Samarco tenta apagar marcas do crime no Rio Doce

Tapumes, demolição e alagamentos são estratégias utilizadas pela Renova

Amélia Gomes, Brasil de Fato

O rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, está prestes a completar três anos, em 5 de novembro de 2018. Desde a tragédia, os atingidos pelo maior crime socioambiental do país lutam para ter seus direitos e ressarcimentos garantidos. No entanto, a reparação em pouco ou quase nada avançou.  (mais…)

Ler Mais

Metais tóxicos encontrados em Barcarena tem origem na mina da Hydro em Paragominas

Laudo do Instituto Evandro Chagas afirma que a liberação desses metais passa por toda a cadeia produtiva do alumínio

Lilian Campelo, Brasil de Fato

Os metais tóxicos encontrados em comunidades tradicionais, rios e igarapés em Barcarena, nordeste do Pará, tem sua origem no processo de lavra da bauxita em Paragominas, outro empreendimento da mineradora  norueguesa Norsk Hydro, assim como a Hydro Alunorte, que também é responsabilizada por diversos acidentes ambientais no estado. (mais…)

Ler Mais

MPF consegue anulação de licença que permitia exploração mineral em terra indígena Pitaguary no Ceará

A licença havia sido emitida de forma irregular pela Semace, que se comprometeu a não conceder novas licenças ao empreendimento

Ministério Público Federal no Ceará

O Ministério Público Federal (MPF) conseguiu a anulação de licenciamento ambiental que autorizava a pedreira Canaã Ltda a fazer extração mineral em uma terra indígena Pitaguary, localizada no município de Pacatuba, na região metropolitana de Fortaleza. A anulação do documento foi obtida após recomendação enviada pelo MPF à Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). (mais…)

Ler Mais

Nota assinada por acadêmicos e movimentos sociais expressa desacordo em relação à Chamada FAPEMIG 07/2018, referente à concessão de apoio para pesquisas alinhadas aos interesses da VALE S.A.

Os professores, pesquisadores, grupos de pesquisa e movimentos sociais abaixo-assinados vêm expressar de público seu veemente desacordo em relação à Chamada FAPEMIG 07/2018, referente à concessão de apoio para pesquisas em espeleologia. Como afirma explicitamente a Chamada, seu objetivo é “Apoiar projetos de pesquisa e inovação científica e tecnológica nas ICTs localizadas em Minas Gerais, para o desenvolvimento de pesquisas alinhadas aos interesses da VALE S.A., do setor da mineração e do Estado de Minas Gerais” (grifos acrescidos). (mais…)

Ler Mais

México: Solicitan a López Obrador política de Estado para indígenas

Por Elio Henríquez, en La Jornada

Los asistentes al segundo Encuentro Nacional por la Libre Determinación de los Pueblos Indígenas de México, realizado en el municipio tzeltal de Oxchuc, pidieron al futuro presidente, Andrés Manuel López Obrador, que defina una política de Estado que revise la legalidad de las empresas mineras y petroleras, despliegue una estrategia de defensa de los territorios originarios y pugne por la autonomía y libre determinación de los pueblos. (mais…)

Ler Mais

A favelização da Amazônia e a necessidade de repactuar o papel da floresta na economia do século XXI. Entrevista especial com Danicley de Aguiar

por Patricia Fachin, em IHU On-Line

“O Brasil não sabe o que fazer com a Amazônia, essa é a verdade; ele é muito constrangido a não destruí-la, porque sofre uma pressão da comunidade internacional, dada a importância da Amazônia para regulação do clima global. Por isso fica com essa crise de adolescente que não sabe se sai ou se fica em casa”, adverte Danicley de Aguiar, engenheiro agrônomo e membro do Greenpeace para a Amazônia, na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line. (mais…)

Ler Mais

Humanos colocam em perigo um terço das reservas naturais da Terra

Hoje, 1 de agosto, é a data que marca o esgotamento do planeta, incapaz de regenerar os recursos naturais que a população mundial consumiu em 2018. E três quartos dos países têm pelo menos 50% de suas áreas protegidas afetadas pela exploração de minérios, as estradas e a agricultura

Por  The Conversation, no El País Brasil

Há 146 anos o Parque Nacional de Yellowstone, no noroeste dos Estados Unidos, transformou-se na primeira área protegida do mundo. Desde então, países de todo o planeta criaram mais de 200.000 reservas naturais. Juntas, somam mais de 20 milhões de quilômetros quadrados, quase 15% da superfície terrestre. Uma área maior do que a América do Sul. (mais…)

Ler Mais

“A Vale continua a ver os índios como um entrave e um incômodo”

O antropólogo Cesar Gordon avalia que mineradora não trata de maneira adequada as questões relacionadas aos Xikrin

por Naira Hofmeister, Agência Pública

Antropólogo, doutor e mestre pelo Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Cesar Gordon pesquisa os índios Xikrin desde 1998. Um de seus livros mais famosos, premiado pela Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (Economia selvagem: ritual e mercadoria entre os índios Xikrin-Mebengokre) aborda as relações entre esse povo e a sociedade não indígena e suas consequências − uma delas, o pagamento de compensações financeiras aos indígenas pela Vale, que explora 14 empreendimentos minerários no entorno da TI Xikrin do Cateté. “A Vale despende muitos recursos com os Xikrin, porém esses recursos são mal aplicados, poderiam ser investidos de maneira muito mais inteligente e responsável, realmente pensando na qualidade de vida e no melhor futuro dos índios”, critica, salientando atitude predatória e imediatista da mineradora nessa relação. (mais…)

Ler Mais

Indígenas Xikrin abrem nova batalha judicial contra a Vale

Etnia do sudeste do Pará processa mineradora por retirada de cobre em área de uso tradicional, corte irregular de castanheiras e poluição de rios que servem aldeias

Naira Hofmeister, da Agência Pública

No dia 10 de julho os indígenas Xikrin deram início a mais nova investida judicial contra a companhia mineradora Vale S.A., a terceira maior empresa do Brasil, que na semana passada anunciou volumes recordes de produção e distribuição de minério. (mais…)

Ler Mais