Desigualdade aumenta, e número de pessoas com fome no mundo chega a 820 milhões

Total cresceu pelo terceiro ano seguido. Relatório das ONU mostra redução da pobreza no Brasil no período 2004-2014, com crescimento e políticas sociais

Por Redação RBA

O número de pessoas sem alimentos suficientes atingiu 820 milhões em 2018, ante 811 milhões no ano anterior. É o terceiro aumento seguindo de populações com fome, segundo relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), divulgado na segunda-feira (15). O número representa que uma em cada nove pessoas no mundo passa fome. São 513,9 milhões na Ásia, 256,1 milhões na África e 42,5 milhões na América Latina e no Caribe.

(mais…)

Ler Mais

Quilombolas: MPF aciona Incra e União por omissão na titulação das terras de Caimbogo Velho, em Cachoeira (BA)

Comunidade foi reconhecida como quilombola há quase 15 anos; Incra arrasta procedimento de reconhecimento e titulação desde 2013

Ministério Público Federal na Bahia

O Ministério Público Federal (MPF) na Bahia ajuizou ação civil pública contra o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a União por omissão no processo de titulação de terras dos remanescentes do quilombo de Caimbogo Velho – situado no município de Cachoeira (BA), situado a 110 km da capital. O processo administrativo tramita no Incra desde 2013, mas o órgão nem sequer iniciou os estudos antropológicos para começar a elaboração do Relatório de Identificação e Demarcação (RTID), primeira das seis etapas para identificação e delimitação das terras da comunidade tradicional.

(mais…)

Ler Mais

Povo Tremembé de Engenho denuncia falsa representação e tentativa de loteamento de seu território

Em nota, indígenas do Maranhão denunciam tentativa de pessoas e organizações que consideram ilegítimas falarem em seu nome, buscando recursos públicos e até negociando lotes em seu território

No Cimi

O povo Tremembé de Engenho, do Maranhão, divulgou nota nesta segunda-feira (15) denunciando a tentativa de pessoas e organizações representarem seu povo junto a órgãos públicos e instâncias jurídicas. Em dezembro de 2018, os Tremembé foram despejados de sua terra tradicional com truculência, e tiveram suas roças destruídas por tratores.

(mais…)

Ler Mais

Acordo garante indenização de R$ 700 mil a famílias de vítimas do crime de Brumadinho

Valor será pago individualmente a pais, filhos e cônjuges de 242 vítimas; irmãos vão receber R$ 150 mil

Redação Brasil de Fato

Seis meses depois do rompimento da barragem que matou pelo menos 248 trabalhadores em Brumadinho (MG), o Ministério Público do Trabalho e a mineradora Vale firmaram acordo de indenização por danos morais às famílias de 242 vítimas.

(mais…)

Ler Mais

Toffoli suspende inquéritos contra Flávio Bolsonaro baseados em dados do Coaf

A pedido do senador e filho do presidente, ministro do STF paralisa investigações como as do caso Queiroz por tempo indeterminado

Por Redação RBA

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, suspendeu os inquéritos que envolvem o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) , que tramitem em todas as instâncias da Justiça e que tenham partido de dados compartilhados por órgãos de controle. A suspensão atende a pedido do próprio parlamentar, filho do presidente Jair Bolsonaro. Flávio alega que os dados obtidos pelo Conselho de Controle de Atividades Fiscais (Coaf) não tiveram prévia autorização judicial.

(mais…)

Ler Mais

Irmãs Dominicanas com Opção pelos Pobres: exemplo a ser seguido. Por Gilvander Moreira[1]

A dizimação da população indígena do Baixo Jequitinhonha, em Minas Gerais, de forma extremamente sangrenta, e a concentração da propriedade capitalista da terra geraram acumulação de riqueza e poder em poucas mãos. Isso contribuiu, de maneira estrutural para a configuração política e social da região do Baixo Jequitinhonha, conforme afirma Luís Antonio Alves: “O “vale da fartura”, rico para a agricultura, foi transformado num descampado com o mínimo de moradores para a manutenção da pecuária extensiva. Onde moravam centenas de famílias, ficou somente uma pessoa para cuidar de mais de mil bois do coronel. A expressão “vale da miséria” surgiu quando o povo foi expulso das fazendas, indo parar na cidade, sem perspectiva alguma de sobrevivência. Havia muitas promessas dos fazendeiros e políticos, mas nada aconteceu. Chegando à cidade, o povo não teve meios para sobreviver. […]. Restou explorar o rio Jequitinhonha: a lavagem de roupa, a pesca, a extração de areia e de rochas para construção” (ALVES, 2008, p. 31).

(mais…)

Ler Mais

Copelmi e Fepam não comparecem a mais um debate sobre a Mina Guaíba

Reunião que tratou sobre projeto de mineração de carvão ocorreu na Câmara de Vereadores Porto Alegre

Catiana de Medeiros, da Página do MST, no Brasil de Fato

Quem foi até a Câmara de Vereadores de Porto Alegre na noite de segunda-feira (15) para tirar suas dúvidas sobre a Mina Guaíba, que trata da instalação da maior mina de carvão a céu aberto do país, saiu do Plenário Ana Terra sem respostas. A Copelmi, empresa responsável pelo projeto, e a Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam), que analisa a concessão de licença prévia ambiental ao empreendimento, se recusaram a participar de uma reunião sobre o tema, organizada pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente (Cosmam) da casa legislativa.

(mais…)

Ler Mais