Entidades judaicas do Brasil e EUA condenam fala de Weintraub

Ministro da Educação comparou mandados no inquérito das fake news com infame “Noite dos Cristais”, episódio que marcou o início do Holocausto. Para Comitê Judaico Americano, um insulto às vítimas do terror nazista.

Na DW

Entidades judaicas reagiram com repúdio a postagens no Twitter do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que comparou a operação de busca e apreensão realizada pela Polícia Federal na quarta-feira (27/05) no inquérito das fake news à Noite dos Cristais e ao nazismo.

(mais…)

Ler Mais

Moradores da aldeia Murutinga (AM) estão em alerta com chegada da covid-19

Um homem havia sido tratado de uma suposta virose pela equipe de saúde local. Mais tarde, teria voltado a sentir sintomas associados à doença. Desta vez, o teste para covid-19 deu positivo

Por J. Rosha, no Cimi

Na última quinta-feira, 21, foi identificado o primeiro caso de covid-19 na aldeia Murutinga, na Terra Indígena Murutinga/Tracajá, do povo Mura, em Autazes (AM). A informação causou apreensão entre os moradores. As lideranças sugeriram adotar o isolamento social e restringir a saída de indígenas para pescar como forma de evitar a propagação da doença.

(mais…)

Ler Mais

“Quanto maior o colapso do governo, maior a virulência da guerra cultural”, diz pesquisador da Uerj

Para o professor João Cezar de Castro Rocha, uma visão revanchista e revisionista da história brasileira moldou Bolsonaro e os bolsonaristas; é essa narrativa que justifica a criação e eliminação de inimigos em série enquanto, ao mesmo tempo, torna impossível governar

Por Ciro Barros, Agência Pública

João Cezar Castro Rocha, professor titular de literatura comparada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), vem se dedicando a entender o que ele chama de guerra cultural bolsonarista. O resultado de sua pesquisa é o livro Guerra cultural e retórica do ódio: crônicas do Brasil, que deve ser lançado no fim de junho deste ano pela editora Caminhos. 

(mais…)

Ler Mais

Projeto ‘Fiocruz contra a Covid-19’ beneficia populações vulneráveis

Márcia Corrêa e Castro (Canal Saúde) e Regina Castro (CCS/Fiocruz), na Agência Fiocruz de Notícias

O projeto Fiocruz contra a Covid-19 vai beneficiar, em todo o país, 145 projetos voltados a populações vulneráveis, como quilombolas, indígenas, ribeirinhos e moradores de favela. A iniciativa alcança mais de 80 municípios de todos os estados brasileiros. Os projetos foram selecionados por meio da Chamada Pública para Apoio a Ações Emergenciais de Enfrentamento à Covid-19 junto a Populações Vulneráveis. Entre os projetos aprovados, 60 serão realizados no Nordeste, 51 no Sudeste, 18 no Norte e 10 tanto no Sul, quanto no Centro Oeste.

(mais…)

Ler Mais

Pandemia e governantes colocam escolas do campo em risco e expõem professores à fome

Com o pretexto do coronavírus, prefeitos fazem dispensas sem justificativa e encampam projetos em favor do lucro

Erick Gimenes, Brasil de Fato

disseminação do novo coronavírus deu a governantes o impulso para desatar anos de desenvolvimento educacional no campo. Com a doença como desculpa, vários prefeitos e governadores promovem demissões, mudanças estruturais e dão respaldo a projetos de domínio econômico, pouco importantes ao ensino.

(mais…)

Ler Mais

MPF recomenda que seja mantida autonomia administrativa da Estação Ecológica de Tamoios, em Angra dos Reis (RJ)

Esec é estratégica para funcionamento das usinas nucleares e sua inclusão no NGI de Paraty pode prejudicar fiscalização

Procuradoria da República no Rio de Janeiro

O Ministério Público Federal (MPF), por meio procuradora da República Monique Cheker, e do Grupo de Trabalho de Unidades de Conservação da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do MPF (4CCR/MPF), representado pelo coordenador, o procurador da República Leandro Mitidieri, recomendaram ao presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) que se abstenha de tomar medidas que prejudiquem a autonomia administrativa da Estação Ecológica (Esec) de Tamoios, em Angra dos Reis (RJ).

(mais…)

Ler Mais

Covid-19: MPF requer segurança alimentar e acesso a benefícios sociais para indígenas e povos tradicionais do AM

Instituições do Poder Público devem adequar cronograma de pagamento e possibilitar acesso aos benefícios nas aldeias e comunidades, além de garantir distribuição de alimentos a esses povos, defende ação do MPF

Procuradoria da República no Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que a União, Caixa Econômica Federal, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) adotem medidas emergenciais em favor de povos indígenas, quilombolas e comunidades tradicionais (extrativistas e ribeirinhos) do estado do Amazonas para facilitar o acesso a benefícios sociais e previdenciários concedidos pelo governo federal, incluindo o auxílio emergencial, e garantir segurança alimentar a esses grupos para evitar que se desloquem às sedes dos municípios, enquanto vigoram as medidas de isolamento social em decorrência da pandemia de covid-19.

(mais…)

Ler Mais

Documentário mostra como vivem comunidades afetadas pela mineradora Globest, no Ceará

Vídeo integra o Cine Crítica Mineral, exibido durante a quarentena por movimento de atingidos pela mineração

Francisco Barbosa, Brasil de Fato

Durante o período de quarentena de combate à covid-19, o Movimento Pela Soberania Popular na Mineração (MAM) vem realizando em seu perfil no Facebook o Cine Crítica Mineral, com exibição de documentários produzidos pela instituição nos locais onde atua. De acordo com Erivan Silva, da Coordenação Nacional do MAM, a iniciativa tem como objetivo dar visibilidade aos conflitos entre os territórios e a mineração, demonstrando a resistência e as vitórias que o povo vem conquistando a partir das lutas.

(mais…)

Ler Mais