Cansados de esperar por PF e Funai, índios Uru-Eu-Wau-Wau decidem investigar grilagem de terra

Os guerreiros teriam capturado um homem não-indígena, o que aumentou a tensão dentro da reserva. Na imagem acima, área da terra Uru-Eu invadida

Por Elaíze Farias e Fábio Pontes, em Amazônia Real

Os índios Uru-Eu-Wau-Wau decidiram investigar a grilagem de terra no território indígena sozinhos, depois de esperar por quatro meses por uma ação da Polícia Federal, da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Ministério Público Federal (MPF) para expulsar os cerca de 5.000 invasores da reserva indígena, que fica no sul de Rondônia. Na terça-feira (14), um grupo de sete guerreiros partiu da aldeia Alto Jamari com destino ao loteamento clandestino aberto na localidade Linha 5, no município de Monte Negro (distante 250 km de Porto Velho). (mais…)

Ler Mais

Sinop, onde a Amazônia virou asfalto e soja

Latifúndios. Agrotóxicos. Dinheiro, consumo e concessionárias. Índios expulsos e Amazônia devastada. História de uma regressão, em 40 anos. Pergunta: é esse o projeto para o Brasil?

Por Mauricio Torres e Sue Branford – Outras Palavras

Logo na entrada, o letreiro “Sinop, capital do Nortão” dá as boas-vindas à cidade localizada às margens da rodovia BR-163, quase 500 km ao norte de Cuiabá, capital de Mato Grosso. Com 125 mil habitantes, Sinop exala prosperidade. No coração do Brasil, o município – que tem apenas quarenta anos de fundação, é repleto de lojas luxuosas que vendem de equipamentos eletrônicos aos últimos lançamentos da moda. Concessionárias ofertam veículos novos e caros, principalmente caminhonetes com tração nas quatro rodas, próprias para rodar nas estradas de terra que ligam as muitas e ricas fazendas ao redor. Ao passear pelo centro da cidade, com suas lojas de fachadas de gosto duvidoso, a mensagem é clara: temos muito dinheiro e não precisamos conter despesas. (mais…)

Ler Mais

Eliseu Padilha, o senhor das terras

Acusado de grilagem, chefe da Casa Civil de Temer arma-se de caneta para mudar a regularização fundiária e urbana

por Renan Truffi — CartaCapital

“Quem invade indevidamente é grileiro, é assim que a gente chama.” Com essa frase, Luiz Alberto Esteves Scaloppe, procurador de Justiça do Ministério Público de Mato Grosso, referiu-se ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Homem forte do governo Michel Temer, o peemedebista foi acusado na última semana, entre outras coisas, de ocupar terras irregularmente no estado. Esse tipo de acusação não é novidade para o braço direito do presidente da República. Ocorre que Padilha tem o poder de alterar ou derrubar os entraves que dificultam a vida daqueles que usufruem ilegalmente dos terrenos alheios. O primeiro passo nesse sentido já foi dado. (mais…)

Ler Mais

Guarda Florestal Pykopjê-Gavião identifica ramal madeireiro e povo faz denuncia às autoridades

Por Renato Santana, da Assessoria de Comunicação – Cimi

A Guarda Florestal Indígena do povo Pykopjê-Gavião identificou na última semana mais um ramal madeireiro na Terra Indígena Governador, sudoeste do Maranhão. “O que a gente viu dá pra dizer com certeza que umas três carradas (caminhões) de toras foram retiradas”, explica Marcelo Gavião. O município de Amarante é o destino mais habitual da matéria-prima ilegal, abastecendo madeireiras e movelarias. (mais…)

Ler Mais

Carta Aberta à comunidade internacional sobre ameaça ao Parque Nacional de Cufada, Guiné Bissau

Carta aberta às Autoridades Nacionais competentes, aos Parceiros de Desenvolvimento da Guiné-Bissau e à Comunidade Internacional sobre um projeto que ameaça o Parque Natural das Lagoas de Cufada

As lagoas de Cufada, Biorna e Bedasse, situadas na região de Quínara, constituem a maior reserva de água doce da Guiné-Bissau e abrangem ecossistemas de zonas húmidas e de florestas de interesse patrimonial excecional. A parte terrestre, que é constituída de florestas densas, abriga nomeadamente populações de chimpanzés, várias espécies de ungulados e mesmo elefantes, dos quais alguns indivíduos têm sido avistados regularmente. As zonas húmidas acolhem grandes concentrações de aves migradoras e representam meios privilegiados para a pesca e a criação de gado. Mas a sua função mais importante reside no papel que jogam na conservação dos recursos em água, funcionando como uma grande esponja que se enche de água durante a estação das chuvas e alimenta as reservas de água subterrâneas e os poços da região, as culturas e a vegetação selvagem. (mais…)

Ler Mais

Amazônia esquartejada

“A presente geração testemunhará o esquartejamento definitivo da maior floresta tropical do mundo se não houver resposta forte e rápida da sociedade aos que, no governo e no Congresso, só se movem em função de interesses próprios e imediatos”, afirma Márcio Santilli, sócio-fundador do Instituto Socioambiental (ISA), ex- presidente da Funai e ex-deputado federal (PMDB-SP), em artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo

IHU On-Line

As rodovias federais promovem a integração terrestre entre a Amazônia e o centro-sul do Brasil e se estendem a países vizinhos como Bolívia, Peru, Venezuela e Guiana Francesa. Também são fundamentais para o trânsito de pessoas e o escoamento de produtos regionais. Todavia, 80% dos casos de desmatamento na Amazônia ocorrem na faixa de 30 km ao longo das estradas pavimentadas. (mais…)

Ler Mais

Bancada de parlamentares do AM quer reduzir áreas ambientais criadas

Por Antônio Paulo, A Crítica

A bancada de deputados federais e senadores do estado do Amazonas, no Congresso Nacional, tem reunião marcada para esta terça-feira, com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Os parlamentares vão apresentar a minuta do projeto de lei com a revisão dos decretos da ex-presidente Dilma Rousseff que  criaram cinco unidades de conservação, antes de ser afastada do cargo pelo Senado em agosto do ano passado. (mais…)

Ler Mais

Povo Taharumara – cavernas, territórios e perseguição política na Sierra Madre, México

Por Alenice Baeta

Os indígenas Tarahumaras, também denominados Rarámuris, que significa “os que caminham bem” são remanescentes de povos da mesoamericana pré-hispânica que tem como território tradicional as montanhas e penhascos da Sierra Madre mexicana, no estado de Chihuahua. Vivem em cavernas e eventualmente, também constroem cabanas com troncos de madeira, pedras ou adobe, onde buscam o isolamento, o silêncio e a manutenção dos seus rituais e do seu idioma (o rarámuri). (mais…)

Ler Mais

Rios Voadores: integrante do grupo que mais desmatou a Amazônia é impedido de assumir chefia no Ibama

Ex-gerente da autarquia em Sinop (MT) fornecia informações privilegiadas ao grupo de AJ Vilela e fraudava processos administrativos para beneficiar o esquema

A Justiça Federal proibiu o ex-gerente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) em Sinop (MT) Waldivino Gomes Silva de assumir qualquer cargo de direção ou chefia na autarquia. Silva é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de fazer parte do esquema criminoso que promoveu o maior desmatamento já detectado na Amazônia. (mais…)

Ler Mais