filhos para adoção choca espanhóis

Proposta de lei do partido conservador espanhol tem provocado intenso debate na Espanha. Migrantes que chegassem ao país grávidas poderiam ter sua situação regularizada, se aceitarem entregar seus bebês para adoção

por RFI, no G1

Uma proposta de lei do partido conservador espanhol tem provocado intenso debate na campanha das eleições legislativas antecipadas de 28 de abril na Espanha. Migrantes que chegassem ao país grávidas poderiam ter sua situação regularizada, se aceitarem entregar seus bebês para adoção.

(mais…)

Ler Mais

Migração: a última busca do direito humano à vida. Entrevista especial com Joseane Schuck Pinto

Por: João Vitor Santos, em IHU On-Line

Dos 7 bilhões de habitantes humanos no planeta, mais de 68,5 milhões são pessoas em trânsito, fugindo dos conflitos armados, das guerras e da fome. O adjetivo que une todas estas pessoas é “refugiados”. Vistos como ameaças por governos autoritários e, via de regra, conservadores, os refugiados são pessoas em situação de fragilidade política e com recursos econômicos limitados. “É preciso que haja o reconhecimento de que a integração tem maior chance de obter sucesso em um ambiente em que os recém-chegados possam manter sua cultura, religião, integridade étnica e sua identidade cultural, enquanto, ao mesmo tempo, sejam encorajados a participar e tenham acesso à cultura da sociedade que os recebe”, destaca a professora e pesquisadora Joseane Schuck Pinto, em entrevista por e-mail à IHU On-Line.

(mais…)

Ler Mais