Carta do Seminário Nacional “A Água na Perspectiva do Bem Viver” e Moção de Apoio a população de Correntina

Por Zoraide Vilasboas, Movimento Paulo Jackson – Ética, Justiça, Cidadania / Articulação Antinuclear Brasileira

No encerramento do Seminário Nacional A Água na Perspectiva do Bem Viver, realizado pelo Fórum Nacional de Mudanças Climáticas e Justiça Social (FMCJS) e Movimento Educação de Base em Brasília (16 a 18/11/2017), setenta representantes de cinquenta movimentos e entidades sociais e populares aprovaram documentos importantes norteadores das ações do FMCJS em 2018, baseadas no seu lema, “Em Defesa da Vida”. (mais…)

Ler Mais

MPF/MG: Prefeitura de BH firma compromisso de combater intolerância a religiões de matriz africana

Nos próximos dois anos, serão executadas diversas medidas para garantir a liberdade religiosa e enfrentar o racismo, inclusive por meio da veiculação de campanhas publicitárias. Compromisso foi assumido como compensação a descumprimento de TAC

Ministério Público Federal em Minas Gerais

A Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em Minas Gerais, órgão do Ministério Público Federal (MPF), firmou um aditivo ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) originalmente celebrado com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (PMBH) em dezembro de 2016, para a recuperação da rede de drenagem pluvial de meio quarteirão compreendida entre as ruas Piraí e Antônio Gentil, no bairro Concórdia, região nordeste da capital mineira. (mais…)

Ler Mais

Como a tecnologia pode levar o racismo a um novo grau de perversidade, por Leonardo Sakamoto

No blog do Sakamoto

O que acontece quando uma tecnologia nova, como a Inteligência Artificial, encontra algo antigo e ainda presente, como o nosso racismo?

Essa questão, colocada neste Dia da Consciência Negra, pode parecer boba considerando que está em curso um genocídio de jovens, negros e pobres nas periferias das cidades e que a violência contra a mulher negra segue aumentando, indo no sentido contrário da violência contra a mulher branca, que segue diminuindo. Mas não é. E pode estar reforçar essa mesma violência, aumentando a injustiça e reforçando o racismo de forma aparentemente invisível. (mais…)

Ler Mais

Como a grande indústria viciou o Brasil em Junk Food

À medida que o crescimento diminui nos países ricos, as empresas de alimentos ocidentais se expandem acintosamente nos países em desenvolvimento, contribuindo para obesidade e problemas de saúde.

Por 

FORTALEZA, Brasil — Gritos de crianças soavam na manhã quente e úmida, enquanto uma mulher empurrava um carrinho branco e reluzente pelas ruas esburacadas e repletas de lixo espalhado. Ela fazia entregas em algumas das casas mais pobres desta cidade litorânea, levando sobremesas lácteas, biscoitos e outros alimentos industrializados aos clientes situados em seu trajeto. (mais…)

Ler Mais

CPI da Funai: TI Morro dos Cavalos sofre ataque a tiros

O Indigenista

A Terra Indígena Guarani Morro dos Cavalos fica localizada em Palhoça, município no litoral de Santa Catarina, próximo à rica capital Florianópolis. Todos os dias mulheres Guarani levam artesanatos para vender no centro da capital catarinense, e ficam sentadas nas calçadas, quase invisíveis aos olhos de todos, que são maioria de pele branca na região. (mais…)

Ler Mais

Racismo não dá descanso e impacta a saúde e o trabalho dos negros no Brasil

Racismo não admitido dá menos oportunidades e afeta ascensão profissional dos negros. Eles têm salários menores, ainda que com o mesmo tempo de estudos de não negros

Beatriz Sanz – El País

“É coisa de preto”, teria dito o jornalista William Waack minutos antes de entrar no ar em uma transmissão ao vivo. A fala repercutiu como rastilho de pólvora acesa queimando o que houvesse pelo caminho. Foi afastado de sua função de apresentador no mesmo dia e incendiou a discussão sobre o racismo velado no Brasil. Enquanto jornalistas e até o ministro do Supremo Tribuna Federal (STF) Gilmar Mendes manifestaram apoio a Waack, nas redes sociais, os internautas resgatavam a memória e os feitos de grandes personalidades negras utilizando a hashtag #Écoisadepreto. Para a psicanalista Maria Lúcia da Silva, casos como esse são positivos pois descortinam o racismo e promovem o debate acerca do tema num país onde 54% da população se declara preta ou parda. (mais…)

Ler Mais

Incra inicia georreferenciamento do assentamento Montanha e Mangabal, em Itaituba (PA)

Incra

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) inicia nesta segunda-feira (20) o georreferenciamento do perímetro do Projeto de Assentamento Agroextrativista (PAE) Montanha e Mangabal, localizado no município de Itaituba (PA). Georreferenciar um imóvel é definir a sua forma, dimensão e localização por meio de métodos de levantamento topográfico. Esta ação foi anunciada em audiência pública realizada na última sexta-feira (17), no assentamento, que contou com a presença do superintendente do Incra no Oeste do Pará, Mário da Silva Costa, e de técnicos do órgão; do procurador da República Paulo de Tarso Oliveira, membro do Ministério Público Federal (MPF); de representantes de organizações sociais e das famílias assentadas. (mais…)

Ler Mais

Amazônia Protege: MPF lança projeto de combate ao desmatamento ilegal

Evento acontece no próximo dia 21, às 10h, na Procuradoria-Geral da República

PGR

A Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Ministério Público Federal (4ªCCR/MPF) lança, na próxima terça-feira (21), o projeto Amazônia Protege, que tem por objetivo combater o desmatamento ilegal na floresta amazônica. O projeto propõe uma nova metodologia de trabalho e utiliza imagens de satélite para instaurar ações civis públicas contra os responsáveis pelos maiores polígonos de desmatamento ilegal registrados na Amazônia entre 2015 e 2016. (mais…)

Ler Mais

Brasil bate palmas para o trabalho infantil se ele fizer sucesso na TV, por Leonardo Sakamoto

Blog do Sakamoto

Buenos Aires – É fácil reconhecer trabalho infantil ao ver crianças e adolescentes esvaziando um forno de carvoaria, separando material reciclável em um lixão ou empurrando um carrinho em uma feira livre. E quando eles se encontram em programas de auditório, telenovelas, espetáculos, desfiles de moda ou propagandas? Ou quando estão jogando futebol, defendendo a camisa de um clube? (mais…)

Ler Mais