O que está em jogo na ação no STF em que indígenas acusam governo de ‘genocídio’ e cobram ações contra a pandemia

Letícia Mori, da BBC News Brasil

O ministro Luis Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal) deve decidir nesta semana sobre um pedido da principal entidade indígena do país, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), em conjunto com seis partidos. Eles reivindicam que o Estado tome providências contra a pandemia de covid-19 entre a população indígena.

(mais…)

Ler Mais

Garimpo ilegal ameaça áreas protegidas na Amazônia

ClimaInfo

Uma verdadeira epidemia de garimpo ilegal em Terras Indígenas. É assim que Rubens Valente descreve no UOL o avanço do garimpo em Terras Indígenas (TI) e Unidades de Conservação (UC) na bacia do rio Xingu, no Pará. Imagens de satélite e de sobrevoos realizados pela Coalizão Xingu+ mostram a proliferação de clareiras no meio da floresta, com pistas de pouso clandestinas que recebem aviões para retirar o ouro ilegalmente explorado.

(mais…)

Ler Mais

Governo Bolsonaro é pressionado na Justiça para agir contra a pandemia nas aldeias indígenas

ClimaInfo

Na 6ª feira (3/7) a Justiça Federal atendeu a pedido do Ministério Público Federal (MPF) e deu um prazo de até 15 dias para que a União retire os garimpeiros ilegais que ocupam atualmente a Terra Indígena (TI) Yanomami. Pela decisão, os Ministérios da Defesa, Justiça e Meio Ambiente deverão apresentar um plano de trabalho e atuar conjuntamente para expulsar os invasores e proteger os indígenas da região.

(mais…)

Ler Mais

Garimpo ilegal e coronavírus na Terra Yanomami deixam milhares de indígenas à própria sorte. Entrevista especial com Dário Kopenawa

Garimpo ilegal e coronavírus na Terra Yanomami deixam milhares de indígenas à própria sorte. Entrevista especial com Dário Kopenawa

Por: Ricardo Machado, em IHU On-Line

Ao todo são 168 indígenas yanomami contaminados por coronavírus, dez mortos, dos quais cinco tiveram confirmação de covid-19, e três crianças enterradas no cemitério da cidade, sem informar nem consultar previamente suas mães. Os dados são da Hutukara Associação Yanomami, que tem à frente, como um dos seus interlocutores, Dário Kopenawa, que concedeu esta entrevista por telefone à IHU On-Line. “Com a chegada dos garimpeiros, temos enfrentado muitos problemas sérios relacionados a assassinatos, prostituição, violência, danos ambientais e a contaminação dos nossos igarapés e rios grandes. A vida do povo Yanomami está muito prejudicada, porque a população está com muitos problemas sérios de saúde”, conta Dário Kopenawa.

(mais…)

Ler Mais

Avanço da Covid-19 e do desmatamento ameaçam população indígena

Na Ensp

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, o desmatamento e as queimadas nos territórios indígenas na Amazônia seguem avançando. Essa degradação, combinada com o aumento de casos de Covid-19, as elevadas prevalências de diferentes doenças e agravos à saúde e as dificuldades de acesso ao sistema de saúde são extremamente nocivas aos povos indígenas. O tema, que está na linha de ação da Fiocruz para enfrentamento da Covid-19 nas populações vulneráveis, pautou mais uma sessão on-line do Centro de Estudos da ENSP (Ceesnp), no dia 24 de junho. 

(mais…)

Ler Mais

Prefeito de Cavalcante, GO, é multado em R$ 169 mil e tem máquinas apreendidas por desmatar área nativa do Cerrado

Gestor disse que tinha autorização municipal para limpeza de pasto. Entretanto, Semad afirma que documento não tem validade legal. Fiscais também fecharam uma enorme cratera onde uma mineradora extraia manganês ilegalmente.

Por Vitor Santana, G1 GO

O prefeito de Cavalcante, Josemar Saraiva Freire (PSDB), foi multado em RS 169 mil e teve duas máquinas apreendidas por desmatar o Cerrado nativo na região. Ele alegou que tem autorização municipal para fazer limpeza de pasto. Entretanto, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) diz que o documento não tem validade para justificar a situação encontrada.

(mais…)

Ler Mais

Terra Indígena Yanomami é a área protegida mais pressionada da Amazônia

Por: Duda Menegassi, em O Eco / Amazônia Real

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) divulgou nesta segunda-feira (22) o boletim das áreas protegidas mais ameaçadas e pressionadas da Amazônia. O levantamento considera unidades de conservação e Terras Indígenas, territórios que possuem proteção ambiental legal e que, pelo menos na teoria, deveriam ser barreiras contra o desmatamento ilegal. O boletim considera os meses de fevereiro, março e abril de 2020. Neste período, a Terra Indígena Yanomami, na fronteira entre Roraima e Amazonas, foi a mais pressionada, e registrou 72 ocorrências de desmatamento e um total de 4,4 km² de área desmatada, de acordo com o Sistema de Alerta de Desmatamento (SAD) do Imazon, o equivalente a 440 campos de futebol e a cerca de 4,5% de todo o território indígena. Entre as mais ameaçadas, a Área de Proteção Ambiental do Tapajós, no Pará, lidera a lista.

(mais…)

Ler Mais

Associação Yanomami e CNDH acionam Comissão Interamericana de Direitos Humanos para retirada de garimpeiros da terra indígena

Conselho Nacional dos Direitos Humanos e associação Hutukara ingressaram com pedido de medida cautelar, reivindicando ações urgentes de proteção ao povo Yanomami

por CNDH / Cimi

O Conselho Nacional dos Direitos Humanos – CNDH ingressou, pela primeira vez na sua história, com um pedido de medida cautelar na Comissão Interamericana de Direitos Humanos – CIDH, órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA). A decisão ocorre em face do risco iminente de graves violações de direitos humanos que resultam de situação grave e urgente que pode resultar em danos irreparáveis às populações dos povos indígenas Yanomami e Ye’kwana do Brasil. A petição do conselho ocorre em parceria e por solicitação da Hutukara Associação Yanomami, organização sem fins lucrativos com objetivo de defender direitos de povos que habitam a Terra Indígena – TI Yanomami.

(mais…)

Ler Mais