‘Venho olhar a água’: Os pescadores expulsos das margens do rio

Famílias da comunidade pesqueira de Canabrava tiveram suas casas e plantações destruídas por funcionários de um fazendeiro – sem decisão judicial.

por Daniel Camargos, em Repórter Brasil

Todas as manhãs, o pescador Edmar Gomes acorda e caminha pelas ruas de Buritizeiro, cidade com 27 mil habitantes no norte de Minas, até alcançar o rio São Francisco. “Venho olhar a água”. São saudades do tempo em que vivia, com demais pescadores, nas margens do rio, na comunidade Canabrava. Sua família e outras 30 que viviam ali foram expulsas da beira do Velho Chico em 2017 e tiveram suas casas e plantações destruídas – em uma ação que descumpriu liminar judicial que garantia a permanência dos pescadores no local.

(mais…)

Ler Mais

PL que garante direito territorial a comunidades pesqueiras deve ser convertido em lei, defende MPF

Dispositivo trata do reconhecimento das populações de pescadores artesanais como povos tradicionais e vulneráveis

Procuradoria-Geral da República

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta terça-feira (26) nota técnica sobre o Projeto de Lei (PL) 131/2020, que dispõe sobre o direito ao território de comunidades tradicionais pesqueiras. O documento é fruto de análise feita pela Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do MPF (6CCR) e tem como propósito ratificar a legalidade do PL, a fim de que ele seja convertido em lei pelo Congresso Nacional o mais brevemente possível. De acordo com a 6CCR, a medida é necessária para reconhecer os direitos dos pescadores artesanais e viabilizar políticas públicas em seu favor.

(mais…)

Ler Mais

Nota Pública da comunidade de Garapuá sobre os ataques e ameaças que vêm sendo feitos às nossas famílias por poderosos de Cairu, Bahia

“Nossa comunidade é formada por famílias de gente trabalhadora e honesta que vive da pesca, da produção de artesanatos, de pequenos comércios, da agricultura. Somos uma comunidade tradicional e para exercer nosso modo de vida precisamos ter acesso ao mar, à praia, aos manguezais, às matas, às lagoas, e a um pedaço de terra para nossa moradia e dos nossos filhos. Precisamos do nosso território garantido e preservado, como determina a Lei.

(mais…)

Ler Mais

Pescadores prejudicados pelo óleo ainda esperam benefícios do governo

Por Mariama Correia, Marco Zero Conteúdo

Maiores prejudicados pelo derramamento de óleo no litoral brasileiro, os pescadores artesanais ainda esperam a reparação de parte dos danos sofridos. Em Pernambuco, uma decisão judicial em caráter liminar, em dezembro passado, determinou a ampliação do pagamento do auxílio emergencial, liberado pela Medida Provisória 908/2019. Isso porque apenas 4.236 profissionais tinham sido contemplados pela medida no estado, mas aproximadamente oito mil foram prejudicados. Agora a União foi intimada pela Justiça a comprovar que cumpriu essa liminar. O prazo se encerra no próximo dia 11.

(mais…)

Ler Mais

A pedido do MPF, Secretaria de Estado da Agricultura, Municípios e Comunidades tradicionais realizam cadastramento dos atingidos pelas manchas de óleo no litoral

Levantamento será realizado pelas Colônias e Associações de Pescadores artesanais e Marisqueiras, em parceria com os municípios afetados

Ministério Público Federal em Sergipe

Em reuniões realizadas na última sexta-feira (06/12) e ontem (09/12) o Ministério Público federal em Sergipe (MPF/SE), comunidades tradicionais e os órgãos públicos envolvidos pactuaram a realização de um cadastramento de todos os pescadores tradicionais e marisqueiras atingidos pelo derramamento de óleo na costa do Nordeste desde 30 de agosto. A medida atende solicitação do MPF.

(mais…)

Ler Mais

Pescadores e pescadoras artesanais entregam 200 mil assinaturas em defesa dos territórios pesqueiros no Congresso Nacional

O Projeto de Lei de Iniciativa Popular que regulamenta e protege os territórios pesqueiros foi entregue na Audiência Pública junto com assinaturas.

Por Lígia Apel, da CPP, na CPT

Como primeira atividade do Grito da Pesca 2019, o Movimento Nacional dos Pescadores e Pescadoras Artesanais (MPP) realizou Audiência Pública na Comissão de Legislação Participativa (CLP) do Congresso Nacional, na manhã desta quinta-feira, 21. O objetivo foi entregar as 200 mil assinaturas em apoio ao Projeto de Lei de Iniciativa Popular que regulamenta os Territórios Pesqueiros no Brasil. Mais de 250 pescadores e pescadoras artesanais de todo o país vieram até Brasília trazendo as assinaturas, bem como uma lista de denúncias sobre as mais diferentes ameaças e ataques aos seus territórios e sua vida.

(mais…)

Ler Mais

Pescadores, marisqueiras e quilombolas de Ilha de Maré: um povo lutador

“As pescadoras denunciaram os impactos econômicos e ambientais do vazamento do óleo que contaminou os mares”, conta.

Djacira Araújo, Brasil de Fato*

No dia 13 de novembro, a nossa brigada do Congresso do povo esteve visitando e dialogando com a comunidade de Ilha de Maré em Salvador (BA). Destaca-se que a grande maioria das pessoas com as quais estabelecemos diálogo foram as mulheres, que deram testemunhos da luta, do abandono e da valentia dos homens e mulheres desta comunidade que resiste e é responsável pelo abastecimento de pescado e mariscos nas mesas do povo e nos restaurantes das cidades em toda a região metropolitana de Salvador.

(mais…)

Ler Mais

Carta de repúdio do Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil (MPP) sobre o maior desastre ambiental do Brasil

O Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil-MPP vem a publico manifestar seu repúdio frente ao maior desastre ambiental que vem ocorrendo no BRASIL. Além da violação cotidiana que sofremos em nossos territórios, estamos agora atingidos de morte, pelo derramamento de óleo (petróleo bruto) que ocorre em nosso litoral desde o fim do mês de agosto, provocando a morte de diversas espécies de pescado, animais e aves marinhas, além de ecossistemas inteiros. 

(mais…)

Ler Mais

Pescador@s ocupam Ibama em Salvador: ‘Já não tem comida em casa’, dizem sobre prejuízos causados por óleo no mar

Grupo de pescadores e pescadoras ocupam Ibama em ato realizado nesta terça (22)

Por Tailane Muniz, no Correio*

Pescadores e pescadoras do Quilombo Rio dos Macacos, entre Salvador e Simões Filho, na Região Metropolitana, não têm comida na mesa. Há sete dias, quando avistaram as primeiras manchas do petróleo cru – e de origem ainda desconhecida – não dimensionaram “o dano irreparável”. 

(mais…)

Ler Mais

Crime da Samarco: ‘A política do pescador de fato é uma violência aos trabalhadores da pesca’

De Fernanda Couzemenco, no Século Diário

“Um funil cruel que impede as pessoas de acessarem o seu direito”. Essa é a definição da Comissão Pastoral dos Pescadores (CPP) para a política do pescador de fato, proposta pela Fundação Renova, para cadastrar os pescadores atingidos pelo crime da Samarco/Vale-BHP, mas que ainda não foram incluídos nos programas de auxílio emergencial e de indenizações, por não disporem de toda a documentação exigida, como a carteira de pesca profissional.

(mais…)

Ler Mais